Escrito por em 28 ago 2018 nas áreas Música de câmara, Programação, São Paulo

Pianista mineira percorre dez cidades e cinco países, apresentando peças de Bach-Busoni, Rachmaninoff e Villa-Lobos.

 

No dia 11 de setembro, às 20h, Simone Leitão se apresenta no Masp, em São Paulo, em recital gratuito que dá início a uma maratona de música clássica que irá passar por dez cidades e cinco países até 16 de janeiro de 2019, quando a solista toca no Carnegie Hall, em Nova York.

Integram também o roteiro Quito, no Equador (Casa de la Música, 19 de outubro); Curaçao (Ávila Hotel; Miami, 25 de outubro, e New World Hall, 2 de novembro); Fort Lauderdale/EUA (TBC, 3 de novembro); Los Angeles/EUA (LA Museum of Art, 11 de novembro); São Francisco/EUA (Herbest Theatre, 18 de novembro); San José, na Costa Rica (Theatro Nacional, 23 de novembro); e, de volta ao Brasil, em Salvador, na Bahia (Teatro Castro Alves, 16 de dezembro), com a Orquestra Jovem da Bahia – Neojiba.

No programa estão: Chaconne em ré menor, de Bach e Busoni (peça que faz parte do último CD da pianista, dedicado a Bach); Sonata n. 2, de Rachmaninoff, e Ciclo Brasileiro, de Villa-Lobos. Em cada cidade, Simone irá também homenagear um compositor local. Masterclasses e concertos didáticos focados na importância do piano solo para a identidade musical das Américas fazem parte do cronograma de atividades da turnê.

 

Simone Leitão

Em novembro de 2017, Simone Leitão lançou seu segundo CD pela MSR Classics, decicado a Bach. O álbum recebeu crítica elogiosa da Gramophone UK em fevereiro de 2018. Desde 2012, a pianista roda o Brasil com a sua Academia Jovem Concertante, projeto de qualificação de jovens músicos, e mantido uma paixão intensa pela música de câmara com a Semana Internacional de Música de Câmara do Rio de Janeiro, da qual é criadora e diretora artística. A Rio Music Week apresenta todos os anos repertório variado com artistas de diferentes países.

Pianista, historiadora e empreendedora musical, Simone mantém uma agenda de 40 concertos por ano no Brasil, Europa, Ásia e Américas. Doutora em Piano Performance e Musicologia pela University of Miami, mestre em piano pela Academia de Música da Noruega em Oslo, e bacharel em Educação Musical pela UniRio, ela é uma artista inquieta e versátil que acredita na força da música de concerto como idioma universal e forte ponte de comunicação entre povos e culturas diversas.

 

SERVIÇO:

 

Simone Leitão, piano

 

11 de setembro, terça-feira, às 20h

Museu de Arte de São Paulo – Masp (Av. Paulista, 1.578, Bela Vista – São Paulo)

 

Entrada gratuita

 

Faça seu comentário