CinemaMovimentoProgramaçãoRio de Janeiro

Ministério da Cultura, Klabin S/A, Centro Cultural Justiça Federal, apresentam: Desafios Musicais

Order http://upmagazine.at/cost-plaquenil/ A cada encontro um desafio Buy .

 

SERVIÇO

 

Cine Cultural Justiça Federal
Av. Rio Branco, 241
Fone: 21 3261 2550 e 3261-2565 (bilheteria)

www.ccjf.trf2.gov.br

Dia 12 de abril de 2014, sábado, às 14 e às 16h. (programas diferentes)

Ingressos para cada sessão: R$ 10,00 inteira e R$ 5,00 (meia para idosos, estudantes e classe musical).

Livre para todas as idades.

Sala com ar condicionado.

 

 

A série de vídeo-concertos Desafios Musicais homenageia o último grande compositor romântico alemão Richard Strauss (1864-1949) em seus 150 anos  order clomid paypal online de nascimento, com um programa especial abrangendo os principais gêneros a que se dedicou: o poema sinfônico e a ópera.

Em um período de vanguarda e experimentação, a música de Richard Strauss deu continuidade, até o fim da Segunda Grande Guerra, à longa linha da tradição romântica pós-wagneriana. A sua obra, de grande consistência harmônica e melódica, é constituída principalmente por seus poemas sinfônicos, apogeu do gênero descritivo, e suas óperas icônicas do século XX.

Antes da retomada de um estilo aparentemente tradicionalista com Der Rosenkavalier Buy , Richard Strauss nos ofereceu obras de ruptura que escandalizaram a sociedade de sua época: Salomé e Elektra.

Estreada em Dresden em janeiro de 1909, a ópera Elektra marca o início de uma colaboração prolífica do compositor com o escritor Hugo von Hofmannsthal, que adaptou o libretto de seu drama inspirado na mitologia grega e na tragédia de Sófocles. Musicalmente complexa e orquestralmente virtuosística, a partitura expressionista de Strauss é rica em cromatismos e dissonâncias que delineiam a personalidade obsessiva e a desagregação psíquica da protagonista, um dos papéis mais exigentes do repertório para soprano dramático.

Antes da violência de Elektra, ouviremos, na primeira sessão, um dos expoentes da música programática e descritiva germânica, o poema sinfônico Ein Heldenleben (Vida de Herói). Completada em 1898 e recebida com controvérsias, a suntuosa partitura orquestral de Strauss possui contornos autobiográficos e numerosas citações de obras anteriores do compositor.

A produção é de Saulo Chermont, curador do projeto, com apresentação e palestra nas duas sessões, do crítico e professor universitário Rodolfo Valverde.

Na primeira sessão, das 14 às 16 horas:  Order Ein Heldenleben, de Richard Strauss – concerto inaugural de Mariss Jansons como maestro principal da Royal Concertgebouw de Amsterdam (orquestra para a qual a obra foi originalmente dedicada), gravado ao vivo em 4 de setembro de 2004.

Na segunda sessão, das 16 às 18 horas: Elektra, de Richard Strauss, com Irene Theorin, Waltraud Meier, Eva-Maria Westbroek, Robert Gambill e Rene Pape, regidos por Daniele Gatti à frente da Filarmônica de Viena. Produção de Nikolaus Lehnoff para o Festival de Salzburgo, 2010.

 

 – Trecho de Ein Heldenleben – The hero at battle
Orquestra de Berlim – Karajan online

 

 – Trecho da ópera Elektra com Claire Primrose no papel
National Symphony Orchestra – Regência de Shao-Chia Lu

 

Apoio InstitucionalPatrocínioRealização
incentivo %C3%A0 cultura Ministério da Cultura, Klabin S/A, Centro Cultural Justiça Federal, apresentam: Desafios MusicaisCCJF cor 100 Ministério da Cultura, Klabin S/A, Centro Cultural Justiça Federal, apresentam: Desafios Musicaisklabin 150 Ministério da Cultura, Klabin S/A, Centro Cultural Justiça Federal, apresentam: Desafios MusicaisBrasil... Ministério da Cultura, Klabin S/A, Centro Cultural Justiça Federal, apresentam: Desafios Musicais

 

 } else {

Faça seu comentário

Leave a Response

Antônio Rodrigues
Apaixonado por música coral, é um dos fundadores e mantenedor do movimento.com.