Escrito por em 7 ago 2018 nas áreas Música de câmara, Paraná, Programação

Cantora se apresenta ao lado dos Solistas de Londrina.

 

Cantora, compositora, arranjadora e pianista, Clarice Assad se apresenta pela primeira vez em Londrina no dia 9 de agosto, quinta-feira, às 20h30, ao lado da Orquestra de Câmara Solistas de Londrina, sob a regência do maestro Evgueni Ratchev. O concerto ocorre no Teatro Ouro Verde e faz parte da programação da 7ª Mostra de Música de Câmara, organizada pela Artis Colégium Associação Cultural, com coordenação geral da pianista e produtora Irina Ratcheva.

A carioca Clarice Assad é filha do violonista Sérgio Assad e iniciou carreira artística cantando jingles para comerciais publicitários, tocando e compondo para peças. Reside nos Estados Unidos desde 2002 e já recebeu prêmios importantes como o The Aaron Copland Award, prêmios da Ascap, Van Lier Fellowship, por meio da associação norte-americana de compositores Meet the Composer, além de uma indicação ao Grammy 2009, com melhor obra clássica contemporânea. Clarice teve obras encomendadas pela Osesp, Carnegie Hall, Albany Symphony, Cabrillo Festival of Contemporary Music, Pro Musica Chamber Orchestra, New Century Chamber Orchestra, Opus One e Soli Music Ensemble e New Music USA.

Sua música de câmara foi gravada por músicos como o violoncelista Yo-Yo Ma, violinista Nadja Salerno-Sonnenberg, o grupo vocal Chanticleer, a flautista Eugenia Zuckerman, os violonistas Sergio e Odair Assad, o Turtle Island Quartet. Sua música sinfônica, por orquestras da Filadélfia, Osesp, Tokyo Symphony, Cabrillo Symphony, Orchestra e New Century Chamber Orchestra. Suas obras foram regidas por grandes nomes no circuito da música erudita, tais como Marin Alsop, Christoph Eschenbach, Carlos Miguel Prieto, Alondra de la Parra, entre outros.

Como intérprete de música popular, Clarice se apresenta em recitais solo, com a Família Assad, com seu grupo Off The Cliff e em duo com o percussionista Keita Ogawa. Lançou seis CDs, todos por selos norte-americanos de jazz: Invitation (2003), Love all that it is (2007), Home (2012) e Imaginarium (2014), Live at The Deer Head Inn (2015) e Relíquia (2016) – este em duo com seu pai, Sérgio. Como educadora, em parceria com Andrea Santiago, idealizou o projeto VOXploration em cena, oficina de improvisação musical e cênica, que teve sua primeira edição nos Estados Unidos.

Este ano, Clarice participou como compositora no New York Festival of Song, com a estreia de Dreamscapes pela violinista Eena Urioste com a American Composers Orchestra. Sua agenda prevê concertos em São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, além da première de seu concerto para dois violões pelo Brasil Guitar Duo, na Polônia, Itália, França e Dinamarca. E ela tem previsto o lançamento de dois CDs pela Cedille Records: um com Sin Fronteras, música para balé e orquestra comissionada pela Chicago Sinfonietta para o Cerqua-Rivera Dance Group, e outro com Metamorfose, obra escrita em 2015 que trará o violista Matthew Lipman com a orquestra de câmara da Sociedade de Música do Lincoln Center.

 

PROGRAMA:

Clarice Assad (1978-)
Suite for Lower Strings, para cordas e solos

J. S. Bach (1685-1750)
Concerto de Bradenburgo n. 3 para cordas

H. Villa-Lobos (1887-1959)
Bachianas n. 5 (arr. C. Assad)

P. Mascagni (1863-1945)
Intermezzo da ópera Cavalleria Rusticana (arr. C. Assad)

G. Gershwin (1898-1937)
The Man I Love
It Ain´t Necessarily So
Summertime
Strike Up The Band

 

SERVIÇO:

 

Clarice Assad

Orquestra de Câmara Solistas de Londrina

Evgueni Ratchev, regência

 

9 de agosto, quinta-feira, às 20h30

Teatro Ouro Verde (R. Maranhão, 85 – Londrina. Tel.: 43 3322-6381)

 

Ingressos: R$ 30, com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

 

Faça seu comentário