Escrito por em 30 out 2017 nas áreas Festival, Música de câmara, Programação, Rio de Janeiro

Quarteto Carlos Gomes abre festival com concerto na Sala Cecília Meireles.

 

Em novembro, tem início, no Rio de Janeiro, a 55ª edição do maior e mais longevo festival de música brasileira do país, o Festival Villa-Lobos. Para começar as atividades, o Quarteto Carlos Gomes faz concerto de abertura na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro, no dia 2 de novembro, às 18 horas.

Formado por quatro importantes músicos do cenário nacional atual – Cláudio Cruz cialis buy cheap Order Viagra Soft order e Adonhiran Reis (violinos), cialis buy Gabriel Marin (viola) e Alceu Reis (violoncelo) –, o Quarteto Carlos Gomes tem como principal objetivo a divulgação da música brasileira e latino-americana, assim como a música de nosso tempo, além do amplo repertório composto para este gênero. Para tanto, realiza um constante trabalho de pesquisa junto a bibliotecas e museus sobre material nunca gravado e muitas vezes nunca executado.

O conjunto vem surpreendendo o cenário musical e conquistando elogiosas críticas de seus pares. Atuando nos mais diversos palcos do país, em parceria com músicos como Antonio Meneses, Bruno Giuranna e Guinga, lançou em 2016 um disco dedicado à obra para quarteto de cordas de Alberto Nepomuceno, pelo Selo Sesc. Em 2017 está lançando mais dois discos pelo Selo Sesc, um dedicado à Alexandre Levy, Glauco Velásquez e Carlos Gomes, e o outro em parceria com Guinga.

 

Festival Villa-Lobos prozac without prescription

Em 1961, juntamente com a inauguração do Museu Villa-Lobos, Arminda “Mindinha” Villa-Lobos, viúva do compositor, teve a ideia de criar um Festival que pudesse, todos os anos, reverenciar a vida e a obra daquele que se tornou um dos maiores compositores da música de concerto do século 20: Heitor Villa-Lobos. Surgia o Festival Villa-Lobos que, com o passar dos anos e com um olhar atento para o presente e para o futuro, veio a se tornar o maior e mais longevo evento de música brasileira e o único realizado na cidade do Rio de Janeiro, que prioriza os diversos gêneros da música brasileira.

Com o Festival abriu-se não apenas um grande e diversificado espaço para intérpretes, solistas e outros compositores, como também se inaugurou um polo de formação de novas plateias e da multiplicação do saber focado na diversidade cultural brasileira. São concertos de música sinfônica e de câmara, recitais e espetáculos de música popular e de dança, que constituem uma mistura coerente com a personalidade aberta e perfil artístico diverso do compositor e com os ideais desse genial brasileiro.

Em 2017, o Festival terá como seus principais homenageados Heitor Villa-Lobos (130 anos de nascimento) e Baden Powell (80 anos). Outras importantes efemérides serão celebradas este ano, como os 90 anos de Tom Jobim, os 80 de Joel Nascimento e os 50 anos de carreira de Guinga.

Mais informações e programação no site do Festival.

 

PROGRAMA:

Antonio Carlos Gomes (1836-1896)
Sonata para cordas

Glauco Velásquez (1884-1914)
Cheap Quarteto

Heitor Villa-Lobos (1887-1959)
http://phoenix.mhs.narotama.ac.id/2018/02/02/zetia-generic-name/ Order Quarteto n. 17

 

Foto: João Salamonde

 

SERVIÇO: purchase prozac Viagra Soft cheap

 

Concerto de abertura do Festival Villa-Lobos

Quarteto Carlos Gomes

 

2 de novembro, quinta-feira, às 18h medicine without prescriptions uk

Sala Cecília Meireles order depakote online Order Buy (Largo da Lapa, 47, Centro – Rio de Janeiro. Tel.: 21 2332-9223)

 

Ingressos: R$ 40, com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

 

Faça seu comentário