Escrito por em 5 out 2017 nas áreas Ação social, Música sinfônica, Programação, Rio de Janeiro

Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro, formada por 51 jovens de comunidades da cidade, se apresenta na Sala Cecília Meireles.

 

A Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro se apresenta no sábado, dia 7 de outubro, na Sala Cecília Meireles, na capital carioca. Sob a regência do maestro Mateus Araújo, os jovens interpretam obras de Johann Strauss Jr., Vivaldi, Beethoven, Piazzolla, Bizet e Lorenzo Fernandez. O concerto ocorre às 19 horas e a entrada é gratuita.

Oriundos de comunidades como Santa Marta, Babilônia, Chapéu Mangueira, Cantagalo, Pavão Pavãozinho, Complexo do Alemão e Morro dos Macacos, os 51 músicos têm entre 13 e 22 anos, e fazem parte do projeto Ação Social pela Música do Brasil, dirigido pela musicista e produtora cultural Fiorella Solares. A Orquestra Sinfônica Jovem do Estado do Rio de Janeiro foi criada em 2014, com o objetivo de profissionalizar e dar suporte a jovens músicos de projetos sociais, aperfeiçoando a prática orquestral e conduzindo-os à universidade.

O grupo já se apresentou em diversos palcos importantes da cidade, como Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Cidade das Artes, Centro Cultural do Banco do Brasil, Centro Cultural da Justiça Federal, Caixa Cultural, Igreja Anglicana de Botafogo, Igreja da Nossa Senhora da Paz, Candelária, entre outros.

Há um ano a orquestra conta com a liderança do maestro Mateus Araújo, que já esteve à frente da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, de Belém, e Orquestra Sinfônica de Ribeirão Preto.

 

Ação Social pela Música do Brasil (ASMB)

O projeto foi fundado em 1994 e, nestes mais de 20 anos, produziu efeitos relevantes na vida de milhares de jovens no Rio de Janeiro e em outras cidades do Brasil. A missão da ASMB é a inclusão social e a formação de cidadania de crianças e jovens que vivem em situação de vulnerabilidade social, através do ensino da música clássica.

 

PROGRAMA:

J. Strauss Jr. (1825-1899)
Abertura O Morcego

A. Vivaldi (1678-1741)
Primavera, de As Quatro Estações
Solista: Gabriel Jesus da Paixão

L. v. Beethoven (1770-1827)
Sinfonia n. 1 em dó maior

G. Bizet (1838-1875)
Farandole, da Suíte Arlesiana n. 2

A. Piazzolla (1921-1992)
Adiós Nonino

O. Lorenzo Fernandez (1897-1948)
Batuque

 

SERVIÇO:

 

Orquestra Sinfônica Jovem do Rio de Janeiro

Mateus Araújo, regência

 

7 de outubro, sábado, às 19h

Sala Cecília Meireles (R. da Lapa, 47, Lapa – Rio de Janeiro. Tels.: 21 2332-9223 e 2332-9224)

 

Entrada gratuita

Sugestão etária: livre

 }

Faça seu comentário