Escrito por em 8 dez 2018 nas áreas Música coral, São Paulo

No programa, composições conhecidas do grande público como Noite Feliz e Noite Azul

O Coral Paulistano retorna ao Mosteiro de São Bento para um concerto especial de Natal. A apresentação gratuita acontece no dia 09 de dezembro, às 15h, e terá a participação do Coral da Gente do Instituto Baccarelli, do barítono Xavier Silva e do organista David Terry. Na regência estarão as maestrinas Naomi Munakata e Maíra Ferreira.

Não haverá distribuição de ingressos, mas é importante que o público chegue com pelo menos 1 hora de antecedência para entrar no Mosteiro.


Sala do Conservatório

Na terça-feira (11),  às 20h, o grupo também apresenta o mesmo concerto de Natal na Sala do Conservatório, na Praça das Artes, no centro de São Paulo. Desta vez, a apresentação conta com o barítono Vicente Sampaio, o violoncelista Ricardo Fukuda, os pianistas Rosana Civile e Renato Figueiredo e também o Coral da Gente do Instituto Baccarelli. Os ingressos para este concerto custam R$ 20 e estão à venda na bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo e no site eventim.com.br.

 

PROGRAMA

Dias 09 e 11 de dezembro

Franz Biebl
Ave Maria

Ivan Lins e Vitor Martins
Depende de Nós
Arranjo de Juliana Ripke

James Pierpont
Jingle bells
– Arranjo de Gordon Langford
– Adaptação de Ângelo Fernandes

Benjamin Britten
A Boy Was Born

Morten J. Lauridsen
O Magnum Mysterium

Vaughan Williams
Fantasia on Christmas Carols

William Mathias
A babe is born

John Tavener
The Lamb

Antiga Melodia Alemã
In Dulci Jubilo
– A
rranjo de Robert L. Pearsall

Canção Inglesa Tradicional
O Primeiro Natal
Arranjo de John Rutter

Canção Francesa Tradicional
Noel Nouvelet
Arranjo de Stephen Jackson

Caldas e Cavalcanti
Noite Azul
Arranjo de Cyro Pereira

Franz Gruber
Noite Feliz

 

 

SERVIÇO

 

 

Dia 09 de dezembro, domingo, às 15h

Mosteiro de São Bento (Largo de São Bento, 48 – Centro, São Paulo)

Entrada Franca

Indicação etária: Livre

 

 

Dia 11 de dezembro, terça-feira, às 20h

 

Sala do conservatório na Praça das Artes (Av. São João, 281, 1° andar  – Centro)

Ingressos: R$ 20

Indicação etária: Livre (sugerido para maiores de 7 anos)

 

 

Ingressos na bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo, na *bilheteria da Praça das Artes ou pelo site eventim.com.br.

Horário da Bilheteria do Theatro Municipal: De segunda a sexta-feira, das 10 às 19h, e sábados e domingos, das 10 às 17h.

Horário da Bilheteria da Praça das Artes: apenas no dia do evento duas horas antes.

 

 

Coral Paulistano

Com a proposta de levar a música brasileira ao Theatro Municipal de São Paulo, em 1936, por iniciativa de Mário de Andrade, foi criado o Coral Paulistano. O então diretor do Departamento Municipal de Cultura queria mostrar à elite paulistana a importância do movimento nacionalista que contagiava os compositores brasileiros da época e que era até então desconhecida.

Marco da história da música em São Paulo, o grupo foi um dos muitos desdobramentos do movimento modernista da Semana de Arte Moderna de 1922. Em 2013, o Coral foi novamente fortalecido e revalorizado. Com uma programação extensa de apresentações de música brasileira erudita em diferentes espaços da cidade, renovou seu fôlego e retomou suas atividades resgatando sua autenticidade.

Atualmente o Coral Paulistano tem como regente titular a maestrina Naomi Munakata, e a maestrina Maíra Ferreira como regente assistente. O grupo integra a Fundação Theatro Municipal de São Paulo, da Secretaria Municipal de Cultura.

 

Naomi Munakata – regente do Coral Paulistano 

Iniciou os estudos musicais ao piano aos 4 anos e começou a cantar aos 7, no coral regido por seu pai, Motoi Munakata. Formou-se em Composição e Regência em 1978, pela Faculdade de Música do Instituto Musical de São Paulo, na classe de Roberto Schnorrenberg. A vocação para a regência começou a ser trabalhada em 1973. Anos depois, essa opção lhe valeria o prêmio de Melhor Regente Coral, pela Associação Paulista dos Críticos de Arte. Estudou ainda regência, análise e contraponto com Hans-Joachim Koellreutter e viajou à Suécia para estudar com o maestro Eric Ericson. Aperfeiçoou-se em regência na Universidade de Tóquio. Foi regente do Coral Sinfônico do Estado de SP de 1995 a 2000 (ULM) e do Coro da Osesp de 2001 a 2015. Atualmente é a regente titular do Coral Paulistano.

