Escrito por em 11 jul 2018 nas áreas Ópera, Programação, Rio de Janeiro

A ópera será apresentada no Rio, com inclusão do personagem do compositor no espetáculo

Composta em 1768, por Wolfgand Amadeus Mozart, aos 12 anos, Bastien und Bastienne sobe ao palco nos dias 14 e 15 de julho, respectivamente às 20h e às 19h, no Teatro de Câmara da Cidade das Artes, na Barra da Tijuca.

Com montagem da Atlantis Opera Orchestra e produção da Kether Arts, tem como inspiração principal  a ambiência do fim do século XVIII e início do século XIX no Rio de Janeiro. É uma das primeiras obras de Mozart, baseada na peça de Jean Jaques Rousseau, Le Devin Du Village.

O espetáculo é um Singspiel (obra musical cantada com diálogos intercalados, de origem germânica), em ato único. Bem recebida pelo público, esta pequena peça impulsionou o então pequeno Mozart para seus trabalhos posteriores.

 

Sinopse

O enredo trata das desventuras de Bastienne, uma jovem camponesa que perde seu amado, Bastien, para uma nobre dama. Desesperada, e almejando reconquistar seu grande amor, ela recorre à ajuda do Mago Colas. A trama se desenvolve em torno dos conselhos dados pelo feiticeiro, tanto para Bastienne como para Bastien.

 

Elenco

Rodrigo Sammarco, tenor, interpreta Bastien
Chiara Santoro, soprano, vive Bastienne
Rafael Siano, barítono, atua como Mago Colas

Além destes três personagens, originais da ópera, haverá a inserção do personagem de Mozart, vivido pelo ator mirim Vittório Gava, com carreira em ascensão em teatros e novelas da TV, realizando uma conectividade educacional com a plateia. Segundo ideia do diretor cênico, Manuel Thomas, a ópera se iniciará com o jovem Mozart tendo um sonho: sem saber que estava no futuro, vem ao Brasil numa exposição de aquarelas do pintor holandês Pieter Godfred Bertichem, que retratam o Rio de Janeiro do século XIX.

Ao acordar, maravilhado com tamanha beleza, o pequeno Wolfgang vai imediatamente à sua escrivaninha e começa a compor uma de suas primeiras óperas, Bastien und Bastienne. Pouco a pouco, as cenas vão surgindo à medida em que ele vai brincando de fazer música. Uma licença poética em forma de homenagem ao gênio imortal da música clássica, ao Rio de Janeiro e a todos os artistas que, de alguma forma, ajudaram a divulgar, através de sua arte, a Cidade Maravilhosa.

 

Formação Orquestral

“A formação orquestral que será utilizada terá a seguinte disposição: Dois violinos, uma viola, um violoncelo, um contrabaixo, um oboé e duas trompas”, adianta o maestro Evandro Rodriguese, diretor musical do espetáculo.

 

Ambientação

Não apenas a inspiração brasileira para o figurino de Bastien und Bastienne surge como algo interessante em um universo de óperas europeias, mas o entorno, a ambientação do drama também é a paisagem carioca do final dos séculos XVIII e XIX, que auxiliará o espectador a se transportar no tempo para uma cidade com ares bucólicos e imperiais, uma cidade que não conhecemos mais.

A apresentação da obra neste formato permitirá ao espectador que for à Cidade das Artes experimentar não apenas a genialidade de Mozart quando compôs Bastien und Bastienne, mas também permitirá ser levado a um túnel do tempo por seus sentidos através dos auxílios visuais mencionados, onde poderemos experimentar uma encenação de habitantes cariocas dos séculos XVIII/XIX, como se estivéssemos, todos nós, dentro dos camarotes do Teatro São João, o maior teatro de ópera brasileiro do século XIX, no Centro do Rio.

O uso de projeções gigantes, com reproduções de artistas das missões francesa e austríaca, é a opção da nossa equipe artística para visualmente transportar o espectador de volta ao passado”, conclui Manuel Thomas.

 

FICHA TÉCNICA

Direção Musical e Regência: Evandro Rodriguese
Direção Cênica: Manuel Thomas
Pianista Preparadora: Eliara Puggina

Elenco

Bastien: Rodrigo Sammarco,
Bastienne: Chiara Santoro
Mago Colas: Rafael Siano
Mozart: Vittório Gava

Atlantis Opera Orchestra

I Violino: Kelly Davis Moura
II Violino: Sarah Cesário
Viola: João Reis
Violoncelo: Diogo Moura
Contrabaixo: Matheus Tabosa
Oboé: Ruan Pablo Ribeiro
Trompas: Jhonatas Oliveira, Felipe Alves.

 


SERVIÇO

 

Ópera Bastien und Bastienne, de Mozart

Dias 14/07, sábado,às 20h e 15/07, domingo, às 19h

Cidade das Artes – Teatro de Câmara

Preços: Inteira : R$ 70,00/ Meia: R$ 35,00

Classificação etária: Livre

 

Faça seu comentário