Música sinfônicaParaíbaPernambucoProgramaçãoRio de JaneiroRio Grande do NorteSão Paulo

Do MA�xico para o Brasil

Orquestra SinfA?nica de Xalapa, o mais antigo conjunto mexicano, faz apresentaA�A�es em cinco cidades brasileiras em outubro.

 

Pensar no MA�xico traz A� cabeA�a vA?rias coisas, entre elas sua riquA�ssima e apimentada culinA?ria, as cores fortes de sua arte com a eterna Frida Kahlo abrindo alas para sua bela literatura, cinema e mA?sica. PorA�m, o que vem A� mente quando a pergunta A� mA?sica mexicana, seguramente seriamA�boleros ou rancheiras. Dificilmente o gA?nero clA?ssico. E A� aA� que o pA?blico se engana: a Orquestra SinfA?nica de Xalapa (OSX), capital do estado de Veracruz, o segundo maior do paA�s, surpreendendo com sua performance de primeirA�ssima qualidade de peA�as de compositores de lA?.

Com o regente pernambucano Cheap Lanfranco Marcelletti A� frente, o grupo de 94 mA?sicos desembarca em Recife no dia 5 de outubro para uma sA�rie de apresentaA�A�es, que inclui tambA�m JoA?o Pessoa, Natal, Rio de Janeiro e SA?o Paulo, em umA�roteiro de 11 dias de Brasil.

Para as apresentaA�A�es no Brasil, Lanfranco montou um programa em duas partes. A primeira traz uma peA�a do compositor brasileiro Marlos Nobre e outra do mexicano Silvestre Revueltas. JA? a segunda parte serA? dedicada A� mA?sica de Claude Debussy e Richard Strauss.

Essa serA? a primeira vez da SinfA?nica de Xalapa no Brasil. Sob a regA?ncia do maestro Marcelletti hA? quatro anos, este grupo funciona desde 1929 e A� o mais antigo em atividade naquele paA�s. A agenda da turnA? comeA�a pelo Recife, no Teatro Guararapes (o terceiro maior do Brasil, com capacidade para 2.405 pessoas), no dia 7 de outubro. No dia seguinte, 8/10, A� a vez da ParaA�ba receber os mA?sicos na Sala de Concertos Maestro JosA� Siqueira, do EspaA�o Cultural JosA� Lins do Rego, em JoA?o Pessoa (espaA�o projetado exclusivamente para a apresentaA�A?o de orquestras e inaugurado em 2014).A�No dia 9, a OSX chega a Natal (RN) para apresentaA�A?o no Teatro Riachuelo. O Theatro Municipal do Rio de Janeiro, um dos maiores patrimA?nios culturais do Brasil, recebe o grupo no dia 12/10, em sua penA?ltima apresentaA�A?o. Fechando em grande estilo a turnA? no dia 15 de outubro, a Sala SA?o Paulo (sede da Osesp), recebe os mA?sicos mexicanos e seu programa que homenageia os dois paA�ses envolvidos. A entrada serA? gratuita em todos os concertos, com exceA�A?o deste A?ltimo.

 

Oficinas eA�mA?sica de cA?mara

Integrantes da OSX fazem recital de cA?mara no dia 13 de outubro, A�s 18h30, na Igreja da CandelA?ria, no Centro do Rio de Janeiro, com entrada gratuita.

O recital comeA�a com dueto de violinos formado por LA?zaro Jascha GonzA?lez e Mireille LA?pez, que apresenta movimentos da Sonata n. 4 para violino solo (Eugene Ysaye) e da Sonata para dois violinos viagra for sales (Sergei Prokofiev).
Em seguida, os fagotistas Rex Gulson, Armando Salgado, Arturo HernA?ndez e JesA?s ArmendA?riz tocam Entrada e polka de fagotistas (Geviksman), Concert A�tudes (Nelhybel) e Desafinado (Jobim).

Os trombonistas John Stringer, Jakub Dedina e John Day, e Eric Fritz, na tuba, apresentam Myths and Legends, de Eric Ewazen. Por fim, o Quarteto OSX a�� formado por Lenka Smolcakova, Joanna Lemiszka, Inna Nassidze e JesA?s Villalpando a�� toca o Buy Quarteto em rA� maior, de W. A. Mozart.

AlA�m de concertos, serA?o realizadas oficinas de instrumentos e mA?sica de cA?mara em instituiA�A�es de ensino, como o Instituto Baccarelli, em SA?o Paulo, e a Orquestra CrianA�a CidadA?, no Recife.

“Pensamos em trazer a Orquestra tambA�m para que houvesse esse intercA?mbio cultural, em que os mA?sicos conheA�am alguns projetos sociais ligados A� mA?sica e deixassem um pouco de conhecimento para as crianA�as e adolescentes brasileiros. AlA�m disso, A� uma grande oportunidade do pA?blico ouvir, pela primeira vez, peA�as do repertA?rio sinfA?nico mexicano”, explica Ludmila Portela, produtora da turnA? pela Verbo Assessoria, empresa que se associou A� Tangram Cultural na realizaA�A?o desta empreitada.

 

Orquestra SinfA?nica de Xalapa

A Orquestra SinfA?nica de Xalapa foi fundada em 1929 pelo governador de Veracruz, um aficionado por mA?sica clA?ssica. Nessa A�poca, a orquestra tinha 38 mA?sicos. Hoje sA?o mais de 100. Em 1975, a OSX passou a ser mantida pela Universidad Veracruzana.

Com apresentaA�A�es em paA�ses como Alemanha, BA�lgica, Holanda, Luxemburgo e Guatemala, foi aclamada como a principal embaixadora da criatividade e da mA?sica mexicana.

