Escrito por em 10 maio 2018 nas áreas Festival, Jazz/Blues, Programação, Rio de Janeiro

Niterói sedia, de 17 a 27 de maio, a quarta edição do Festival Tudo Blues, com atrações como a EL84 Rock’n’blues Band (na foto).

 

A partir da segunda quinzena de maio, ocorre a quarta edição do Festival Tudo Blues, no Teatro da UFF, em Niterói. Ainda que tenha foco no blues, o festival mantém as portas abertas para outros ritmos, como jazz, R&B, rock, country-blues, e muitos outros. Em oito dias de atividades, uma atração por dia, sempre de quinta a domingo, ou seja, de 17 a 20 de maio e de 24 a 27 de maio. Todos os shows ocorrem às 20 horas.

A música começa no dia 17 de maio com a banda Laranjeletric. Formada no Rio de Janeiro e composta por Marco Lacerda (guitarra e voz), Marcus Kenyatta (guitarra e voz), Ygor Helbourn (bateria e voz) e Pedro Leão (baixo), a atração vem com um show focado no CD lançado no fim de 2017. A Laranjeletric tem uma forte influência dos clássicos artistas da música negra norte-americana, isto é: vai do blues ao funk, passando pelo gospel e pelo soul, e com canções autorais influenciadas por esses estilos.

Laranjeletric (foto de Rafael Braga)

 

Dia 18 é a vez do guitarrista Daniel Cheese. O artista apresenta no festival um pouco do seu trabalho autoral e de bandas e artistas consagrados, como Allman Brothers, Led Zeppelin, Aretha Franklin e Freddie King. Com dois CDs independentes lançados (Skavish e Carioca Blues), Cheese foi fundador da banda Água Brava, um dos pioneiros do Projeto Niterói Discos e produtor das bandas cariocas Big Allanbik, Baseado em Blues e Blues Etílicos, e dos guitarristas Ricardo Giesta e Big Gilson.

Daniel Cheese (foto de Elaine Werneck)

 

A cantora e atriz Rosa Marya Colin é a atração do dia 19 de maio. Com mais de 50 anos de carreira, a artista ficou conhecida do grande público com sua gravação da música California Dreamin’. Em sua apresentação, Rosa Marya interpreta clássicos do blues, com a participação especial do gaitista Jefferson Gonçalves. A combinação da sua bela voz rouca com o som da gaita dá um novo brilho a músicas como Precious Lord e Ain’t got no, I got life, St. Louis blues, Same old story, I put a spell on you, entre outras. Além de Jefferson, Rosa tem a companhia de Flavinho Santos (bateria), Samir Aranha (contrabaixo) e Eduardo Ponti (guitarra).

Rosa Marya Colin e banda (foto de Cláudio Medeiros)

 

Fechando a primeira semana do Festival Tudo Blues, quem se apresenta no dia 20/5 é a banda Colorado Country. É uma noite dedicada ao country-blues, bluegrass e ao folk rock. A Colorado Country nasceu em Niterói, em 1991. Formada por Tavinho Torreão (voz e violão), Tatoo (guitarra, banjo e voz), Neneco Lisboa (guitarra, violão, mandolin e voz), Raimundo Luiz (baixo) e Adriano Guimarães (bateria), a banda tem três discos autorais lançados e vai tocar algumas de suas composições e sucessos de Creedence Clearwater Revival, Simon & Garfunkel, America, Crosby, Stills, Nash & Young, Lynyrd Skynyrd, entre outros.

Colorado Country

 

Segunda semana

Para abrir a segunda semana, no dia 24 de maio, a atração é a EL84 Rock’n’blues Band. Composta por músicos com mais de 30 anos de experiência (alguns com trabalhos no exterior), a EL84 foi fundada em 2015, mas raramente se apresenta para o público (em função das outras atividades musicais de seus integrantes). A EL84 traz no repertório clássicos do blues e do rock, dos anos 1940 até o final da década de 70, como músicas de Sony Boy Williamson, B. B. King, John Mayall, Jimmy Hendrix e Albert King. Integram a banda Zé Maurício (guitarra), Mauro Pavanelli (guitarra e voz), Leo (bateria), Carlito (piano e teclado) e Ednei Freitas (baixo).

EL84 (foto de Amanda Santos)

 

Ticão Freitas (foto de Fabrício de Souza)

No sexto dia do Tudo Blues (25), é a vez do guitarrista Ticão Freitas, que vem com um show trazendo um pouco de jazz, blues, soul e algumas pitadas de bossa funkeada. Essa mistura de ritmos veio dos trabalhos que Ticão realizou ao lado de grandes artistas da MPB e da música instrumental, como Arthur Maia, Leo Gandelman, Ivan Lins, Sandra de Sá, Mart’nália, Claudio Zoli, Vanessa da Matta e outros. Sua apresentação é um mix instrumental, com composições autorais e algumas releituras de grandes artistas que o influenciaram em sua trajetória musical. O artista é acompanhado pelos músicos Marcelo Linhares (baixo), Felipe Martins (bateria) e Luiz Otávio (teclado e piano), além de contar com as participações especiais do baixista Arthur Maia, do saxofonista Marcelo Martins e da cantora Lêssa Haggai.

 

Blues Etílicos (oto de Guarim de Lorena)

O Festival Tudo Blues apresenta, no dia 26, a banda Blues Etílicos, que mostra o seu novo trabalho, o EP digital 3000. O grupo, que já lançou 12 álbuns e um DVD em mais de 30 anos de carreira, é formada por Greg Wilson (guitarra e vocais), Flávio Guimarães (gaita e vocais), Otávio Rocha (guitarra), Claudio Bedran (baixo) e o novo componente Beto Werther (bateria). O quinteto, que funde a densidade do blues com a pegada do rock e o balanço da música brasileira, toca as inéditas 3000, de Pedro Luís / Flávio Guimarães / Sérgio Paes, O que eu não sei, de Jim Liban / Mauro Sta. Cecília, e os clássicos como O sol também me levanta, Dente de ouro e Misty mountain.

 

No dia 27 de maio, encerrando o Tudo Blues, o Teatro da UFF recebe a banda The Al Pratt Blues Session, comandada pelo músico norte-americano Al Pratt, que teve o primeiro contato com o blues pelo country-blues de Johnny Cash e Jerry Lee Lewis. Mais tarde, ao mudar-se para uma cidade grande, Pratt descobriu B. B. King, Howlin’ Wolf, Willie Dixon, Gene Phillips, John Lee Hooker e Leadbelly e outros artistas. The Al Pratt Blues Session traz algumas releituras de músicas clássicas, demostrando as raízes e as influências do blues no nascimento do gênero folk-blues e rhythm & blues. Depois passa pelo blues britânico e southern rock, e finalmente cai no blues autoral. A formação da banda é: Al Pratt (piano e órgão Hammond, violão de 6 e 12 cordas), Eric Pratt (guitarra), Alex Tavares (baixo e vocal), André Carvalho (bateria) e participação da cantora Masha Kinova.

Al Pratt (foto de Felipe Simões)

 

SERVIÇO:

 

Festival Tudo Blues 2018

 

17 a 27 de maio, de quinta-feira a domingo, às 20h

Teatro da UFF (R. Miguel de Frias, 9, Icaraí – Niterói. Tel.: 21 3674-7512)

 

Ingressos: R$ 50, com meia-entrada para estudantes, pessoas com mais de 60 anos, menores de 21 anos e pessoas com deficiência

 

Faça seu comentário