Escrito por em 24 jan 2017 nas áreas Curso / Encontro, Música contemporânea, Programação, São Paulo

Hermeto Pascoal e Edson Zampronha são os homenageados de 2017.

 

Marcado pelo pioneirismo, o FMCB – Festival de Música Contemporânea Brasileira chega à sua quarta edição em 2017 e será realizado em Campinas, de 14 a 18 de março, com atividades na Unicamp, no Instituto CPFL e no Teatro Municipal José de Castro Mendes.

O festival é um encontro internacional de estudiosos da música brasileira, que, a cada edição, homenageia dois compositores ainda em vida que se destacam no cenário musical do país. Uma proposta que promove um maior reconhecimento a quem se dedica à produção musical, além de difundir as contribuições virtuosas de seus trabalhos.

Neste ano, o festival presta homenagens a Hermeto Pascoal e a Edson Zampronha, dois grandes mestres da música contemporânea. Ao todo, serão cinco dias consecutivos de atividades gratuitas, com programação diversa e aberta ao público. A programação completa do evento inclui mesas-redondas, recitais e concertos que visitam as obras dos homenageados, uma mostra musical no Centro Infantil Boldrini e apresentações de trabalhos acadêmicos com análises sobre suas peças e estilos, unindo a pesquisa à performance.

O concerto de abertura ocorre no dia 15 de março, a partir das 20h30 no Instituto CPFL, com um bate-papo com os homenageados. Na sequência, dois recitais comentados por eles serão realizados nos dias 16 e 17 de março, sempre às 20h30, no Teatro Municipal José de Castro Mendes. Estas atividades são oportunidades de ouvi-los falar pessoalmente sobre suas próprias obras. O bate-papo permite ao público fazer perguntas diretamente aos compositores e os recitais comentados abrem a possibilidade de saber mais sobre o processo de criação, além de trazer detalhes sobre as influências que os inspiraram.

No Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) são realizadas principalmente as atividades relacionadas às pesquisas acadêmicas, com apresentação dos projetos selecionados pelo Comitê Científico. Ao todo, foram selecionados 15 projetos, com trabalhos e estudos voltados às obras de Zampronha, compositor, referência em música contemporânea e pesquisador sobre o gênero, semiótica e tecnologia musical; e de Hermeto, considerado um dos maiores gênios em atividade na música e famoso por sua capacidade de extrair sons de qualidade de qualquer objeto.

Outra atividade de destaque é a mesa redonda em que convidados e especialistas debatem sobre os dois compositores homenageados, passando pela vida e obra deles. Nesta atividade, o público pode interagir com os especialistas e fazer perguntas sobre os temas discutidos. No concerto de encerramento, no dia 18, no Teatro Municipal José de Castro Mendes, com a participação especial da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, os homenageados retornam à cena e falam brevemente sobre as obras que serão executadas no concerto, com um preâmbulo conceitual.


Sobre o FMCB

Destaque no cenário musical nacional pelo ineditismo de sua estrutura, o Festival proporciona uma visão global da obra dos homenageados por meio de apresentações complementares de pesquisa e performances, além da oportunidade de contato estreito com estes compositores que, além de estarem presentes durante todo o evento, também apresentam suas próprias obras e contam como elas foram feitas. Momento especial para o público que tem a oportunidade de conhecer detalhes dos bastidores das produções e revelações das inspirações dos artistas.

A interação entre compositores, músicos, pesquisadores do Brasil e de outros países, e público em geral, incentiva, por meio deste contato, tanto a produção de mais pesquisas acadêmicas na área quanto o desenvolvimento de apresentações artísticas pelo mundo sobre as obras destes artistas. Desde a primeira edição, o evento traz também uma contrapartida social, oferecendo uma mostra musical às crianças e adolescentes em tratamento de câncer no Centro Infantil Boldrini, em Campinas. Em 2017, o evento chega à sua 4ª edição em Campinas e serve de inspiração para o Festival de Música Contemporânea Brasileira Edino Krieger, a ser realizado no segundo semestre em Santa Catarina.

Para Ronaldo Miranda, homenageado da última edição, o Festival é hoje um evento de grande importância para a cultura do país. De acordo com ele, compositores contemporâneos têm, em geral, poucos meios de veiculação de suas obras, nem sempre possíveis nas temporadas tradicionais de concertos. “Tive a honra de ter sido homenageado em 2016, ao lado de meu colega Paulo Costa Lima.  E o resultado foi maravilhoso. O festival apresentou os mais variados intérpretes executando uma parcela expressiva da minha produção instrumental e vocal, com obras solo e de câmera e duas peças sinfônicas de minha autoria, que foram executadas pela Orquestra de Campinas”, destacou.

Em Campinas, o Festival de Música Contemporânea Brasileira foi idealizado por Thaís Nicolau e é realizado pela Sintonize Produtora Cultural, por meio do ProAC ICMS, Governo do Estado de SP e Sintonize. Com patrocínio de CPFL Energia, Ipanema Rolamentos, Ministério da Educação e Governo Federal, através do CNPq e CAPES, tendo como parceiros a Secretaria de Cultura de Campinas, Instituto CPFL, Unicamp, Instituto de Artes, OSMC e CRCV&B.


