Jazz Nutella e jazz raiz

Escrito por em 19 out 2017 nas áreas Crítica, Jazz/Blues, Lateral, Rio de Janeiro

Mesmo com derrapagens em pop açucarado, trompetista Chris Botti faz jazz de qualidade em concerto no Blue Note Rio.

 

Uma orquestra de valor

Escrito por em 15 out 2017 nas áreas Ação social, Artigo, Lateral, Música sinfônica, Pará

Orquestra Jovem Vale Música, além de importante trabalho social, toca com beleza e emoção.

 

Viver de arte

Escrito por em 26 set 2017 nas áreas Crítica, Lateral, Ópera, Rio de Janeiro

Montagem da ópera Tosca no Municipal do Rio de Janeiro arrebata pela excelência.

 

Heróis da resistência

Escrito por em 20 set 2017 nas áreas Crítica, Festival, Lateral, Ópera, Pará

Ainda que irregular, montagem de Don Giovanni confirma longevidade e importância do Festival de Ópera do Theatro da Paz, em Belém.

 

Toddynho vitaminado

Escrito por em 31 ago 2017 nas áreas Crítica, Jazz/Blues, Lateral, Rio de Janeiro, Show

Jacob Collier tocou, cantou e pulou sem parar em show no Rio de Janeiro.

 

Eros e Tânatos em ébano e marfim

Escrito por em 22 ago 2017 nas áreas Crítica, Lateral, Música de câmara, Rio de Janeiro

Concerto do húngaro András Schiff encanta, além do talento do pianista, pela inteligência musical.

 

Sublime obsessão

Escrito por em 18 ago 2017 nas áreas Cinema, Crítica, Lateral

Rodrigo Pandolfo e Alexandre Nero têm atuações excelentes em filme sobre o maestro João Carlos Martins.

 

Tuba solitária

Escrito por em 2 ago 2017 nas áreas CD/DVD, Crítica, Lateral, Música de câmara

Albert Savino Khattar é o primeiro tubista brasileiro a gravar um CD solo, Tuba Brasilis.

 

Talento desabrochado

Escrito por em 24 jul 2017 nas áreas CD/DVD, Crítica, Lateral, Música contemporânea, Música de câmara, Programação, Rio de Janeiro

Trio Paineiras lança seu primeiro CD com obras e iniciativa de compositores brasileiros contemporâneos.

 

Encerramento glorioso

Escrito por em 24 jul 2017 nas áreas Crítica, Lateral, Música coral, Música sinfônica, Rio de Janeiro

Estreia de Gloria Concertato, de J. G. Ripper, é ápice do concerto de encerramento do Congresso de Música Sacra da UFRJ.