FestivalÓperaParáProgramação

“Turandot” grande e grandiosa

Pills Festival de A�pera do Theatro da Paz apresenta, em setembro, montagem da obra de Puccini estrelada pela soprano Eliane Coelho.

 

A cruel princesa chinesa chega, pela primeira vez, a BelA�m: Turandot, cA�lebre A?pera de Giacomo Puccini (1858-1924), A� a maior atraA�A?o do 15A? Festival de A�pera do Theatro da Paz. As rA�citas ocorrem na capital paraense nos dias 21, 23, 25 e 27 de setembro, A�s 20h. Os ingressos estA?o esgotados. No dia 21, quarta-feira, A�s 20h, a TV Cultura do ParA? (canal 2) vai transmitir a rA�cita ao vivo, o que tradicionalmente jA? ocorre desde a criaA�A?o do Festival, hA? 15 anos. HaverA? transmissA?o tambA�m pelo Portal Cultura e pelo site do Festival.

O enredo da A?pera mostra a mimada princesa Turandot, que tem um trauma que a fez odiar todos os homens e os mata por capricho. Obrigada a se casar, propA�e enigmas aos pretendentes, os quais, eles nA?o conseguem decifrar.

A direA�A?o cA?nica A� do paulista Caetano Vilela. Em seu quinto ano trabalhando no Festival de A�pera, Vilela assina tambA�m a luz do espetA?culo, auxiliado por Fernando Azambuja.

Segundo o maestro Miguel Campos Neto, que vai reger a Orquestra SinfA?nica do Theatro da Paz (OSTP) nas rA�citas, a montagem segue a tradiA�A?o de uma A?pera “grande e grandiosa”. HaverA? momentos em que estarA?o em cena, somente no palco, cerca de 120 pessoas, entre solistas, integrantes do Coro LA�rico do Festival de A�pera, figurantes e doA�Coro Infantil. HaverA? uma banda interna, com mA?sicos nas coxias, em cena no palco, e nA?o apenas no fosso da orquestra.

Aos cerca de 60 integrantes atuais da OSTP serA?o acrescidos mais 25, o que levarA? o conjunto a quase 90 integrantes. Os mA?sicos vieram da Orquestra SinfA?nica Altino Pimenta (Osap) e Orquestra Jovem Vale MA?sica (OJVM), dois grupos formados por estudantes de mA?sica, a primeira ligada A� Escola de MA?sica da UFPA (Emufpa), a segunda, ao Projeto Vale MA?sica. Os demais mA?sicos convidados sA?o professores de mA?sica e/ou mA?sicos jA? formados.

Eliane Coelho como Turandot
Eliane Coelho como Turandot

 

Elenco

A protagonista serA? interpretada pela soprano Buy purchase danazol mechanism Eliane Coelho, uma das mais renomadas cantoras do Brasil e no exterior. A cantora viveu a personagem em uma montagem contemporA?nea em Berlim.

Para dividir o importante papel da escrava LiA? foram convidadas as paraenses Luciana Tavares e KA�zia Andrade. KA�zia canta na estreia, dia 21, e na A?ltima rA�cita, dia 27. Para ela, esse papel foi um presente: “Considero essa estreia muito importante, porque vejo a dimensA?o da personagem e sei como essa montagem serA? especial. Tenho certeza que o pA?blico vai gostar, porque todos nA?s estamos nos empenhando ao mA?ximo” Purchase . As rA�citas dos dias 23 e 25 sA?o as em que Luciana encarnarA? a escrava: “Eu amo as mulheres de Puccini, mas LiA? A� muito especial. Para mim A� uma honra interpretA?-la”.

O protagonista masculino a�� o heroico prA�ncipe Calaf a�� serA? interpretado pelo tenor paulista Richard Bauer, outro que jA? tem experiA?ncia com esta A?pera, inclusive em montagem na Coreia. Para ajuda-lo a enfrentar os desafios da princesa, ele conta com a ajuda do pai, Timur, vivido pelo baixo SA?vio Sperandio.

O Imperador Altoum estA? a cargo do tenor Mauro Wrona, que tambA�m jA? representou o papel em montagens no Brasil e no exterior. Os divertidos Ping, Pang e Pong serA?o representados, respectivamente, pelo barA�tono brasiliense Homero Velho (que esteve no Festival em A Flauta MA?gica, em 2003), pelo tenor paulista Giovanni Tristacci e pelo tenor paraense AntA?nio Wilson.

Giovanni Tristacci, Homero Velho e AntA?nio Wilson (ao fundo), e Richard Bauer
Giovanni Tristacci, Homero Velho e AntA?nio Wilson (ao fundo), e Richard Bauer

 

No elenco principal ainda estA?o os cantores paraenses Andrey Mira (baixo barA�tono) e IdaA�as Souto (barA�tono), que se revezarA?o no papel de um mandarim. As sopranos Lanna Bastos e Juliane Lins serA?o as damas de companhia de Turandot. O tenor Andrew Lima viverA? o PrA�ncipe da PA�rsia.

O Coro LA�rico do Festival de A�pera terA? 60 integrantes, que estarA?o em cena no palco e tambA�m, em muitos momentos, no coro interno, nas coxias. Eles sA?o regidos por Vanildo Monteiro. Participa tambA�m o Coro Infantil, com crianA�as oriundas da Orquestra Jovem Vale MA?sica, preparadas pela soprano brasiliense radicada em BelA�m Lyz Nardoto.

No centro, SA?vio Sperandio como Timur
No centro, SA?vio Sperandio como Timur

 

Pills Montagem metronidazole without prescription

A montagem desta Turandot serA? bem tradicional, aos moldes da primeira encenaA�A?o, de 1926. O Theatro da Paz jA? acolheu o gigantesco cenA?rio da A?pera, concebido pelo cenA?grafo Roni Hirsch. O cenA?rio A� baseado no jogo de montar chinA?s tangram e tem vA?rias peA�as que serA?o desdobradas e montadas A� frente da plateia em meio A�s cenas.

As colunas do cenA?rio, que tA?m mais de quatro metros de altura, sA?o revestidas de lonas pintadas pelo prA?prio Hirsch, que tambA�m A� artista plA?stico, e fazem referA?ncia ao Ano do Tigre no horA?scopo chinA?s. Completando o cenA?rio, uma “cortina” com 70 cabeA�as humanas, feitas todas em miriti, ocupa boa parte da boca de cena do palco.

O figurino A� de autoria do colombiano AdA?n Martinez, que o confeccionou, junto com sua equipe, na ColA?mbia, sendo que as peA�as foram ajustadas pelo figurinista paraense HA�lio Alvarez e sua equipe.

A� esquerda, no trono, Mauro Wrona como o Imperador Altoum
A� esquerda, no trono, Mauro Wrona como o Imperador Altoum

 

Order Fotos (do ensaio geral): MA?cio Ferreira / AgA?ncia ParA?

 

SERVIA�O:

 

“Turandot”, A?pera de G. Puccini

15A? Festival de A�pera do Theatro da Paz

 

21, 23, 25 e 27 de setembro, A�s 20h Buy

Theatro da Paz (R. da Paz, s/n, Centro a�� BelA�m. Tel.: 91 4009-8750)

 

Ingressos esgotados

 

DuraA�A?o aproximada: 3 horas (com dois intervalos)

 

Faça seu comentário
movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.