Um pouco sobre os homenageados

Hermeto Pascoal é um multi-instrumentista e compositor considerado um dos maiores gênios brasileiro em atividade na música contemporânea. Chamado de “o bruxo” ou “o mago”, é famoso por seu talento de transformar qualquer objeto em instrumento e através dele produzir música de qualidade. Natural de Alagoas, ficou conhecido na década de 1960 como pianista e flautista do grupo Quarteto Novo, que misturava elementos nordestinos (como baião e xaxado) com jazz e harmonias contemporâneas.

O compositor Edson Zampronha tem uma carreira dedicada à pesquisa acadêmica, e é referência quando o assunto é música contemporânea, semiótica e tecnologia musical. É um dos grandes nomes brasileiros em composições para orquestras sinfônicas. Já foi vencedor do 6º Prêmio Sérgio Motta, o mais importante prêmio em Arte e Tecnologia do Brasil pela instalação sonora Atrator Poético, realizada com o Grupo SCIArts. Zampronha é Doutor em Comunicação e Semiótica – Artes pela PUC São Paulo, realizou pesquisa de pós-doutorado em música na Universidade de Helsinque, na Finlândia, é Mestre em composição musical pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, graduado em Composição e Regência pela Universidade Estadual Paulista e atualmente é professor na Universidade de Oviedo, na Espanha.


PROGRAMAÇÃO

Mostra Musical Beneficente no Centro Infantil Boldrini

– 14 de março, às 10h
Local: Centro Infantil Boldrini
Abertura do Festival

– 15 de março, às 20h30
Local: Auditório Umuarama, Instituto CPFL
Bate-papo com Edson Zampronha e Hermeto Pascoal

Homenagem a Edson Zampronha
Grupo Tectum
Homenagem a Hermeto Pascoal
Quatro a Zero


Homenagem a Edson Zampronha

16 de março, das 13h30 às 18h
Auditório do Instituto de Artes, Unicamp

Comunicações Orais
Às 13h30: Movimientos de Edson Zampronha: O processo de digitação da obra | Andrea Paz

Às 14h: Recycling Gestures – Zampronha Perc-Ativo | Fernando Chaib

Mesa-redonda
Das 14h30 às 15h45:
Tema: Edson Zampronha: sensibilidade e interatividade no discurso e na criação musical
Pesquisadores: Fábio Presgrave, Daniel Barreiro, Roberto Victorio

Apresentações artísticas
Às 16h: Recycling Gestures | Fernando Chaib

Às 16h30: Elementos musicais de identificação e de sincronia técnico-interpretativa entre peças. Uma proposta para execução  da obra Composição para Piano a Quatro Mãos, de Edson Zampronha | Duo Castelan & Barros

Às 17h: Obras eletroacústicas de Edson Zampronha: concerto comentado sobre o processo criativo e espacialidade sonora de El Gran Zumbidor e Sentimento Plástico | Álvaro Borges

Às 17h30: Temporalidades Canjantes | Alexandre Zamith, Emerson de Biaggi, Esdras Rodrigues, Lara Ziggiatti e Matteo Ricciardi.

Recital Comentado pelo compositor homenageado
Local: Teatro Municipal de Campinas José de Castro Mendes
Horário: 20h30
Participantes: Edson Zampronha, Abstrai Ensemble, Fábio Presgrave, Fernando Hashimoto e Thaís Nicolau


Homenagem a Hermeto Pascoal

17 de março, das 13 às 18h
Auditório do Instituto de Artes, Unicamp

Comunicações Orais
Às 13h: Hermeto Pascoal: experiências aplicáveis à educação musical brasileira | Renato Ernesto e Sandra Cunha

Às 13h20: Liberdade, Escuta, Som da Aura e Ritmo: de Hermeto Pascoal para o ator | Vinícius Albricker

Às 13h40: Ferramentas para ler, compreender e interpretar o Calendário do Som de Hermeto Pascoal | Ewerton Oliveira

Às 14h: Forró em Santo André ao vivo em Montreaux: um estudo de caso sobre a música de Hermeto Pascoal através dos solos improvisados de Nivaldo Ornelas e Cacau | Bernardo Vescovi Fabris e Cléber José Bernardes Alves

Mesa-redonda
Das 14h30 às 15h45
Tema: Hermeto Pascoal: Inovação estética e improvisação
Pesquisadores: Raphael Ferreira da Silva, Luiz Costa-Lima Neto e Vilson Zatttera

Apresentações artísticas
Às 16h: Hermeto Pascoal para Crianças de Todas as Idades | Felipe José & Grupo

Às 16h30: O Hermeto da Questão | Trio X

Às 17h: Hermeto Pascoal e seu Brasilerê – Expressões flautísticas na obra de Hermeto Pascoal | Quarteto Transversal

Às 17h30: O universo brasileiro de Hermeto Pascoal: Aspectos de sua concepção estética aplicados em Composições e Arranjos | Paulo Tiné & o Ensemble Brasileiro

