Escrito por em 6 ago 2018 nas áreas Festival, Lateral, Música de câmara, Programação, Rio de Janeiro

Rio Cello Encounter chega a sua 24º edição com espetáculos gratuitos em vários espaços culturais.

 

A partir do dia 7 de agosto, a cidade do Rio de Janeiro voltará a ser sede do Rio International Cello Encounter, que chega à sua 24º edição apostando na multiplicação das linguagens do violoncelo, reinventando usos e formas de sua aplicação para além do repertório de câmara. O festival internacional, que há mais de duas décadas organiza concertos de expoentes nacionais e internacionais da música, dança e artes visuais, promove, até o dia 20 de agosto, atrações gratuitas em importantes palcos culturais da cidade e também em outras localidades, como Niterói, Volta Redonda, Cabo Frio e Florianópolis.

Idealizado e capitaneado pelo violoncelista inglês David Chew desde a sua primeira edição, em 1994, o Rio Cello traz em sua programação, além de concertos, espetáculos de dança, exposições de arte, masterclasses e workshops. Quase tudo inteiramente gratuito.

Este ano, o festival recebe o violoncelista alemão Marnix Möhring e a brasileira Kely Pinheiro, nascida na Comunidade da Grota, em Niterói, e em campanha de arrecadação para os custeios de sua bolsa de estudos para estudar música na Berklee College of Music, em Boston. Outras grandes atrações dão o tom do festival, como a apresentação do Rio Cello Ensemble, da London Music Club Piano Quartet, do Blas Rivera Quarteto, Orquestra de Violoncelos e Contrabaixos de Volta Redonda, Quarteto Ad Libitum, da Colômbia, dentre muitos outros.

O Cello Dance, em sua 12ª edição, recebe o projeto Frequência Modulada, reunindo, no Museu do Amanhã, dia 12 de agosto, domingo, o violoncelista Yaniel Matos, o DJ Muralha e os bailarinos Danilo D’Alma e Pâmela Sobral, em performances de dança contemporânea e street dance com elementos eletrônicos e violoncelo.

David Chew

Radicado e apaixonado pelo Brasil há 35 anos, David Chew está comemorando seus 50 anos de carreira, firme em seu propósito de popularizar a música clássica e homenageando o maestro Villa-Lobos, sua maior inspiração. “Nossa intenção é levar o poder de transformação social da música a espaços públicos e comunidades. No início, era um encontro de violoncelistas, mas o projeto cresceu e hoje recebe diversos instrumentos e múltiplas linguagens artísticas. Desta forma o festival alcança seu principal objetivo que é incluir a música na vida diária de todas as pessoas”, declara.

Em 24 anos o festival bateu todos os recordes de público em eventos de música clássica no Brasil. Os números são impressionantes: 550 mil espectadores, 12 mil músicos, 900 concertos, 650 horas de workshops e masterclasses. Ao longo de sua extensa trajetória o Rio Cello consolidou-se como uma grande plataforma multicultural no qual música, dança, poesia, artes plásticas e cinema, que integram um evento de grande sofisticação artística e responsabilidade social.

 

PROGRAMAÇÃO
6 de agosto
19h – Sede do Projeto Volta Redonda – Cidade da Música (Volta Redonda)
Recital de câmara

 

7 de agosto
Manhã e tarde – Sede do Projeto Volta Redonda – Cidade da Música (Volta Redonda)
Masterclass de cordas com Haroutune Bedelian e David Ashbridge (violinos), David Johnson (viola), e David Chew e Marnix Möhring (violoncelos)

19h – Sede do Projeto Volta Redonda – Cidade da Música (Volta Redonda)
London Music Club Piano Quartet – Lorna Griffitt (piano), Haroutune Bedelian (violino), David Johnson (viola), e David Chew e Marnix Möhring (violoncelos)

 

8 de agosto
9h às 12h – Sede do Projeto Volta Redonda – Cidade da Música (Volta Redonda)
Masterclass de cordas com Haroutune Bedelian e David Ashbridge (violinos), David Johnson (viola), e David Chew e Marnix Möhring (violoncelos)

15h – Apresentação especial para estudantes do Colégio Getúlio Vargas (Volta Redonda)
Blas Rivera Quarteto – Blas Rivera (saxofone e piano), David Chew (violoncelo), David Johnson (violino) e Otto Hanriot (bandoneon)

Blas Rivera e Otto Hanriot (foto de Vitor Kelm)

 

9 de agosto
Manhã e tarde – Sede do Projeto Volta Redonda – Cidade da Música (Volta Redonda)
Masterclass de cordas com Haroutune Bedelian e David Ashbridge (violinos), David Johnson (viola), e David Chew e Marnix Möhring (violoncelos)

19h30 – Cine 9 de abril (Volta Redonda)
Concerto da orquestra de cordas e solistas internacionais

