Escrito por em 10 dez 2018 nas áreas Minas Gerais, Música de câmara

Na última apresentação de 2018, teremos o Duo Angerosa-Camargo 

O Memorial Minas Gerais Vale traz o Duo Angerosa-Camargo, que fará a última apresentação de 2018 da série de concertos com curadoria da Orquestra Ouro Preto. O Duo é composto pelos paulistas Guilherme de Camargo e Roberto Angerosa, que fazem um som de cordas e percussão inspirado nas músicas medievais.

No repertório estão desde composições feitas no século XVI na Inglaterra e Espanha, até canções do século XIX em Portugal e no Brasil, incluindo a primeira peça em alaúde da Europa e recentes descobertas musicais luso-brasileiras. O show será no dia 13 de dezembro, quinta-feira, às 19h30. A entrada é gratuita, com retirada das senhas uma hora antes do evento. O Memorial Vale fica na Praça da Liberdade, 640, esquina com Gonçalves Dias, em Belo Horizonte.

Na apresentação, Guilherme de Camargo e Roberto Angerosa utilizam instrumentos antigos de cordas dedilhadas (guitarra medieval, alaúde renascentista, guitarra barroca e viola de arame), acompanhados por arranjos com percussão (derbak, pandeiros, pratos, cajón, tambor, vaso), feitos especialmente pelo duo. O resultado musical traz toda a energia das cordas dedilhadas, acrescida da vivacidade própria dos instrumentos de percussão.

 

PROGRAMA

Gaspar Sanz (1694)
Canários
Espagnoleta
Folias
Jácaras

Anônimos século XVI
The English Huntsuppe
The Alman
The Jigge (Packintones Pound)
Mistris Winter Jump

Anônimos século XVII e XIX
Violão do sétimo tom em Portugal e no Brasil
Marizápalos (registrados no Codex Gulbenkian)
Pavana
Cubanco.

 

 

SERVIÇO

 

Duo Angerosa-Camargo

Dia 13 de dezembro, quinta-feira, às19h30

Memorial Vale (Praça da Liberdade, 640, esquina com Gonçalves Dias)

Entrada franca
Sujeita a lotação. Retirada de senhas uma hora antes da apresentação.

Faça seu comentário