 

David Terry – órgão  AVID

Nasceu em Londres e frequentou a Universidade de Oxford, onde estudou órgão com David Sanger. Trabalhou em sua cidade nos últimos 16 anos, onde exerceu a função de Diretor de Música na London Oratory School e na St. Columba’s Church. Atua como diretor do departamento de Música na St. Paul’s School, em São Paulo, tendo assumido o posto de organista titular no Mosteiro de São Bento. Viajou para diversos lugares do mundo como acompanhador e regente de coro. Ministrou recitais de órgão em lugares como a Abadia de Westminster, Catedral de Westminster e na St. Paul´s Cathedral, em Londres. Suas composições litúrgicas foram publicadas pela editora Novello na Europa e EUA.

 

Xavier Silva – barítono  

Natural de Fortaleza, mudou-se para São Paulo em 1993 para integrar o Coro Lírico nas óperas Aída, de Giuseppe Verdi, e Il cappello di paglia di Firenze, de Nino Rota. No ano seguinte, passou a fazer parte do Coral Paulistano. Xavier Silva cantou com o grupo Vox Brasiliensis na exposição Brasil Barroco na França, em 1999, e em Portugal, em 2000, sob a regência de Ricardo Canji. Foi bolsista do Instituto Cultural Itaú e aluno de Naomi Munakata e Luiz Tenaglia. Em 2001, participou do XIV Festival Internacional de Música Antiga de Sarrebourg, na França, interpretando obras de José Maurício e Wolfgang A. Mozart. Foi solista na gravação de A Grande Missa Jubilar, de Silvio Baccarelli, sob a regência de Arkady Steinluch, na Rússia, com a Orquestra Sinfônica Acadêmica e o Coro Jovem de St. Petersburg.

 

Coral da Gente do Instituto Baccarelli 

Com um repertório que inclui composições do repertório popular e erudito, os corais que integram o projeto Coral da Gente do Instituto Baccarelli já realizaram apresentações em diversos espaços culturais de São Paulo. O Coral é a porta de entrada no Instituto para crianças e adolescentes, de 4 a 14 anos, da comunidade de Heliópolis e região. Sob a coordenação de Silmara Drezza, com competente equipe de professores, os grupos trabalham voz e expressão corporal, em atividades voltadas para o desenvolvimento de valores para a vida em sociedade.

 

Vicente Sampaio – barítono 

Iniciou seus estudos no Coro Jovem de São José dos Campos, sob orientação de Sergio Wernec e Lidia Schäffer. Bacharel em Canto pela Unesp, estudou nas classes de Martha Herr e Abel Rocha. Estreou no Theatro Municipal de São Paulo solando a Missa em Fá Maior K192, de Wolfgang A. Mozart. Foi solista na obra A Criação, de Joseph Haydn, Missa da Coroação, de Wolfgang A Mozart, Petite Messe Solennelle, de Gioachino Rossini, e Requiem, de Gabriel Fauré, Maurice Duruflé e Franz Liszt. Atuou em La Bohème e Gianni Schicchi, de Giacomo Puccini, A Flauta Mágica, de Wolfgang A. Mozart, L’Elisir d’Amore de Gaetano Donizetti, e Trouble in Tahiti, de Leonard Bernstein. É orientado por Isabel Maresca e Rafael Andrade.

 

Ricardo Fukuda – violoncelo 

Foi semifinalista no III Concurso Eldorado de Música, indicado para bolsa na Academia da Filarmônica de Berlin (Fundação Karajan), e também vencedor do Concurso Jovens Solistas da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo. Integrou a Camerata Fukuda, Orquestra Crescendo, Orquestra Nova Sinfonieta. Foi concertinho da Orquestra Sinfônica Municipal e atualmente é spalla dos violoncelos da Bachiana Filarmônica SESI-SP. Professor do Instituto Baccarelli e da Escola Municipal de Música de São Paulo, exerce ampla atividade pedagógica, já foi diretor artístico do Festival de Música Clássica de São José do Rio Preto e integra o corpo docente do Festival de Campos do Jordão. Atualmente é professor e um dos diretores do Instituto Fukuda de Música.

 

Rosana Civile – piano 

Pianista graduada em Música pela Universidade de São Paulo. Estudou com renomados pianistas como Caio Pagano, Beatriz Román, Daisy De Luca, Marcello Mechetti e em cursos de aperfeiçoamento, seminários e masterclasses no Brasil, Itália e Espanha. Desenvolve intensa atividade como camerista. Apresentou-se em recitais solo na França, Suíça, Bélgica e Alemanha, enfatizando o repertório brasileiro. É pianista do Coral Paulistano e professora de música de câmara da Escola Municipal de Música. Rosana é idealizadora e presidente do Núcleo Hespérides – Música das Américas (Associação Hespérides).

 

Renato Figueiredo – piano 

Mestre, Bacharel e Licenciado em Música pela USP, pianista do Coral Paulistano, deve sua formação a Elisa Capocchi e Gilberto Tinetti. Nos EUA, estudou com Robert Brownlee, na Universidade de Houston, e com Germán Diez (discípulo de Claudio Arrau). Aulas públicas com Badura-Skoda, Y. Bernette e J. L. Steuerman, entre outros. Recitais na Áustria, Grécia, Itália, Portugal e em diversos estados brasileiros. Em Milão, solista da Orchestra Città di Vigevano. Estreou peças de Aylton Escobar, Antonio Ribeiro, Osvaldo Lacerda, Gilberto Mendes e Willy Corrêa de Oliveira, além de ter gravado, em 6 CDs, substancial parte da obra de Lacerda.

 

Faça seu comentário