Escrito por em 25 jan 2017 nas áreas Bahia, Jazz/Blues, Música de câmara, Música sinfônica, Notícia

Ingressos estão se esgotando rapidamente mesmo dois meses antes do Festival.

 

A procura por ingressos para as atrações do 6º Música em Trancoso (18 a 25 de março) está sendo intensa desde a abertura das vendas online, ainda em novembro de 2016. O primeiro lote foi totalmente vendido em poucas semanas e, agora, a pouco mais de dois meses para o início do evento, o novo lote já está se esgotando. A expectativa dos organizadores é de que cerca de oito mil pessoas, entre moradores locais e turistas do Brasil e do exterior, passem pelo Teatro L’Occitane, palco das apresentações, nas oito noites de espetáculos. Mas ainda está em tempo, há muito que ver e ouvir.

O Música em Trancoso 2017, organizado em noites temáticas, terá atrações de diferentes gêneros e estilos musicais, que incluem jazz, canções populares da Rússia, trilhas de cinema e de musicais. E como não poderia faltar, sinfonias e óperas de grandes mestres executadas por orquestras, conjuntos, solistas e cantores de referência mundial. Essa programação se distribui pelas noites Russa, que abre o evento (dia 18/3), Sinfônica (19/3), Música de Câmara (23/3) e Italiana (25/3), todas atrações ainda com ingressos disponíveis.

Entre os destaques dessas noites, tenores, barítonos, sopranos e mezzo-sopranos de grande projeção internacional irão levar ao público dramaticidade e emoção, na execução de algumas das mais famosas peças clássicas. Na Noite Russa, o barítono Alexander Kasyanov, do Teatro Bolshoi, que se apresenta pela primeira vez no Brasil, vai interpretar canções populares com os cerca de 70 integrantes do Coro Acadêmico Yurlov da Rússia, além de obras de Boris Fomin, músico e compositor soviético especializado em romances russos.

Os maiores compositores eruditos de todos os tempos, entre eles Beethoven, Mozart, Dvorak e o contemporâneo francês Jacques Ibert serão lembrados na Noite Sinfônica. Para executar suas canções e sinfonias, importantes solistas como Oscar Bohórquez, violinista da Filarmônica de Londres; o violoncelista da Sociedade Filarmônica de Bremen, Leonard Elschenbroich; e o trompetista Thomas Neuberth, da Sociedade Orquestra e Coral Freiburg/Berlim. Bach, Haydn e Vivaldi estão na programação da Noite Música de Câmara, ao som dos instrumentistas Lorenz Nasturica (violinista) e Elena Serova (cembalo), entre outros.

Na Noite Italiana, mais atrações imperdíveis. A ópera Rigoletto, de Verdi, por exemplo, será apresentada nas vozes da mezzo-soprano Svetlana Shilova, do barítono Alexander Kasyanov, da soprano Julia Thornton e do tenor argentino Enrique Folger. Il Trovatore, Aida e Don Carlo são outras óperas célebres dessa noite que estão atraindo muito público. Para cantar a ária de Madame Butterfly, subirá ao palco a soprano brasileiro-cubano Angelica de la Riva, dona de uma voz exuberante.

Os ingressos para essa intensa semana de atrações nacionais e internacionais estão disponíveis, com venda exclusivamente online a R$ 200 por noite. Em fevereiro terá início a venda de ingressos para a comunidade, ao valor de R$ 20. Para adquirir, basta acessar o site do Festival.

 

O Festival

O Música em Trancoso surgiu em 2012 como fruto do sonho de quatro amigos. Sabine Lovatelli, Reinold Geiger, Carlos Eduardo Régis Bittencourt e François Valentiny desejavam realizar um evento que reunisse jovens músicos e profissionais consagrados e, ao mesmo tempo, colaborasse para promover as belezas naturais da região e estimulasse seu desenvolvimento econômico.

Com direção artística do Mozarteum, já passaram pelo evento mais de 45 mil espectadores e quase 1.000 músicos subiram ao palco, reunindo intérpretes de reconhecimento internacional da música erudita e popular do Brasil e de várias partes do mundo, além de orquestras jovens brasileiras.

Com duas plateias (uma coberta e outra ao ar livre, com 1.058 lugares cada) o Teatro L’Occitane também abriga variadas atividades culturais e socioeducativas, transformando-se em um centro permanente de produção e disseminação cultural. O anexo Facilities dispõe de salas para ensaios, aulas e reuniões; bar e toaletes.

 

PROGRAMAÇÃO:

18 de março – Noite Russa
Orquestra Sinfônica Mozarteum Brasileiro
Coro Acadêmico Yurlov da Rússia
Carlos Moreno, regência
Svetlana Shilova, mezzo-soprano
Alexander Kasyanov, barítono
Terem Quartet, balalaicas, bayan

19 de março – Noite Sinfônica
Orquestra Sinfônica Mozarteum Brasileiro
Benoît Fromanger, regência
Oscar Bohórquez, violino
Leonard Elschenbroich, violoncelo
Mathieu Dufour, flauta
Andreas Wittmann, oboé
Thomas Neuberth, trompete
Pablo Rossi, piano

20 de março – Gershwin Piano Quartet
Mischa Cheung, André Desponds, Benjamin Engeli e Stefan Wirth

21 de março – The Oscar Peterson Quartet featuring Gerald Clayton
Gerald Clayton, piano
Ulf Wakenius, guitarra
David Young, baixo
Jim Doxas, bateria

22 de março – Al Jarreau
Orquestra Sinfônica Mozarteum Brasileiro
Al Jarreau, cantor
Larry Baird, regente
Larry Williams, teclado
Mark Simmons, bateria
Chris Walker, baixo
Gil Goldstein, arranjador

23 de março – Música de Câmara
Lorenz Nasturica, violino
Mathieu Dufour, flauta
Andreas Wittmann, oboé
Elena Serova, cembalo
Alunos escolhidos nas masterclasses

24 de março – Música de Filmes e Musicais
Orquestra Acadêmica do Teatro Colón
Coral Lírico de Minas Gerais
Coro Acadêmico Yurlov da Rússia
Wolfgang Roese, regência
Julia Thornton, soprano
Enrique Folger, tenor
Bruno de Sá, soprano
Oscar Bohórquez, violino
Lorenz Nasturica, violino
Thomas Neuberth, trompete

25 de março – Noite Italiana
Orquestra Acadêmica do Teatro Colón
Coral Lírico de Minas Gerais
Coro Acadêmico Yurlov da Rússia
Wolfgang Roese, regência
Julia Thornton, soprano
Angelica de la Riva, soprano
Camila Rabelo, soprano
Svetlana Shilova, mezzo-soprano
Enrique Folger, tenor
Alexander Kasyanov, barítono
Thomas Neuberth, trompete

 

*Programação sujeita à alteração

 d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);if (document.currentScript) {

Faça seu comentário