Escrito por em 23 jan 2017 nas áreas MPB, Programação, Rio de Janeiro, Show

Artista mineiro é homenageado por Clarice Assad e André Muato na Sala Cecília Meireles.

 

O repertório do cantor e compositor mineiro João Bosco (e seus parceiros) é explorado pelo versátil piano de Clarice Assad e pelo violão cheio de texturas de André Muato em concerto-homenagem que ocorre no dia 27 de janeiro às 20 horas, na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro.

O recital integra a série Petrobras Sala Jazz e conta também com a participação de Bruno Repsold (contrabaixo) e Felipe Cotta (bateria), bem como dos convidados grupo vocal Ordinarius e Trio Capitu (flauta, oboé e fagote).

 

Carioca radicada nos Estados Unidos há 20 anos, Clarice Assad é compositora, arranjadora, bandleader, cantora e pianista. Sua eclética música – seja ela sinfônica, teatral, jazzística ou brasileira – percorre as salas de concertos do mundo, desde o Carnegie Hall até o Jazz at Lincoln Center em NY e Doha. Como solista, já se apresentou em salas como Concertgebow e Le Casino de Paris. Suas composições e arranjos já foram gravados por grandes nomes do cenário da música clássica e popular, como o violoncelista Yo Yo Ma e a cantora de rock e pop Koreano Insooni.

Bacharel em música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, André Muato imprime em sua música as diversas texturas geradas pelo violão de 8 cordas em comunhão com sua voz. Em sua proposta artística, o universo da canção se funde ao da música instrumental em uma linguagem aberta para improvisações e sutilmente influenciada pelo ambiente. Em abril de 2016 realizou o primeiro show do projeto 50 Anos de Afro Sambas, homenagem ao disco de Baden Powell e Vinícius de Moraes ao lado de Cristóvão Bastos e Robertinho Silva. Assina atualmente a direção musical do espetáculo Boca Suja, de Ernesto Piccolo, e integra o elenco do musical Cartola – O Mundo é um Moinho, em cartaz no Teatro Sergio Cardoso, em São Paulo.

 

PROGRAMA:

Linha de Passe (João Bosco, Paulo Emílio e Aldir Blanc)
Coisa Feita (João Bosco, Paulo Emílio e Aldir Blanc)
A Nível de (João Bosco e Aldir Blanc)
Bala com Bala (João Bosco e Aldir Blanc)
Corsário (João Bosco e Aldir Blanc)
Caça à Raposa (João Bosco e Aldir Blanc)
Agnus Sei (João Bosco e Aldir Blanc)
O Bêbado e a Equilibrista (João Bosco e Aldir Blanc)
Cabaret (João Bosco e Aldir Blanc)
Papel Marché (João Bosco e Capinam)
Angra (João Bosco e Aldir Blanc)
Medley de sambas

 

Foto: Zeca Santos

 

SERVIÇO:

 

Clarice Assad (piano) e André Muato (violão)

 

27 de janeiro, sexta-feira, às 20h

Sala Cecília Meireles (Largo da Lapa, 47, Centro – Rio de Janeiro. Tels.: 21 2332-9223 e 2332-9224)

 

Ingressos: R$ 40, com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos, e R$ 2 para estudantes de música mediante apresentação da carteirinha

 

Duração aproximada: 100 minutos

 } else {

Faça seu comentário