20h – Sede do Projeto Volta Redonda – Cidade da Música (Volta Redonda)
Homenagem a José Antônio Abreu
Orquestra de Violoncelos e Contrabaixos de Volta Redonda – Sarah Higino, regência
Blas Rivera Quarteto – Blas Rivera (saxofone e piano), David Chew (violoncelo), David Johnson (violino) e Otto Hanriot (bandoneon)
Haroutune Bedelian e David Johnson (violinos), David Chew (violoncelo) e Angelica de la Riva (soprano)

 

12 de agosto
11h – Museu do Amanhã (Auditório)
Cello Cine
Blas Rivera Quarteto – Blas Rivera (saxofone e piano), David Chew (violoncelo), David Johnson (violino) e Otto Hanriot (bandoneon)
Cecília Gonzales e Luciano Bastos (bailarinos)

12h30 – Museu do Amanhã (Átrio)
Cello Dance
Dilo Paulo – Kuduro de Angola
Sheila Fingier, Danilo D’Alma e Pâmela Sobral (bailarinos)
Paula Maracajá (direção de movimento)
Yaniel Matos (violoncelo)
Fabio Cezanne (percussão)
DJ Muralha

16h – Igreja da Candelária
Homenagem a José Antônio Abreu
Orquestra de Violoncelos e Contrabaixos de Volta Redonda – Sarah Higino, regência
Blas Rivera Quarteto – Blas Rivera (saxofone e piano), David Chew (violoncelo), David Johnson (violino) e Otto Hanriot (bandoneon)
Haroutune Bedelian (violino)
Angelica de la Riva (soprano)
Marnix Möhring (violoncelo)

 

13 de agosto
10h – Espaço Cultural e Ambiental Érico Veríssimo (Cabo Frio)
Quarteto Ad Libitum – Daniela Nupán e Juan Daniel Molina (violinos), Harold Bolaños (viola), Gabriel Ordóñez (violoncelo), René Ordóñez (cuatro llanero) e Alejandro Chimbaco (percussão)

12h – Teatro Dulcina
Concerto com transmissão ao vivo pela Rádio MEC
Blas Rivera Quarteto – Blas Rivera (saxofone e piano), David Chew (violoncelo), David Johnson (violino) e Otto Hanriot (bandoneon)
London Music Club – Haroutune Bedelian (violino), David Johnson (viola), David Chew (violoncello) e Lorna Griffitt (piano)
Marnix Möhring (violoncelo)

Quarteto Ad Libitum

 

14 de agosto
13h – Gastrocello
Colaboração com o projeto Gastromotiva (concerto para moradores de rua)

19h – Terraço Cultural Noris Galiotto (Cabo Frio)
Quarteto Ad Libitum – Daniela Nupán e Juan Daniel Molina (violinos), Harold Bolaños (viola), Gabriel Ordóñez (violoncelo), René Ordóñez (cuatro llanero) e Alejandro Chimbaco (percussão)

 

15 de agosto
9h30 – Igreja Matriz de Nossa Senhora de Assunção (Cabo Frio)
Quarteto Ad Libitum – Daniela Nupán e Juan Daniel Molina (violinos), Harold Bolaños (viola), Gabriel Ordóñez (violoncelo), René Ordóñez (cuatro llanero) e Alejandro Chimbaco (percussão)

 

16 de agosto
10h – Museu do Amanhã (Terreiro de Curiosidades)
Cello Tinta (oficina para crianças da Maré)
Jonatas Silva (violoncelo)
Joana Passi e Carolina Chew (orientadoras)

17h – Auditório DMU – UDESC (Florianópolis)
Haroutune Bedelian (violino)
Lorna Griffitt (piano)

 

18 de agosto
11h – Museu do Amanhã (Auditório)
Quarteto da UFF – Tomaz Soares e Ubiratã Rodrigues (violinos), Jessé Máximo (viola) e David Chew (violoncelo)
Angelica de la Riva (soprano)
Rio Cello Ensemble – Aleska Russo, Ana Milena Macías, David Chew, Elizabeth Bermúdez Diago, Fernando Bru, Gabriel Ordóñez, Glenda Carvalho, Hans Twitchell, Janaína Salles, Kely Pinheiro, Juan David Erazo, Mara Lobo, Marcus Ribeiro, Marxim Möhring e Mateus Ceccato (violoncelos)

12h30 – Museu do Amanhã (Átrio)
Quarteto Ad Libitum – Daniela Nupán e Juan Daniel Molina (violinos), Harold Bolaños (viola), Gabriel Ordóñez (violoncelo), René Ordóñez (cuatro llanero) e Alejandro Chimbaco (percussão)

14h às 17h – Cidade das Artes
Masterclass com Marnix Möhring e Mara Lobo

17h – Cidade das Artes
Camerata Laranjeiras
Marnix Möhring e Kely Pinheiro (violoncelos)

18h30 – Casa Museu Eva Klabin
Homenagem ao Fim da Primeira Guerra Mundial
Haroutune Bedelian (violino)
Lorna Griffitt (piano)
Trio Twitchell-Johnson – David Johnson (violino), Hans Twitchell (violoncelo) e Adriana Twitchell (piano)

Camerata Laranjeiras

 

