Escrito por em 5 dez 2018 nas áreas Lateral, Música de câmara, Programação, Rio de Janeiro

Com a Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro

Este será o Concerto de Natal, 20º do ano de 2018 da Série Música Clássica dos Santos Anjos, no sábado 8 de dezembro às 15h30 na Paróquia dos Santos Anjos (Av. Afrânio de Melo Franco, 300, esquina de Humberto de Campos, Leblon, fone 2239-1349/8043), com a Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro sob a regência do Maestro Rafael Barros Castro,  apresentando obras de Tchaikovsky, Brahms, Mascagni, Strauss, Kabalevsky, Leroy Anderson, Franz Gruber, Irving Berlin e Bob Thiele.

O concerto dura cerca de uma hora e meia, incluindo a contextualização das obras pelas concertistas. A entrada ao preço nominal de R$5 (cinco reais). Gratuidade para maiores de 60 anos, professores e estudantes. A receita reverterá para melhoria das condições de execução dos concertos na Paróquia. Não será necessário fazer reserva. O próximo e último concerto do ano será no sábado 15 de dezembro às 15h30 com a pianista Fernanda Cruz interpretando obras de Chopin, Debussy, Schumann, Mignone e Chiquinha Gonzaga.

 

PROGRAMA

Pyotr Ilyich Tchaokovsky (1840-1893)
Valsa das Flores da Suíte Ballet O Quebra-Nozes
1892

Johannes Brahms (1833-1897)
Dança húngara no. 5 em sol menor
– Allegro vivace
Baseada na Czarda Bartfai Emlek de Béla Kéler original para 2 pianos
Arranjo orquestral de Martin Schmeling

Dmitry Kabalevsky (1904-1986)
Os comediantes – excerto da suíte 
– Prologue
– Galop
– Marcha
– Pantomime
– Epilogue

Pietro Mascagni (1863-1945)
Intermezzo da Cavalaria Rusticana1890

Leroy Anderson (1908-1975)
Christmas Festival1950/1952

Tradicional
Adeste, fideles 
Arranjo de Rafael Barros Castro

Irving Berlin (1888-1989)
White Christmas
1940
– Arranjo de Rafael Barros Castro

Bob Thiele (1922-1996) / George D. Weiss (1921-2010)
What a wonderful world
– Arranjo de Rafael Barros Castro

Johann Strauss II (1825-1899)
O Danúbio azul Op. 314 1867
– Arranjo de Rafael Barros Castro

Franz Gruber (1787-1863)
Stille nacht (Noite feliz) – 1818
– Arranjo de Rafael Barros Castro

 

Orquestra Solistas do Rio de Janeiro

Fundada em 12 de setembro de 2005, é um ensemble instrumental composto por talentosos músicos atuantes no cenário da música de câmara e sinfônica do Rio de Janeiro. Desde o ano de sua fundação, tem contribuído para a cultura da cidade, principalmente através da rica e inovadora programação anual da sua série de concertos, que inclui um abrangente repertório camerístico para diversas formações instrumentais. Em 2015, a OSRJ recebeu através da Câmara de Vereadores do Estado do Rio de Janeiro, a Moção de Congratulação pelos seus 10 anos de atividades artísticas.

Dentre as realizações mais importantes vale destacar a estreia carioca da cantata Colóquio, de Camargo Guarnieri, em 2008 e da obra 7 Fábulas de La Fontaine, de Xavier Benguerel, em 2009. No Theatro Municipal do Rio de Janeiro a OSRJ foi responsável pela montagem de A História do Soldado, de Igor Stravinsky, na íntegra com narração, cena e dança.

A cada temporada, a OSRJ vem mantendo o compromisso com a música popular brasileira e já homenageou os compositores Cartola (2008), Guinga (2009), Noel Rosa (2010), Luiz Gonzaga (2012), Vinícius de Moraes (2014) e Garoto (2015), sempre com a participação de convidados especiais como Rildo Hora, Carlos Malta, Guinga, Leila Pinheiro, Wágner Tiso, Elba Ramalho, Nélson Sargento, Leo Gandelman, Leny Andrade e Jaime Alem, entre outros.

 

Rafael Barros Castro

Iniciou seus estudos musicais no Instituto dos Meninos Cantores “Canarinhos de Petrópolis” aos oito anos de idade, recebendo aulas de teoria e prática musical, piano e canto coral. Aperfeiçoou-se em piano com as professoras Maria Teresa Madeira e Ruth Serrrão. Formou-se Bacharel em regência orquestral na UniRio na classe de Ricardo Tacuchian e, com o maestro eslavo Anton Nanut, recebeu valiosas instruções sobre regência orquestral e repertório.

Como pianista camerista foi premiado no Concurso de Música de Câmara de Curitiba-PR em 2002 com o Duo de violão e piano Dassié-Castro. Além de atuar à frente da OSRJ como maestro e diretor artístico, Rafael Barros Castro é compositor, arranjador, pianista, professor e cantor.

 


SERVIÇO

 

Orquestra de Solistas do Rio de Janeiro – Concerto de Natal

Dia 8 de dezembro, sábado, às 15:30h

Paróquia Santos Anjos (Av. Afrânio de Melo Franco, 300 – Leblon – 21 2239 1349 / 8043)

 

Entrada franca

Faça seu comentário