Escrito por em 8 out 2018 nas áreas Música de câmara, Programação, São Paulo

O duo atende pelo nome de Duo Machado Yoneda

Iniciado em 2016, o projeto Música na Biblioteca que, desde o começo conta com a Curadoria da Maestrina Mônica Giardini, já recebeu diversos artistas de destaque no universo da música de câmara paulista, como por exemplo: Martin Lazarov, Ricardo Zohyo, Emiliano Martins e Manuel Falleiros, integrantes do grupo Balkán New Ensemble, Ana Amélia Wingeter, Régis Gomide Costa, Valgério Gianotto e Adilson Filho, integrantes do Quarteto Ipê Amarelo, além do Duo Marta Ozzetti e Makiko Yoneda e a cantora Alaíde Costa. Ao todo, as temporadas anteriores contabilizaram mais de cem apresentações das mais diversas formações artísticas, para um público da ordem de cinco mil pessoas. As estatísticas, diretamente relacionadas ao padrão de qualidade imposto pela direção artística do projeto, foram elementos decisivos para a sua continuidade neste segundo semestre de 2018. As apresentações na Biblioteca do Memorial da América Latina acontecem sempre às terças feiras, às 19:30, com ingressos a preços simbólicos de quatro e dois reais que devem ser retirados na própria Biblioteca, uma hora antes do início do espetáculo.

 

Duo Machado Yoneda

Duas instrumentistas nascidas em dois extremos do Planeta, cada qual com uma bagagem e experiências musicais bastante distintas, ambas atuantes no cenário musical paulistano, uniram-se para tocar música brasileira no mais alto estilo. Assim nasceu o Duo Machado Yoneda, com o propósito de executar, compor e recriar uma nova paisagem musical brasileira. Partindo de um olhar único pela janela da nossa música, flauta e piano passeiam por um repertório de mestres da linguagem popular, tais como Chiquinha Gonzaga, Radamés Gnattali, Pixinguinha, Moacir Santos, Esmeraldino Salles, Paulinho da Viola, César Camargo Mariano e Sivuca, além do repertório autoral das integrantes do Duo. Cada obra desvenda um aspecto da brasilidade na sua amplitude e encantamento.

 

Gabriela Machado – Flauta (Brasil)

Formada pela Fundação das Artes de São Caetano do Sul e pelo Instituto de Artes do Planalto – UNESP, desde cedo, atua tanto na área erudita quanto popular. Ganhou o prêmio “Estímulo para Jovens Solistas” da Secretaria de Cultura de São Paulo. Foi premiada pelo PAC 27 com o projeto “Elementos Populares na Música Erudita” (Duo de flauta e violão) e pela Linc/SP com o projeto “Música Instrumental Brasileira nas Escolas – Show Pedagógico”, com o grupo Choronas. Participou das Orquestras: Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, “Sinfonia Cultura” da Rádio e Televisão Cultura de São Paulo, Sinfônica de Santo André, Sinfônica de Santos e Juvenil do Estado de São Paulo, acompanhando vários artistas renomados: Antônio Menezes, Nélson Freire, Bárbara Hendrix, Diane Shure, Airto Moreira, Altamiro Carrilho, Paulo Moura, Hamilton de Hollanda, Yamandú Costa, Zizi Possi, Hermeto Paschoal, Toninho Ferragutti, André Mehmari entre outros. Foi solista do grupo Choronas por 19 anos, com 03 CDs lançados “Atraente” (2000), “Choronas Convida” (2004) e “O Brasil toca Choro” (2008). Desde 2010, Integra o grupo de música instrumental autoral “Quarteto Quadrantes” com o primeiro disco “Passos Largos” lançado em 2013, no Brasil, na Itália e na França. É professora na Escola do Auditório Ibirapuera, com direção artística de Nailor Proveta.

 

Makiko Yoneda – Piano (Japão)

Nascida na cidade de Chiba (Japão), dos três aos dezoito anos, estudou piano clássico com professores consagrados. Interessada em ampliar suas referências musicais e culturais viajou para a Índia, Cuba, Estados Unidos e Brasil. No Brasil, em 2005, tocou pela primeira vez em Recife, convidada por Alceu Valença. Seu envolvimento e integração com a música brasileira rendeu seu retorno em 2011, em São Paulo, onde permanece até hoje.

Nessa segunda temporada Makiko se dedica exclusivamente à música brasileira com interesse tanto pela área erudita quanto a popular. Tocou com Ivan Lins, Guinga, Chico Pinheiro e Cristóvão Bastos, sendo que dois brasileiros foram fundamentais em seu processo de descoberta artística: a pianista Sílvia Góes, de quem foi aluna, e o violonista Zé Barbeiro, que, em 2011, a convidou para integrar o Quinteto do Zé. Com esse grupo gravou o CD “Sem Massagem” lançado em 2016, com shows pelo Brasil. Participa do projeto “Duos” da flautista Marta Ozzetti executando obras inéditas, e do quarteto Baianato, do virtuose cavaquinhista Messias Britto. Em 2015 lançou seu primeiro disco solo ‘Wa’.

Em janeiro de 2016, excursionou pelo Japão apresentando-se em sete cidades. Ganhou o disputadíssimo prêmio Nabor Pires Camargo – 2016, piano solo classificação 5o. lugar. Lançou em 2016 o disco “Quinteto do Zé” liderado pelo violonista Zé Barbeiro. Atualmente, Makiko  está em fase de gravação do novo CD “Makiko Trio” ao lado de seus parceiros Marcio Bahia (bateria) e Jamil (contrabaixo) com repertório autoral  intimista, trazendo melodias de influência oriental, mas muito marcado pelo encantamento da artista pelos ritmos brasileiros com largo espaço para a improvisação.

 


PROGRAMA

Chiquinha Gonzaga
Corta Jaca

Radamés Gnattali
Zanzando em Copacabana

Moacir Santos
Coisa nº 1

Moacir Santos
De Bahia ao Ceará

Gabriela Machado
Haikai

Gabriela Machado
Valsinha pra você

Makiko Yoneda
Alone

Ernesto Nazareth
Escorregando

César Camargo Mariano
Samambaia

Laércio de Freitas
Camundongas

Altamiro Carrilho
Deixa o breque prá mim

Dominguinhos
Princesinha no choro

Esmeraldino Salles
Novato

Paulinho da Viola
Sarau pra Radamés

Oswaldinho do Acordeon
Um tom pra Jobim

Gabriela Machado
Novidade

Makiko Yoneda
Maracatu

Makiko Yoneda 
Baião Partido

 

 

SERVIÇO

 

Projeto “Música na Biblioteca” – Duo Machado Yoneda

Dia 09/10/2018, terça feira, às 19:30

Biblioteca do Memorial da América Latina (Av. Auro Soares de Moura Andrade n° 664 – Barra Funda)

 

Ingresso: R$ 4,00 – Meia entrada: R$ 2,00

 

Faça seu comentário