Escrito por em 30 abr 2018 nas áreas Ação social, Balé/Dança, Música de câmara, Programação, Rio de Janeiro

Orquestra de Cordas da Grota e Cia. de dança da Andef se reúnem num espetáculo com clássicos populares.

 

Na primeira edição da temporada, o projeto Música no Jardim traz, no dia 3 de maio, às 17h30, no Jardim da Reitoria da UFF, em Niterói, uma orquestra de jovens da comunidade e um grupo de balé formado por cadeirantes e não cadeirantes para apresentar o espetáculo Os clássicos mais populares de todos os tempos. A Orquestra de Cordas da Grota, sob regência de Katunga Vidal e com a participação especial da companhia de dança Corpo em Movimento, da Andef (Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos), apresenta trechos de obras célebres como A Flauta Mágica, de Mozart; Contos de Hoffmann, de Offenbach; Rigoletto, de Verdi; Guilherme Tell, de Rossini, entre outros.

A Orquestra de Cordas da Grota, formada na década de 1990, é uma proposta de intervenção sociocultural na vida dos jovens da comunidade da Grota do Surucucu, por meio da música, como forma de expressão, de formação de vínculos sociais e de fortalecimento da autoestima. De início, a atenção dos jovens foi despertada com aulas de flauta doce, mas à medida que foram tendo contato com a música de Bach, Haendel e Vivaldi, foi surgindo o interesse pelo aprendizado de violino e, depois de alguns meses começaram os ensaios em grupo e, não demorou muito, as primeiras apresentações em público, formando assim a Orquestra de Cordas da Grota.

O conjunto é comporto por Albert Duarte, Daniella Anatalício, Izabella Cardozo, Leandro Justino, Luiz Ricardo Vidal, Mylena Souza e Priscila Vidal (violinos); Anderson Pereira da Silva, Nick Coutinho, Ricardo Alves e Welton Souza (violas); Luiz Carlos Justino, Raquel Terra e Rodrigo Soares (violoncelos); e Carlos Alberto Azevedo Silva e Roberto Henrique Silva (contrabaixos).

Orquestra de Cordas da Grota

 

A companhia de dança inclusiva Corpo em Movimento, criada pela Andef em 1999, participou de diversos eventos expressivos, dentre eles Jogos Paralímpicos de Sidney 2000, Jogos Parapan-americanos Rio 2007, encerramento e intervalo dos Jogos Paralímpicos de Londres 2012, final da Copa das Confederações 2013, abertura, encerramento e intervalo dos Jogos Paralímpicos Rio 2016, no Rock in Rio 2017, que resultaram em diversos programas e reportagens. Composto por bailarinos com e sem deficiência, a companhia tem por objetivo a conscientização social sobre a potencialidade da pessoa com deficiência, contribuindo de forma lúdica e estética para a quebra de estigmas. Essa companhia de dança tem um papel fundamental na política da Andef, de valorização e promoção da inclusão em todos os ambientes.

 

PROGRAMA:

A. Vivaldi (1678-1741)
Concerto em lá maior

G. F. Haendel (1685-1759)
Concerto n. 1

W. A. Mozart (1756-1791)
Suíte Papageno

G. Rossini (1792-1868)
Abertura de Guilherme Tell

J. Offenbach (1819-1880)
Barcarole

G. Verdi (18131901)
La donna è mobile, de Rigoletto

Tradicional inglês
Scarborough Fair

L. Cohen (1934-2016)
Halleluya

 

SERVIÇO:

 

“Música no Jardim”

 

Orquestra de Cordas da Grota

Cia. de dança Corpo em Movimento

Katunga Vidal, regência

 

3 de maio, quinta-feira, às 17h30

UFF – Jardim da Reitoria (R. Miguel de Frias, 9, Icaraí – Niterói)

 

Entrada gratuita

Sugestão etária: livre

 

Faça seu comentário