Escrito por em 17 maio 2019 nas áreas Lateral, Ópera, Programação, Rio de Janeiro

Esta é uma das mais belas óperas compostas por Puccini

A ópera “Suor Angelica”, composta por Giacomo Puccini em 1917, é uma das mais belas do compositor italiano. Por conta da sua curta duração e enredo cativante, apresenta uma oportunidade não só do fomento do consumo de ópera, mas também da projeção de jovens artistas no mercado lírico.  “Suor Angelica” será encenada no domingo, dia 19 de maio, na Cidade das Artes, às 17h, pelo Coro de Câmara Lírico Feminino e o Núcleo de Ópera da ACC.

Esse título se destaca em relação aos demais do repertório lírico por possuir um elenco totalmente feminino. Além disso, seu enredo pode ser lido atualmente, à luz do feminismo, por abordar o tema da repressão à sexualidade das mulheres. Angelica, a protagonista, é uma mulher que tem relações sexuais enquanto solteira, o que era um escândalo para a moral vigente no início do século XX — e, ainda, em alguns setores conservadores do XXI. Por este “delito”, ela é encarcerada num convento, um lugar de penitência, o que leva muitos estudiosos da arte lírica a compararem esta ópera ao “Purgatório”, de Dante Alighieri.

Para criar esse ambiente claustrofóbico e punitivo, o diretor cênico Antônio Ventura optou por uma cenografia parca e pouco iluminada. O destaque será a forte presença do símbolo da vela, não só uma constante na iconografia e culto católicos, mas também alusiva à purificação das almas luxuriosas através do fogo na obra dantesca.

A Associação de Canto Coral há 77 anos desenvolve um trabalho de apresentações de corais – já ultrapassando a marca de 750 performances em diversos locais do Rio de Janeiro, como o Centro Cultural do Banco do Brasil, o Museu de Belas Artes, a Cidade das Artes, além de promover palestras e cursos sobre ópera.

Este espetáculo tem a parceria do diretor cênico Antônio Ventura, formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Alguns de seus trabalhos: “O Estupro de Lucrécia” (2016), “Muito Barulho por Nada” (2017) e, seu mais recente, “Romeu e Julieta” (2018), todos baseados na obra de William Shakespeare.

 

Ficha técnica

– Direção de cena: Antônio Ventura
– Direção musical e piano: Cláudio Ávila
– Diretor musical da ACC: Jésus Figueiredo

– Elenco: Rita de Cássia Cabús, Ana Carolina Lobo, Sandra Villar, Solange Sampaio, Marina Maia, Jussara Cruz, Elizabeth Babo, Karla Danielle, Fernanda Capelli, Maria de Fátima Santana, Maria Helena Magalhães, Mariângela Vieira, Andressa Furiati, Simone de Paula, Lídice Picolin, Paola Soneghetti, Maria Loreto Pastene, Cláudia Jack

– Cenografia e figurino: Comitê de Artes Cênicas da ACC
– Fotógrafo: Comitê de Audiovisual da ACC
– Operador de luz: Bernardo Pimentel
– Design gráfico: Victor Borborema
– Assessora de Comunicação: Andrea Shad
– Produção: Celeste Figueiredo

 


SERVIÇO

 

Ópera “Suor Angelica” pela ACC  


Dia 19 de maio, domingo, às 17h


Cidade das Artes
(Av. das Américas, 5300 – Barra – 21 3325 0102)

Ingresso: R$ 40,00 (inteira) – R$ 20,00 (meia)

Dias 30 e 31 de maio, às 20h e dia 02 de junho, às 19h

Sala Baden Powell (Av. N. S. de Copacabana, 360 – Rio)

 

Classificação etária: Livre

 

Faça seu comentário