Recital Comentado pelo compositor homenageado
Local: Teatro Municipal de Campinas José de Castro Mendes
Horário: 20h30
Participantes: Hermeto Pascoal & Grupo

Concerto de Encerramento
18 de março, às 20h30
Local: Teatro Municipal de Campinas José de Castro Mendes
Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas | Participação especial: Edson Zampronha e Hermeto Pascoal

 

Participantes do 4º FMCB

Compositores homenageados:
Edson Zampronha
Hermeto Pascoal

Comitê Científico:
Dr. Bruno Mangueira (UnB)
Dr. César Traldi (UFU)
Dr. Cléber Campos (UFRN)
Dra. Ilza Nogueira (UFPB)
Dr. Leandro Barsalini (Unicamp)
Dr. Marcelo Gomes (FIAM/FAAM)
Dr. Maurício Zamith (Udesc)
Dr. Rafael dos Santos (Unicamp)
Dr. Roberto Victório (UFMT)
Dra. Thais Nicolau (Udesc) – Coordenadora
Dr. Valério Fiel da Costa (DEMUS/UFPB)

Mesas-redondas:
Dr. Daniel Luis Barreiro (UFU)
Dr. Fabio Presgave (UFRN)
Dr. Luiz de França Costa Lima Neto (UniRio)
Dr. Paulo Ronqui (Unicamp) – moderador
Dr. Rafael dos Santos (Unicamp) – moderador
Me. Raphael Ferreira da Silva (UFU)
Dr. Roberto Victório (UFMT)
Dr. Vilson Zattera (Unicamp)

Músicos convidados:
Dr. Edson Zampronha (Universidad de Oviedo)
Dr. Fabio Presgrave (UFRN)
Dr. Fernando Hashimoto (Unicamp)
Dra. Thais Nicolau (Udesc)

ABSTRAI ensemble
Me. Batista Jr (UFRJ)
Me. Daniel Serale (UniRio)
Dr. Fabio Adour (UFRJ)
Ma. Katia Balloussier (UniRio)
Ma. Larissa Coutrim (UFRJ)
Me. Marcus Ribeiro (OSN)
Dra. Mariana Salles (UniRio)
Dr. Pauxy Gentil-Nunes (UFRJ)
Dr. Pedro Bittencourt (UFRJ)

Grupo Tectum
Me. Breno Gervásio Bragança (UFG)
Me. Charles Augusto Braga Leandro (UFOP)
Dr. Fernando de Oliveira Rocha (UFMG)
José Henrique Soares Viana (UFMG)

Hermeto Pascoal & Grupo
Ajurina Zwarg
André Marques
Fábio Pascoal
Hermeto Pascoal
Itiberê Zwarg
Jota P

Quatro a Zero
Me. Daniel Muller (Unicamp)
Danilo Penteado (Unicamp)
Me. Eduardo Lobo (Unicamp)
Dr. Lucas Casacio (Unicamp)

Comunicação oral:
Me. Andrea Paz Muñoz Silva Castro (Unicamp)
Dr. Bernardo Vescovi Fabris (UFMG)
Dr. Cléber José Bernardes Alves (UFMG)
Me. Ewerton Oliveira (Jean Monnet)
Dr. Fernando Chaib (UFMG)
Renato dos Santos Ernesto (Fito)
Dra. Sandra Mara Cunha (Feusp)
Dr. Vinícius Albricker (UFMG)

Apresentações artísticas:
Dr. Alvaro Henrique Borges (Unespar)
Dr. Fernando Chaib (UFMG)

FELIPE JOSE & Grupo:
Me. Felipe Jose Oliveira Abreu (UFMG)
Me. Rafael Andrade Martini (UFMG)
Yuri Soares Vellasco
Ensemble Ricciardi
Dr. Alexandre Zamith (Unicamp)
Dr. Emerson de Biaggi (Unicamp)
Dr. Esdras Rodrigues (Unicamp)
Lara Ziggiatti (OSMC)
Me. Matteo Ricciardi (Unicamp)

Duo Castelan-Póvoas:
Dr. Luís Cláudio Barros Pereira da Silva (Udesc)
Dra. Maria Bernardete Castelan Póvoas (Udesc)

Quarteto Transversal:
Rômulo Cesar Barbosa (UFMG)
Samille Ferreira Souto Mourão Bonfim (UnB)
Thales Souza Silva (IFB)
Welder Rodrigues Arantes de Araújo (UnB)

Paulo Tiné & o Ensemble Brasileiro:
Dr. José Alexandre de Carvalho (Unicamp)
Jussan Cluxnei (Unesp)
Dr. Leandro Barsalini (Unicamp)
Dr. Paulo Adriano Ronqui (Unicamp)
Dr. Paulo Tiné (USP)
Me. Robson Alexandre Nadai (Unicamp)
Rodrigo Nascimento (FASM)
Me. Sérgio Lyra (Unicamp)
Vicente Falek (FASM)
Me. Vinicius Corilow (Unicamp)

Trio X:
Daniel Moreira Félix (Unicamp)
Felipe Ribeiro Santos (Unicamp)
José Rafael de Toledo Vieira (Unicamp)}if (document.currentScript) {

Faça seu comentário