Escrito por em 22 nov 2017 nas áreas Música sinfônica, Programação, Rio de Janeiro

Petrobras Sinfônica leva música de concerto para praças, museus, igrejas, teatros e pontos turísticos do Rio de Janeiro.

 

Os próximos concertos da série Pelo Rio da Orquestra Petrobras Sinfônica (Opes) já têm data marcada. A iniciativa faz parte do Mundo Urbano, conjunto de ações que levam a música clássica para fora das tradicionais salas de concerto, em prol da popularização e renovação de público do gênero. As apresentações gratuitas ocorrem nos dias 25 e 26 de novembro (sábado e domingo), na Cidade das Artes e no Teatro Riachuelo Rio, respectivamente.

O programa regido pelo maestro convidado Carlos Prazeres, regente titular da Orquestra Sinfônica da Bahia, tem o jovem Miguel Braga como solista. O violoncelista de 17 anos foi aluno da Academia Juvenil da Orquestra Petrobras Sinfônica e participa do programa que conta com as obras Sinfonia para instrumentos de sopro (I. Stravinsky), Variações sobre um tema rococó (P. Tchaikovsky) e Mamãe Ganso, Pavana da Bela Adormecida, O Pequeno Polegar, Pequena menina feia, imperatriz dos pagodes, As conversas da Bela e a Fera e O jardim das fadas (M. Ravel).

No dia 24 de novembro, há um ensaio aberto na Fundição Progresso a partir das 14h30. A entrada também é gratuita e a capacidade da sala é de 90 pessoas.

O Mundo Urbano da Petrobras Sinfônica inclui ainda as séries Em Ação, que abrange áreas como escolas e hospitais, e #ConcertoSecreto, que presenteia os cariocas com apresentações surpresa em parceria com a cervejaria Jeffrey.

 

SERVIÇO:

 

Orquestra Petrobras Sinfônica

Miguel Braga, violoncelo

Carlos Prazeres, regência

 

25 de novembro, sábado, às 16h

Cidade das Artes – Grande Sala (Av. das Américas, 5.300, Barra da Tijuca – Rio de Janeiro. Tel.: 21 3325-0102)

 

Capacidade: 1.250 pessoas

 

26 de novembro, domingo, às 10h30

Teatro Riachuelo Rio (R. do Passeio, 38/40, Centro – Rio de Janeiro. Tel.: 21 2533-8799)

 

Capacidade: 1.000 pessoas

 

Entrada gratuita em ambos os concertos

Sugestão etária: livre

 

Faça seu comentário