Escrito por em 15 abr 2018 nas áreas Música contemporânea, Música sinfônica, Programação, Rio de Janeiro

Banda Sinfônica da UFRJ faz estreia mundial da versão para orquestra de sopros de obra de João Guilherme Ripper.

 

A Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro, apresenta, no dia 19 de abril, quinta-feira, às 20 horas, dentro da série Sala Orquestras, a Banda Sinfônica da UFRJ, sob a regência de Marcelo Jardim, com participação dos pianistas Aleyson Scopel e Robervaldo Linhares. No programa, a estreia mundial da versão para orquestra de sopros de Psalmus, de João Guilherme Ripper, e obras de Almeida Prado, Sparke e Gershwin.

 

Artistas

A Banda Sinfônica da UFRJ é formada por alunos de graduação em instrumentos de sopros e de percussão da Escola de Música da Universidade. Tem por objetivos proporcionar o desenvolvimento da prática de conjunto a partir dos conceitos orquestrais, bem como difundir a literatura brasileira e internacional para a formação de banda sinfônica, orquestra de sopros e sopros orquestrais. É responsável por dezenas de primeiras audições, de obras de compositores brasileiros e internacionais.

Marcelo Jardim é professor de Regência de Banda e Prática de Orquestra da EM/UFRJ e também diretor artístico e diretor musical da Orquestra de Sopros da UFRJ. Mantém uma agenda como professor convidado em festivais e seminários no Brasil, América Latina, Europa e Estados Unidos, além de atuar como regente convidado em orquestras sinfônicas e bandas sinfônicas.

Conhecido por seu perceptivo lirismo e sobriedade técnica, o pianista Aleyson Scopel percorre as mais importantes salas de concerto do Brasil, frequentemente à frente de grandes orquestras. Além das obras‐primas dos grandes compositores do repertório pianístico, Aleyson possui ávido interesse por peças contemporâneas que traduzem a modernidade idiomática do instrumento.

O pianista e musicólogo Robervaldo Linhares é detentor do Prêmio Funarte de Produção Crítica em Música – Brasil, do 1º prêmio no Concurso Nacional de Piano Art-Livre e do 1º prêmio no Concurso Nacional de Piano do Instituto Brasil-Estados-Unidos – Rio de Janeiro (1997). É mestre em Música pela UniRio e bacharel em Música, Piano, pela Universidade Federal de Goiás e professor nesta instituição desde 2009.

 

PROGRAMA:

João Guilherme Ripper (1959-)
Psalmus (transcr. para banda sinfônica de Marcelo Jardim | estreia mundial da versão para orquestra de sopros)

José Antônio Rezende de Almeida Prado (1943-2010)
Constelações Zodiacais – Cartas Celestes n. 7: Uranografia Sonora, para dois pianos e banda sinfônica

Philip Sparke (1951-)
Música das Esferas

George Gershwin (1898-1937)
Rhapsody in Blue (versão original para piano e banda sinfônica de Ferde Groffe)

 

Foto: Ana Liao

 

SERVIÇO:

 

Banda Sinfônica da UFRJ

Aleyson Scopel e Robervaldo Linhares, pianos

Marcelo Jardim, regência

 

19 de abril, quinta-feira, às 20h

Sala Cecília Meireles (Largo da Lapa, 47, Lapa – Rio de Janeiro. Tel.: 21 2332-9223)

 

Ingressos: R$ 40, com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

 

Faça seu comentário