Escrito por em 14 nov 2017 nas áreas Música sinfônica, Programação, Rio de Janeiro

Maestro espanhol rege orquestra carioca em concerto no dia 17 de novembro, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

 

Para encerrar os concertos de assinatura em 2017, a Orquestra Petrobras Sinfônica (Opes) traz o maestro espanhol Francisco Valero-Terribas para o Brasil. Ele conduz a última apresentação da série Djanira, às 20h do dia 17 de novembro, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

No programa, estão obras de compositores conterrâneos ao maestro, como Enrique Granados (Intermezzo da ópera Goyescas, inspirada pelas pinturas de Goya) e Manuel de Falla (Suítes O chapéu de três pontas n. 1 e n. 2). A Sinfonia n. 2 em ré maior, Op. 43, do finlandês Jean Sibelius, completa o repertório.

Classificado por especialistas como um dos mais interessantes jovens maestros nos últimos anos, Valero-Terribas já participou de importantes concursos de regência e festivais, como o Concurso Nikolai Malko, Lucerne Festival, Cabrillo Contemporary Music Festival e JärviSuvefestival. O regente possui reputação apoiada por grandes nomes como Lorin Maazel, Bernard Haitink e David Zinman.

 

Foto: María Diez

 

SERVIÇO:

 

Orquestra Petrobras Sinfônica

Francisco Valero-Terribas, regência

 

17 de novembro, sexta-feira, às 20h

Theatro Municipal do Rio de Janeiro (Praça Floriano s/n, Centro – Rio de Janeiro. Tels.: 21 2332-9191 e 2332-9238)

 

Ingressos: R$ 576 (camarote e frisa), R$ 96 (plateia e balcão nobre); R$ 50 (balcão simples) e R$ 20 (galeria), com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

 

Capacidade: 2.236 lugares

Sugestão etária: livre

 

Faça seu comentário