Escrito por em 22 nov 2018 nas áreas Lateral, Música contemporânea, Programação, Rio de Janeiro

Grupo traz estreia mundial e peças do CD “Experiência”

O ABSTRAI Ensemble é um grupo de música de câmara contemporânea, integrado por instrumentistas e compositores de renomada carreira, todos residentes no Rio de Janeiro. O grupo trabalha principalmente em colaborações com compositores vivos (brasileiros e estrangeiros). Além de peças musicais instrumentais e vocais, o grupo utiliza regularmente nos seus concertos e atividades as últimas tecnologias digitais (eletroacústica e música mista).

O grupo também realiza atividades pedagógicas como encontros de composição e práticas interpretativas, oficinas e master-classes, além de concertos comentados para a formação de público. O ABSTRAI ensemble lançou o seu primeiro CD “Experiência” em 2018 pelo selo A Casa, e tem se apresentado nos principais festivais e salas de concerto brasileiras. O conjunto apresenta no Teatro de Câmara da Cidade das Artes uma estreia mundial do premiado compositor brasileiro residente em Nova Iorque Arthur Kampela, além de uma seleção especial do seu repertório, com obras dos compositores brasileiros Silvio Ferraz, Pauxy Gentil-Nunes, Martin Herraiz e do francês Phillipe Leroux.

O ABSTRAI ensemble pode ser visto como um instrumento não só de difusão de cultura, mas também da sua produção, contribuindo pela diversidade musical no Brasil. O ABSTRAI ensemble faz música do século XXI para quem vive no século XXI!

 

.

 

Abstrai Ensemble

Saxes e direção – Pedro Bittencourt
Voz – Doriana Mendes
Flautas – Andrea Ernest Dias
Violino – Mariana Salles
Violoncelo – Marcus Ribeiro
Violão e guitarra– Fábio Adour
Percussão – Zeca Lacerda
Produção executiva – José Schiller

 

PROGRAMA

Philippe Leroux (França, 1959)
Un lieu verdoyant (1999)
– Soprano e sax soprano

Pauxy Gentil-Nunes (Brasil, 1963)
Trio náutico (2012)
– Flauta, cello, violão

Martin Herraiz (Brasil, 1980)
Waste variations (2018)
– Violino, flauta, sax tenor, guitarra

Sílvio Ferraz (Brasil, 1959)
Quiescendo (2018) – estreia carioca
– Voz microfonada, flauta baixo, sax tenor, violino, cello

Arthur Kampela (Brasil, 1960)
Entre dedos e bocas (2018) – estreia mundial
– Flauta, sax (sop, bar), violino, violão, vibrafone

 

 

SERVIÇO

 

ABSTRAI ensemble na Cidade das Artes

 

Dia 24 de novembro, sábado, às 20h

Sala de Câmara (Av. das Américas, 5300 – Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ – (21) 3325-0102)

Ingressos: Meia: R$ 20,00 / Inteira: R$ 40,00

 

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA – Livre

 

Faça seu comentário