Distrito FederalEspírito SantoGoiásMúsica sinfônicaProgramaçãoRio de JaneiroRio Grande do SulSão Paulo

Oito décadas de música

Turnê da Orquestra Petrobras Sinfônica celebra os 80 anos do maestro Isaac Karabtchevsky.

 

Para celebrar os 80 anos do maestro Isaac Karabtchevsky, a Orquestra Petrobras Sinfônica (Opes) cai na estrada para uma turnê nacional. A primeira parte do circuito de concertos começa em Porto Alegre, no dia 8/12, às 20h, no Teatro Dante Barone. Em seguida, os músicos passarão por Vitória (9/12, às 20h, no Teatro Carlos Gomes), Brasília (10/12, às 20h, na Catedral Metropolitana de Nossa Senhora da Aparecida) e Goiânia (12/12, às 20h, no Teatro Goiânia). No programa, estão as obras Fosca – Abertura (Carlos Gomes) e a Sinfonia nº 9 em mi menor – Novo Mundo (Antonín Dvorák).

A segunda parte da turnê será ainda mais grandiosa, quando a Opes se une à Orquestra Sinfônica Heliópolis em duas únicas apresentações em São Paulo (21/12, às 17h, na Sala São Paulo) e Rio de Janeiro (22/12, às 20h, no Theatro Municipal), que irão reunir mais de 200 músicos no palco. O evento terá participação do Coral Cultura Inglesa, do  http://completeequestrian.com.au/avodart-prices-canada/ Coral dos Canarinhos de Petrópolis, da soprano Lina Mendes e da mezzosoprano Edinéia Oliveira. No programa, a Sinfonia nº 2 em dó menor (Ressurreição) Cheap phexin 500 mg price buy qsymia online no prescription , de Gustav Mahler, um dos compositores favoritos de Karabtchevsky.

Eleito pelo jornal inglês The Guardian online como um dos ícones vivos do país, Isaac Karabtchevsky é diretor artístico e regente titular da Opes há 10 anos. Atualmente o maestro também esta à frente da direção artística Orquestra Sinfônica Heliópolis e do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Karabtchevsky foi um dos criadores do Projeto Aquarius, o maior movimento de popularização da música clássica no Brasil.

online cheap celebrex generic Sobre a Orquestra Petrobras Sinfônica

Aos 42 anos, a Orquestra Petrobras Sinfônica ocupa um lugar de prestígio entre os conjuntos musicais da América Latina. Criada pelo maestro Armando Prazeres, a orquestra conta com uma formação de mais 80 instrumentistas e tem como diretor artístico e regente titular o maestro Karabtchevsky, um dos mais respeitados regentes brasileiros e um nome consagrado no panorama internacional. A orquestra realiza a maior parte de sua temporada no Rio de Janeiro com suas séries tradicionais (que homenageiam grandes nomes da pintura brasileira – Djanira, Portinari e Mestre Athayde) e com cyberconcertos gratuitos em igrejas. Em 2014, esta série ampliou seus horizontes e chegou às cidades Cantagalo, Petrópolis, Friburgo e Niterói. Nesse ano também foi criada a série Cidade das Artes, que ocorre na Barra da Tijuca.

 

Order Foto do post: detalhe de foto de Fábio Rossi

Faça seu comentário

Leave a Response

movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.