Escrito por em 20 out 2017 nas áreas Lateral, Musical, Programação, Rio de Janeiro

Musical estreia em novembro no Teatro Riachuelo Rio, com direção de Renato Rocha.

 

A história do brasileiro Ayrton Senna, tricampeão mundial de Fórmula 1, o levou a ser reconhecido como um dos maiores pilotos de todos os tempos, herói nacional e ídolo internacional. Mas é a essência da sua personalidade e caráter, com espírito guerreiro e de solidariedade, que estará nos palcos do espetáculo Ayrton Senna, o musical, que estreia no Teatro Riachuelo Rio, no Rio de Janeiro, no dia 10 de novembro.

Produzido pela Aventura Entretenimento, em parceria com a família Senna e apresentado pelo Bradesco, Ayrton Senna, o musical é a 24ª produção da Aventura, em nove anos de estrada, e um espetáculo diferente de tudo o que já foi criado pela produtora até o momento. “Para falar sobre Ayrton Senna temos que voar alto”, comenta Aniela Jordan, sócia-diretora da Aventura, ao lado de Fernando Campos, Luiz Calainho e Patrícia Telles.

Claudio Lins e Cristiano Gualda são a dupla que assina o roteiro e as canções originais – compostas especialmente para o espetáculo. “É incrível contar a história de uma pessoa normal que virou um herói nacional. O país precisa de referências nesse momento”, diz Claudio. “Escrevemos a primeira canção e fomos apresentar à família Senna. Estávamos muito nervosos, pois ninguém tinha ouvido ainda e eles foram logo os primeiros. Foi um momento inesquecível, único, muito emocionante!”, comentou Gualda.

Para dar movimento e velocidade ao espetáculo, a direção fica por conta de Renato Rocha, diretor que desenvolveu carreira internacional por quase dez anos, reconhecido por unir circo e teatro. Renato criou espetáculos em Londres (para a Royal Shakespeare Company, The Roundhouse, Festival Internacional de Teatro de Londres e Circolombia), para a Bienal Internacional de Artes de Marselha, Teatro Nacional da Escócia, Festival Internacional de Dança de Leicester, União Europeia e Unicef. “Não tem como fazer um espetáculo sobre Senna sem muita velocidade, sons e luzes. Teremos muitos números aéreos e pendulares”, comenta o diretor.

Hugo Bonemer

Vinte e quatro atores, cantores, bailarinos e acrobatas compõem o elenco, formado após audição entre 100 pessoas. Hugo Bonemer (Hair, Yank!, Rock in Rio, o musical e A Lei do Amor) foi o ator escolhido para interpretar o Ayrton. “Foi a audição mais difícil que já fiz. Além da pressão do personagem, o teste foi com uma música composta para o espetáculo”, comentou Hugo. “Eu buscava um ator que me emocionasse e o Hugo me emocionou com o olhar. Me lembrou o olhar do Senna pelo capacete”, disse Renato Rocha, diretor da montagem. Ayrton Senna, o musical traz ainda nomes de peso na equipe criativa, como Gringo Cardia no cenário e direção de arte, Dudu Bertholini assina os figurinos, a direção musical é de Felipe Habib, criação sonora de Daniel Castanheira, coreografia de Lavínia Bizzotton e visagismo de Anderson Montes.

Elenco: Hugo Bonemer, Victor Maia, João Vitor Silva, Lucas Vasconcelos, Pepê Santos, Lucas Drummond, Will Anderson, Leonardo Senna, Adam Lee, Ivan Vellame, Kiko do Valle, Natasha Jascalevich, Estrela Blanco, Karine Barros, Lana Rhodes, Bruno Carneiro, Douglas Cantudo, Juliano Alvarenga, Marcella Collares, Marcelinton Lima, Olavo Rocha, Laura Braga, João Canedo e Paula Raia.

 

Foto: Caio Gallucci

 

SERVIÇO:

 

“Ayrton Senna, o musical”

 

De 10 de novembro a 4 de fevereiro, às quintas e sextas-feiras, às 20h30; sábados, às 16h30 e 20h30; e domingos, às 18h

Teatro Riachuelo Rio (R. do Passeio, 40, Cinelândia – Rio de Janeiro)

 

Ingressos: quinta, sexta e sábado (16h30): Plateia – de R$ 25 a R$ 120 | Balcão Nobre – de R$ 25 a R$ 100 | Balcão – de R$ 25 a R$ 70 | sábado (20h30) e domingo: Plateia – de R$ 25 a R$ 150 | Balcão Nobre – de R$ 25 a R$ 120 | Balcão – de R$ 25 a R$ 80

 

Capacidade: 1.000 lugares

Duração aproximada: 2h20, com 15 minutos de intervalo

Sugestão etária: livre

 

Faça seu comentário