Escrito por em 22 jan 2018 nas áreas Música de câmara, Programação, Rio de Janeiro

Única brasileira especialista na técnica de seis baquetas, Ana Letícia Barros apresenta o concerto Esculturas Sonoras no dia 24 de janeiro.

 

No concerto Esculturas Sonoras, a percussionista Ana Letícia Barros leva ao palco do Espaço Cultural BNDES, no Rio de Janeiro, um recital inédito que mostra as possibilidades técnicas do vibrafone e da marimba – instrumentos melódicos de percussão – em composições que utilizam de duas a seis baquetas. O recital é gratuito e ocorre no dia 24 de janeiro, quarta-feira, às 19h.

Uma única percussionista no palco, Ana Letícia domina a cena, executando diversas obras brasileiras de compositores vivos, duas estreias mundiais e cinco músicas dedicadas a ela. Doutora em Música pela UniRio, Ana Letícia é a única especialista na técnica de seis baquetas no Brasil (três baquetas em cada mão).

O repertório eclético do espetáculo, composto de diversas obras originais executadas na marimba e no vibrafone, é comentado pela artista e apresenta um panorama sobre técnicas e possibilidades sonoras em ambos instrumentos.

 

Ana Letícia Barros

Professora de Percussão e Música de Câmara da UniRio, Ana Letícia Barros é doutora e mestre em Música pela UniRio, tendo realizado seu bacharel em Percussão no Conservatório Brasileiro de Música e sua licenciatura em música também pela UniRio. Participa ativamente como colaboradora do projeto Yamaha Orquesta Latinoamericana de Vientos, sendo responsável pela seleção anual do naipe de percussão do projeto.

Como solista, já atuou nas seguintes orquestras: Orquestra de Sopros da Universidade da Georgia (EUA), Orquestra Brasileira de Sopros, Orquestra Bachiana Brasileira, Camerata Rio De Janeiro, Orquestra Filarmônica do Espírito Santo, Orquestra de Cordas da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Orquestra de Cordas de Volta Redonda, Banda Sinfônica de Volta Redonda, entre outras. Participa também ativamente das Bienais de Música Contemporânea Brasileira, organizadas pela Funarte, estreando diversas obras brasileiras da atualidade. Desde 1999 atua regularmente como percussionista convidada nas temporadas das principais orquestras do Rio de Janeiro, tais como: Orquestra Sinfônica Brasileira, Companhia Bachiana Brasileira, entre outras.

 

PROGRAMA:

Dimitri Cervo (1968-)
Prelúdio* (para marimba)

Viagra Soft cheapest Sergio Roberto de Oliveira viagra cheap viagra online (1970-2017)
O Olhar da Santa** (para vibrafone)

doxycycline without prescription Cyro Delvizio
Maracatu (de Baque Virado)* (para vibrafone)

Gene Koshinski (1980-)
March Afternoon (para marimba)

Dawid Korenchendler (1948-)
Divertimento per vibrafone solo*

Ney Rosauro (1952-)
Bem-vindo (para vibrafone)

Sergio Roberto de Oliveira (1970-2017)
A Prima do Pedro** (para vibrafone)

Marcos Vieira Lucas (1964-)
Relógios Antigos**(para vibrafone)

*Estreias mundiais. Obras compostas e dedicadas a Ana Letícia Barros. doxycycline online
** Obras compostas e dedicadas a Ana Letícia Barros.

 

SERVIÇO:

 

Concerto “Esculturas Sonoras”

Ana Letícia Barros, vibrafone e marimba

 

24 de janeiro, quarta-feira, às 19h

Espaço Cultural BNDES (Av. República do Chile, 100, Centro – Rio de Janeiro. Tel.: 21 2052-6701)

 

Entrada gratuita, com reserva de ingressos pelo site da instituição doxycyclin online

 

Faça seu comentário