Alguns solistas de renome internacional, como PlA?cido Domingo, Claudio Arrau, Mstislaw Rostropovitch, Emil Gilels, Ruggiero Ricci, Jorge Federico Osorio e Javier Camarena jA? participaram de concertos na orquestra, uma das mais conhecidas do MA�xico.

Antes de Lanfranco Marcelletti, a OSX jA? passouA�pelo comando de outros diretores com fama mundial, tais como Hermann Scherchen, Fritz Reiner, Neeme Jarvi, Eduardo Mata, Jorma Panula e Krzysztof Penderecky.

Sua sede, o Centro Cultural TlaqnA?, A� uma das mais proeminentes da AmA�rica Latina, tendo sido projetada pelo arquiteto americano Larry Kirkegaard.

A formaA�A?o de pA?blico entre os jovens A� umas das preocupaA�A�es da direA�A?o da orquestra, que jA? realizou flashmobs em um shopping de Xalapa e um concerto com um programa dedicado apenas a mA?sicas de filmes, como Star Wars.

 

Lanfranco Marcelletti

Lanfranco Marcelletti
Lanfranco Marcelletti

No comando da orquestra desde 2012, o maestro Lanfranco Marcelletti A� recifense e regeu a Orquestra SinfA?nica do Recife, nos anos 90, antes de se mudar para os Estados Unidos, onde viveu 17 anos. Purchase “Sou brasileiro e meu sonho era levar a orquestra para o Brasil para que nossos mA?sicos mexicanos pudessem conhecer o paA�s. A OSX A� uma grande orquestra e quero fazA?-la conhecida onde for possA�vel”, comenta.

Lanfranco A� reconhecido no cenA?rio da mA?sica sinfA?nica como um dos diretores mais talentosos da nova geraA�A?o. Busca, em cada apresentaA�A?o, demonstrar a forA�a de cada instrumento na construA�A?o da melodia. Seu estilo de regA?ncia A� bastante emotivo e contagiante. O maestroA�jA? regeu orquestras no Brasil, Estados Unidos, Chile, ItA?lia, Espanha e SuA�A�a, entre outros.

 

 

PROGRAMA:

O maestro Lanfranco montou um repertA?rio especial para essa turnA?, com peA�as da mA?sica clA?ssica brasileira, mexicana e mundial. “Queria mostrar um programa variado e que pudesse exibir toda a capacidade da OSX”, explica. Confira as impressA�es do maestro sobre as obras.

Marlos Nobre (Brasil, 1939)
Passacaglia Pills

“PeA�a que utiliza uma tA�cnica de composiA�A?o barroca, mas com usos de ritmos e melodias brasileiros. Marlos Nobre A� presenA�a constante no cenA?rio mundial, sendo suas peA�as tocadas por grandes orquestras em todo o mundo. E olha que A� recifense! Queria que tanto mexicanos como brasileiros pudessem estar em contato com a mA?sica de tA?o grande compositor.”

Silvestre Revueltas (MA�xico, 1899-1940)
Redes

“NA?o houve dA?vida que a escolha mexicana seria uma peA�a do compositor Silvestre Revueltas (1899-1940). Para mim, um dos grandes compositores mundiais. A peA�a que vamos interpretar, ele a escreveu para o filme Redes (dirigido por Fred Zinneman eA�Emilio Gomez Fred Zinneman, e lanA�ado em 1936) e A� considerada umas das melhores trilhas sonoras do cinema mundial. Cada vez que eu a rejo, fico mais impressionado com a qualidade da mA?sica de Revueltas. A� fantA?stico.”

Claude Debussy (FranA�a, 1862-1918)
PrelA?dio para a tarde de um fauno

“Estreou no final do sA�culo 19. PeA�a curta, mas que mostra uma enorme gama de detalhes e que evoca sentimentos muito especiais por suas sonoridades exA?ticas.”

Richard Strauss (Alemanha, 1864-1949)
SuA�te da A?pera O Cavalheiro da Rosa

“Esta peA�a, criada a partir da A?pera homA?nima do mesmo compositor (1944), traz grande complexidade tA�cnica para a orquestra e melodias que encantam o pA?blico. A� uma peA�a em que a gente pode mostrar muito das nossas capacidades.”

 

SERVIA�O:

 

Orquestra SinfA?nica de Xalapa

Lanfranco Marcelletti, regA?ncia

 

7 de outubro, sexta-feira, A�s 21h

Teatro dos Guararapes (Centro de ConvenA�A�es de Pernambuco a�� Av. Prof. Andrade Bezerra, s/n, Salgadinho a�� Olinda. Tel.: 81 3182-8000)

 

8 de outubro, sA?bado, A�s 20h30

Sala de Concertos JosA� Siqueira (EspaA�o Cultural JosA� Lins do Rego a�� R. Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho a�� JoA?o Pessoa. Tel.: 83 3211-6276)

 

Pills 9 de outubro, domingo, A�s 18h

Teatro Riachuelo Natal (Midway Mall a�� Av. Bernardo Vieira, 3.775, Tirol a�� Natal. Tel.: 84 4008-3700)

 

12 de outubro, quarta-feira, A�s 18h online Order

Theatro Municipal do Rio de Janeiro (PraA�a Marechal Floriano, s/n, Centro a�� Rio de Janeiro. Tels.: 21 2332-9191 e 2332-9238)

 

15 de outubro, sA?bado, A�s 21h

Sala SA?o Paulo (PraA�a JA?lio Prestes, 16, Campos ElA�seos a�� SA?o Paulo. Tel.: 11 3367-9500)

 }} else {

Faça seu comentário
movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.