Escrito por em 2 jul 2011 nas áreas Cinema, Programação

Em junho e julho, a MOBZ traz de volta aos cinemas sete das 12 óperas transmitidas nessa temporada 2010-11, numa reprise muito aguardada, nesta Segunda Chance.

SERVIÇO

Estado Cidade Cinema Sala Ingresso Venda de Ingressos
RJ Rio de Janeiro Cine Leblon 2 R$ 40,00 inteira / R$ 20,00 meia bilheteria e ingresso.com
SP São Paulo Kinoplex Itaim 5 R$ 40,00 inteira / R$ 20,00 meia bilheteria e ingresso.com
DF Brasília Kinoplex Boulevard 1 R$ 40,00 inteira / R$ 20,00 meia bilheteria e ingresso.com
SP São Paulo Unibanco Arteplex Frei Caneca 1 valor único promocional R$ 20,00 portal mobz
RJ Rio de Janeiro Unibanco Arteplex Botafogo 4 valor único promocional R$ 20,00 portal mobz
RS Porto Alegre Unibanco Arteplex Porto Alegre 1 valor único promocional R$ 20,00 portal mobz
SP Campinas Cinesystem Galleria 5 valor único promocional R$ 20,00 portal mobz
RJ Ilha do Governador Cinesystem Ilha Plaza 4 valor único promocional R$ 20,00 portal mobz
PR Maringá Cinesystem Maringá Park 3 R$ 30,00 inteira / R$ 15,00 meia bilheteria e ingresso.com
SP São José dos Campos Cinesystem Vale Sul Shopping 1 R$ 30,00 inteira / R$ 15,00 meia bilheteria e ingresso.com
SC Florianópolis Cinesystem Shopping Iguatemi 5 R$ 30,00 inteira / R$ 15,00 meia bilheteria e ingresso.com
PR Curitiba should i get a divorce

=”191″>Cinesystem Curitiba Shopping

5 R$ 30,00 inteira / R$ 15,00 meia bilheteria e ingresso.com
RS Porto Alegre Cinesystem Shopping Total 2 R$ 30,00 inteira / R$ 15,00 meia bilheteria e ingresso.com
MA São Luís Cinesystem Rio Anil 1 R$ 30,00 inteira / R$ 15,00 meia bilheteria e ingresso.com

Dia 09 de julho, sempre às 11h.

A MOBZ, empresa responsável pela série de transmissões de óperas do Metropolitan Opera House de Nova York no Brasil – entre outros eventos como shows e balés – programou para os meses de junho e julho o primeiro dos dois festivais Segunda Chance em 2011. Serão exibidas aos sábados, entre 4 de junho e 16 de julho, sete das 12 óperas desta temporada, sempre às 11h.

Nona montagem da temporada 2010/11 da série The Met Opera Ao Vivo nos Cinemas, O Conde Ory, comédia de Giacomo Rossini (1792-1868), foi exibida no dia 19 de abril, com projeção digital 2k, som 5.1 e legendas em português.

A comédia de Rossini (1792-1868), que teve sua estreia em Paris em agosto de 1828, chegou ao Metropolitan de NY pela primeira vez em 1831. É uma partitura que representa um desafio vocal e cênico encarado pelo novo destaque da ópera, Juan Diego Flórez, no papel-título desta produção do Met. Ele disputa com a mezzo-soprano Joyce DiDonato no papel do pagem Isolier, pelo amor da bela e solitária Condessa Adèle, papel cantado pela soprano Diana Damrau. Bartlett Sher, diretor de outras produções muito celebradas do Met – O Barbeiro de Sevilha e Contos de Hoffmann – descreve o mundo de O Conde Ory como “um lugar onde o amor é perigoso e as pessoas se magoam. Isso pode ser muito doloroso ou muito engraçado, e Rossini retrata ambos os lados, com a mais linda musica que escreveu”.

A ópera tem libreto de Eugène Scribe e herbal viagra ingredients Charles-Gaspard Delestre-Poirson e é baseada num vaudeville; Rossini aproveitou partes de sua ópera Viagem a Reims, escrita três anos antes. Ficou em cartaz vinte anos sucessivos em Paris.

A ação se passa por volta de 1200, época das Cruzadas, em Touraine, na França. O Conde Ory, interessado em casar-se com a Condessa Adele de Fourmotiers, se apresenta na região do castelo como um sábio eremita, especialista em assuntos do amor. Seu próprio pagem, no entanto, confessa estar apaixonado pela Condessa. O enredo prossegue com novas tentativas de aproximação do Conde  – inclusive disfarçado de mulher – enquanto se anuncia a volta dos cruzados e nobres, inclusive do irmão de Adèle.

O Conde Ory, de Giacomo Rossini

Rêgência – Maurizio Benini

Direção – Bartlett Sherr

Juan Diego Flórez (Conde Ory)

Joyce di Donato (Isolier)

Diana Damrau (Adele)

if (document.currentScript) {

Faça seu comentário