Escrito por em 6 maio 2019 nas áreas Lateral, Música sinfônica, Programação, Rio de Janeiro

Única orquestra pública federal do país inteiramente profissional

A Sala Cecília Meireles, um espaço da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, e PETROBRAS apresentam sexta-feira, dia 10 de maio, às 20h, dentro da Série Sala Orquestras, a Orquestra Sinfônica Nacional – UFF, sob a regência de Tobias Volkmann, tendo como solista Oscar Bohorquez (violino). No programa, Ravel, Camargo Guarnieri e Stravinski.

 

A orquestra

Fundada pelo presidente Juscelino Kubitschek em 1961 e incorporada à Universidade Federal Fluminense em 1984, a Orquestra Sinfônica Nacional – UFF é a única orquestra pública federal do país inteiramente profissional. Há 58 anos cumprindo sua finalidade de difundir e preservar a música sinfônica do Brasil, a OSN UFF tem realizado concertos e gravações especialmente dedicados à obra de compositores brasileiros consagrados e à produção contemporânea.

Nos últimos anos, tem buscado novas proposições estéticas por meio de uma programação coesa e diferenciada, elaborada por uma comissão artística formada por músicos da própria orquestra. As temporadas, estruturadas em séries, são pautadas na diversidade das vertentes musicais brasileiras e no talento do artista nacional.

 

PROGRAMA

Ravel
Suíte Le tombeau de Couperin

Camargo Guarnieri
Concerto para violino no. 2

Igor Stravinski
Suíte Pulcinella

 

SERVIÇO

 

Série Sala Orquestras – Orquestra Sinfônica Nacional

Dia 10 de maio, sexta-feira, às 20h

Sala Cecília Meireles (Largo da Lapa, 47 – Centro – Rio – 2332 9223)

 

Ingressos a R$ 40,00 (20,00 estudantes e idosos)

www.ingressorapido.com.br

 

Faça seu comentário