Escrito por em 27 abr 2018 nas áreas Música coral, Programação, São Paulo

Coral Paulistano faz concerto-celebração para o poeta andaluz.

 

O poeta e dramaturgo andaluz Federico García Lorca (1898-1936) ganha concerto em sua homenagem no dia 29 de abril, às 16h30, no Theatro Municipal de São Paulo. Em cena, o Coral Paulistano Mário de Andrade, com regência de Naomi Munakata e Maíra Ferreira, e participação de Everton Gloeden ao violão.

O programa do concerto é composto por obras de compositores de diversas nacionalidades: o finlandês Einojuhani Rautavaara (Suíte Lorca), o espanhol Manuel Oltra (Tres Canciones de Amor), a venezuelana Modesta Bór (Mariposa del Aire), a cubana Gisela Hernández (Suíte Coral), os chilenos Miguel Letelier (Arbolé, Arbolé) e Nibaldo Araneda (Canción Primaveral), o brasileiro Aylton Escobar (El Puñal) e o italiano Castelnuovo-Tedesco (Romancero Gitano). As letras são extraídas de textos do poeta espanhol.

 

Coral Paulistano

Com a proposta de levar a música brasileira ao Theatro Municipal de São Paulo, em 1936, por iniciativa de Mário de Andrade, foi criado o Coral Paulistano. O então diretor do Departamento Municipal de Cultura queria mostrar à elite paulistana a importância do movimento nacionalista que contagiava os compositores brasileiros da época e que era até então desconhecida.

Marco da história da música em São Paulo, o grupo foi um dos muitos desdobramentos do movimento modernista da Semana de Arte Moderna de 1922. Ao longo de décadas, o grupo esteve sob a orientação de alguns dos mais destacados músicos do nosso país, como Camargo Guarnieri, Fructuoso Vianna, Miguel Arqueróns, Tullio Colacioppo, Abel Rocha, Zwinglio Faustini, Antão Fernandes, Samuel Kerr, Henrique Gregori, Roberto Casemiro, Mara Campos, Tiago Pinheiro, Bruno Greco Facio e Martinho Lutero Galati.

Após sua missão original se perder em anos de decadência, em 2013 o grupo foi novamente fortalecido e revalorizado, passando a se chamar Coral Paulistano Mário de Andrade. Com uma programação extensa de apresentações de música brasileira erudita em diferentes espaços da cidade, renovou seu fôlego e retomou suas atividades resgatando sua autenticidade.

Atualmente o Coral Paulistano tem como regente titular a maestrina Naomi Munakata e é um dos grupos que integram a Fundação Theatro Municipal de São Paulo, da Secretaria Municipal de Cultura.

 

PROGRAMA:

Einojuhani Rautavaara (1928-2016)
Suíte Lorca
I. Canción de Jinete
II. El Grito
III. La Luna Asoma
IV. Malagueña

Manuel Oltra (1922-2015)
Tres Canciones de Amor
I. Madrigalillo
II. Eco
III. Preludio

Modesta Bór (1926-1998)
Mariposa del Aire

Gisela Hernández Gonzalo (1912-1971)
Suíte Coral
I. La Mano Imposible
II. Huerto de Marzo
III. Cortaron Tres Árboles
IV. Granada en 1850

Miguel Letelier (1939-2016)
Arbolé, Arbolé

Nibaldo Araneda (1968-)
Canción Primaveral

Aylton Escobar (1943-)
El Puñal

Mario Castelnuovo-Tedesco (1895-1968)
Romancero Gitano, Op. 152
I. Baladilla de los Tres Ríos
II. La Guitarra
III. Puñal
IV. Procession
V. Memento
VI. Baile
VII. Crótalo

 

SERVIÇO:

 

Homenagem a García Lorca

 

Coral Paulistano Mário de Andrade

Everton Gloeden, violão

Naomi Munakata e Maíra Ferreira, regência

 

29 de abril, domingo, às 16h30

Theatro Muncipal de São Paulo (Praça Ramos de Azevedo, s/n, Sé – São Paulo. Tel.: 11 3053-2090)

 

Ingressos: R$ 20 e R$ 12, com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

 

Faça seu comentário