Escrito por em 18 jul 2018 nas áreas Balé/Dança, Notícia

Embarque próximo fim de semana, levando quatro coreografias para a mostra competitiva

Os bailarinos da Cia de Dança de Cubatão já estão com as malas prontas para seguirem rumo à cidade de Joinville, em Santa Catarina. É lá, a 513 quilômetros de Cubatão, que acontece o maior festival de dança do mundo no gênero competição. E a Cia cubatense participa com quatro coreografias na disputa, um feito inédito para a cidade.

Os 17 bailarinos e a equipe técnica da Cia embarcam motivados e com a certeza de que essa participação vem coroar um trabalho sério realizado ao longo dos anos. As disputas começam no dia 22 à noite com apresentação do trabalho “Em silêncio…”, um solo contemporâneo sênior da coreógrafa Flávia Sá, e no dia 23 com “Mais do que palavras”, um solo jazz sênior, criação de Claudionor Alves. Estas duas montagens serão interpretadas pela jovem bailarina Yasmin Mattos.

É uma grande responsabilidade, porém uma oportunidade incrível para qualquer artista brilhar naquele palco. Joinville é, sobretudo, uma vitrine para a nossa profissão. O Brasil inteiro acompanha o que acontece nesses dias em Santa Catarina“, comentou Vanessa Toledo, diretora da Cia.

A equipe volta a se apresentar no dia 25, no Teatro Cau Hansen, com a coreografia “Além daqui…”, de Zeca Rodrigues. O elenco inteiro compete em conjunto jazz avançado. Esta vaga já estava garantida desde o ano passado, pois é uma das premiações para o vencedor. Em 2017, a Cia colheu os louros do 1º lugar em Joinville com “Amores crônicos”, também de Zeca. Ainda assim, é grande o desafio de ser bicampeã em Joinville.

E no dia 26, a Cia se despede de terras catarinenses competindo com o duo contemporâneo sênior “Apenas…”, de Flávia Sá, interpretado pelos bailarinos Jey Santos e Yasmin Mattos. Este ano, a Cia realizou oficinas e mostras coreográficas para arrecadar verba para a viagem, mas ainda assim precisou contar com a ajuda da Prefeitura de Cubatão e de patrocinadores.

É muito estimulante para todo artista ver que está crescendo em qualidade. E é isso que sentimos junto à Cia de Dança de Cubatão. Como o processo seletivo do festival é bastante sério e concorrido, esse resultado positivo é apenas o resultado de nossa dedicação“, disse Vanessa.

Faça seu comentário