19 de agosto
11h – Cine Arte UFF
Quarteto da UFF – Tomaz Soares e Ubiratã Rodrigues (violinos), Jessé Máximo (viola) e David Chew (violoncelo)
Quarteto Ad Libitum – Daniela Nupán e Juan Daniel Molina (violinos), Harold Bolaños (viola), Gabriel Ordóñez (violoncelo), René Ordóñez (cuatro llanero) e Alejandro Chimbaco (percussão)
*Parte da verba arrecadada com ingressos neste concerto será revertida para o Rio Cello (ingressos: R$ 14, inteira)

15h – Sala Municipal Baden Powell
Homenagem a Jacob do Bandolim
Fernanda Canaud (piano)
Marco de Pinna (bandolim)
Federico Puppi (violoncelo)
Trio Porã – Maressa Carneiro (violino), Glenda Carvalho (violoncelo) e Ciro Magnani (piano)
*Parte da verba arrecadada com ingressos neste concerto será revertida para o Rio Cello (ingressos: R$ 20, inteira)

16h – Igreja da Candelária
Camerata Laranjeiras
Marnix Möhring e Kely Pinheiro (violoncelos)

 

20 de agosto
12h – Teatro Dulcina
Concerto com transmissão ao vivo pela Rádio MEC
Fernanda Canaud (piano)
Marco de Pinna (bandolim)
Ramon Cruz (piano)
Juliana Franco (soprano)
David Chew (violoncelo)

20h – Concerto de encerramento – Sala Cecília Meireles
Violonsalada (melhores momentos de Rio Cello 2018)
Rio Cello Ensemble – Aleska Russo, Ana Milena Macías, David Chew, Elizabeth Bermúdez Diago, Fernando Bru, Gabriel Ordóñez, Glenda Carvalho, Hans Twitchell, Janaína Salles, Kely Pinheiro, Juan David Erazo, Mara Lobo, Marcus Ribeiro, Marxim Möhring e Mateus Ceccato (violoncelos)
London Music Club – Haroutune Bedelian (violino), David Johnson (viola), David Chew (violoncello) e Lorna Griffitt (piano)
Blas Rivera Quarteto – Blas Rivera (saxofone e piano), David Chew (violoncelo), David Johnson (violino) e Otto Hanriot (bandoneon)
Trio Cello Brasileiro – David Chew, Janaína Salles e Marcus Ribeiro (violoncelos)
Cecília Gonzalez e Luciano Bastos (bailarinos)
Angelica de la Riva e Juliana Franco (sopranos)
Carla Rizzi (mezzosoprano)
Marcelo Coutinho (tenor)
Adriana Jarvis (piano)
Orquestra Rice – Jésus Figueiredo (regência), David Johnson, Haroutune Bedelian, Tomaz Soares, Ubiratã Rodrigues, Luiza de Castro, Marco Catto, Daniela Nupán, Juan Daniel Molina e David Ashbridge (violinos), Jessé Máximo, Harold Bolaños e Bernardo Fantini (violas), David Chew, Janaína Salles e Gabriel Ordóñez (violoncelos), Cláudio Alves (contrabaixo), Paulo Castro Andrades (fagote), Thiago Tavares (clarineta/clarone), Daniel Soares (trompa), Ramon Cruz (piano), Lincoln Sena Pinheiro (flauta/picollo), Lino Hofmann e Fabio Cezanne (percussão)
*Parte da verba arrecadada com ingressos neste concerto será revertida para o Rio Cello (ingressos: R$ 40, inteira)

 

LOCAIS

Rio de Janeiro
Fundação Cidade das Artes (Av. das Américas, 5.300, Barra da Tijuca. Tel.: 21 3325-0102)
Casa Museu Eva Klabin (Av. Epitácio Pessoa, 2.480, Lagoa. Tel.: 21 2523-3471)
Igreja da Candelária (Praça Pio X, Centro. Tel.: 21 2233-2324)
Museu do Amanhã (Praça Mauá, 1, Centro. Tel.: 21 3812-1812)
Sala Cecília Meireles (R. da Lapa, 47, Lapa. Tel.: 21 2332-9223)
Sala Municipal Baden Powell (Av. N. S. de Copacabana, 360, Copacabana. Tel.: 21 2547-9147)
Teatro Dulcina (R. Alcindo Guanabara, 17, Centro. Tel.: 21 2240-4879)

Niterói
Cine Arte UFF (Centro de Artes UFF – R. Miguel de Frias, 9, Icaraí. Tel.: 21 3674-7515)

Volta Redonda
Cine 9 de abril (R. 14, 235, Vila Santa Cecília. Tel.: 24 3348-5014)
Sede do Projeto Volta Redonda – Cidade da Música (Av. Graham Bell, 89, Vila Mury. Tel.: 24 3338-8114)

Cabo Frio
Espaço Cultural e Ambiental Érico Veríssimo (Rodovia Amaral Peixoto, 500, Aquarius. Tel.: 22 2646-1415)
Terraço Cultural Noris Galiotto (Av. Teixeira e Souza, 1.450, Parque Central. Tel.: 22 2645-1041)

 

Faça seu comentário