Escrito por em 17 out 2017 nas áreas Jazz/Blues, Minas Gerais, Programação, Show

Leila Pinheiro, Daniel Boaventura e Éllen Oléria estão entre os artistas que prestarão tributo à cantora de jazz mais popular dos Estados Unidos.

 

No dia 20 de outubro, a partir das 21 horas, ocorre, no Grande Teatro do Sesc Palladium, em Belo Horizonte, show em homenagem aos 100 anos de Ella Fitzgerald. Intérpretes do quilate de Leila Pinheiro, Daniel Boaventura e Ellen Oléria prestam tributo à primeira-dama da canção, como a cantora, atriz e compositora de jazz estadunidense é conhecida até hoje.

Uma big band composta por 17 músicos, e a Orquestra de Câmara Sesc se unem para fazer um passeio pela obra de Ella, contemplando diversos clássicos da carreira musical da cantora que veio ao mundo há exatamente um século, mais precisamente em 25 de abril de 1917.

O repertório do show inclui canções como Summertime, A-Tisket A-Tasket, Cheek to Cheek, I Loves You, Porgy, All of Me, Fly Me To The Moon e The Lady is a Tramp, além de outros sucessos.

 

Artistas

Leila Pinheiro (foto de Netum Lima)

Leila Pinheiro nasceu em Belém, no estado do Pará, norte do Brasil. Iniciou seus estudos de piano aos 10 anos e sua estreia oficial como cantora aconteceu em outubro de 1980, com o show Sinal de Partida, no Theatro da Paz, em sua cidade natal. Desde então, lançou 20 discos, muitos deles com participações estelares de artistas como Tom Jobim, João Donato, Francis Hime, Toninho Horta e Ivan Lins. Em 2017, ela já participou do DVD do cantor e compositor Moacyr Luz, ao lado de Zeca Pagodinho, Teresa Cristina, Ricardo Silveira e Rildo Horta. Some-se a isso o show Bossa In Concert, em que cantou ao lado de Roberto Menescal, Roberta Sá, Jacques Morelembaum, Marcos Valle e MPB 4, em Belo Horizonte e Brasília. Em julho, Leila participou do DVD Roberto Menescal – 80 anos.

 

Daniel Boaventura

Cantor e ator, Daniel Boaventura alavancou a carreira em 1993, no musical Cheap Female Cialis cheap Os Cafajestes Viagra Professional cheap . Sucesso nacional, a peça ficou mais de três anos em cartaz, arrebatando o Prêmio Sharp de Melhor Musical. Por conta deste trabalho, recebeu o convite para seu primeiro longa-metragem, Histórias da Bahia, e para sua estreia na TV, com o personagem Zico, na minissérie Hilda Furacão. Depois disso, os trabalhos não pararam: protagonizou O Santo de Casa, com direção de Walter Lima Jr, participou da novela Laços de Família e estreou o musical Company. Se destacou com o musical Buy A Família Addams e conquistou três Prêmio Qualidade Brasil por atuações nas peças Vitor ou Vitória, Chicago e My Fair Lady generic prozac . Foi também nos palcos que Boaventura interpretou seu personagem mais emblemático, o Gaston de A Bela e a Fera. Após 18 meses em cartaz, foi considerado pelos produtores originais da peça o melhor intérprete do personagem no espetáculo, apresentado em mais de 15 países. Em maio de 2009 se lançou como cantor, com seu primeiro álbum de estúdio, intitulado Songs 4U. No ano seguinte, depois de viver um policial cantor na novela Passione, lançou o seu segundo CD, Italian, risperdone without a sript com canções da novela. O primeiro DVD da carreira, que levava seu nome veio em 2012, lhe rendeu disco de ouro e impulsionou uma turnê com mais de 150 shows pelo Brasil. Em 2014, veio o CD One More Kiss, alinhado a uma turnê de lançamento, e foi mais um sucesso de vendas do cantor. No mesmo ano, lançou o trabalho Daniel Boaventura – En Vivo no México, a versão latina do trabalho homônimo de 2012, atingindo o segundo lugar e permanecendo no top 10 da categoria World Music por três meses na Mix Up – maior loja de departamento mexicana. Atualmente vive o melhor momento da carreira musical, prestes a lançar seu segundo DVD, Your Song, com participações de Kiara Sasso, Carlos Rivera e Filippa Giordano.

 

Ellen Oléria

Nascida e criada em Brasília, a cantora e compositora Ellen Oléria tem mais de 15 anos de estrada e acumula cinco discos lançados, turnês realizadas pelo Brasil e exterior e prêmios em festivais. Conhecida pelo público por seu timbre cintilante e perfeita afinação, a soprano dramática condensa em sua performance o que o povo brasileiro como seu: entusiasmo e um sorriso que nunca sai do rosto iluminando cada canção que canta.

A big band é formada pelos seguintes músicos com seus respectivos instrumentos: Thiago Ramos (sax barítono); Bernardo Fabris online e Gil Costa (sax alto); Cléber Alves e Harrisson Santos (sax tenor); Fabrício Hernane, João Machala e Miguel Praça (trombones); André Pastore (bass trombone); William Alves http://www.gamemobile.it/sale-gasex/ , Moisés Nazaré, Marco Lima e Adriano Pimentel (trompetes).

A Orquestra de Câmara Sesc tem os seguintes integrantes: Maria Eduarda, Vitor “Paçoca”, Kennedy, David, Vitória, Laura, Alef Rodrigues, Ana Luiza Andrade Purchase , Bianca Ramos, Giulia Moreira, Nayara Fernandes, Sarah Ramos, Thaís Kelly Lima, Alexia Rodrigues, Nayara Soares, Anna Beatriz Paz, Giovanna Rocha e Giulie Machado (violinos 1 e 2); Felipe Rosado, Débora de Castro, http://veterinarybook.net/order-prinivil-zestril/ Jenifer Ferreira, Jeniffer dos Reis, Quézia Abel e Victor Soares (violas); Bruna Guimarães http://svitkom.cz/promethazine-over-the-counter-substitute/ , Anne Rodrigues, Beatriz Cota, Lara Cota, Laura Santana e Lucas Almeida (violoncelos); e Rodrigo Rios (diretor artístico e musical do projeto).

 

SERVIÇO:

 

Show em homenagem aos 100 anos de Ella Fitzgerald

 

20 de outubro, sexta-feira, às 21h

Grande Teatro do Sesc Palladium (R. Rio de Janeiro, 1.046, Centro – Belo Horizonte. Tel.: 31 3270-8100)

 

Ingressos: R$ 80, com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

Faça seu comentário