FestivalMúsica de câmaraProgramaçãoRio de Janeiro

Começa o Festival Villa-Lobos

Quarteto Carlos Gomes abre festival com concerto na Sala Cecília Meireles.

 

Em novembro, tem início, no Rio de Janeiro, a 55ª edição do maior e mais longevo festival de música brasileira do país, o Festival Villa-Lobos. Para começar as atividades, o Quarteto Carlos Gomes faz concerto de abertura na Sala Cecília Meireles, no Rio de Janeiro, no dia 2 de novembro, às 18 horas.

Formado por quatro importantes músicos do cenário nacional atual – Cláudio Cruz cialis buy cheap Order Viagra Soft order e Adonhiran Reis (violinos), cialis buy Gabriel Marin (viola) e Alceu Reis (violoncelo) –, o Quarteto Carlos Gomes tem como principal objetivo a divulgação da música brasileira e latino-americana, assim como a música de nosso tempo, além do amplo repertório composto para este gênero. Para tanto, realiza um constante trabalho de pesquisa junto a bibliotecas e museus sobre material nunca gravado e muitas vezes nunca executado.

O conjunto vem surpreendendo o cenário musical e conquistando elogiosas críticas de seus pares. Atuando nos mais diversos palcos do país, em parceria com músicos como Antonio Meneses, Bruno Giuranna e Guinga, lançou em 2016 um disco dedicado à obra para quarteto de cordas de Alberto Nepomuceno, pelo Selo Sesc. Em 2017 está lançando mais dois discos pelo Selo Sesc, um dedicado à Alexandre Levy, Glauco Velásquez e Carlos Gomes, e o outro em parceria com Guinga.

 

Festival Villa-Lobos prozac without prescription

Em 1961, juntamente com a inauguração do Museu Villa-Lobos, Arminda “Mindinha” Villa-Lobos, viúva do compositor, teve a ideia de criar um Festival que pudesse, todos os anos, reverenciar a vida e a obra daquele que se tornou um dos maiores compositores da música de concerto do século 20: Heitor Villa-Lobos. Surgia o Festival Villa-Lobos que, com o passar dos anos e com um olhar atento para o presente e para o futuro, veio a se tornar o maior e mais longevo evento de música brasileira e o único realizado na cidade do Rio de Janeiro, que prioriza os diversos gêneros da música brasileira.

Com o Festival abriu-se não apenas um grande e diversificado espaço para intérpretes, solistas e outros compositores, como também se inaugurou um polo de formação de novas plateias e da multiplicação do saber focado na diversidade cultural brasileira. São concertos de música sinfônica e de câmara, recitais e espetáculos de música popular e de dança, que constituem uma mistura coerente com a personalidade aberta e perfil artístico diverso do compositor e com os ideais desse genial brasileiro.

Em 2017, o Festival terá como seus principais homenageados Heitor Villa-Lobos (130 anos de nascimento) e Baden Powell (80 anos). Outras importantes efemérides serão celebradas este ano, como os 90 anos de Tom Jobim, os 80 de Joel Nascimento e os 50 anos de carreira de Guinga.

Mais informações e programação no site do Festival.

 

PROGRAMA:

Antonio Carlos Gomes (1836-1896)
Sonata para cordas

Glauco Velásquez (1884-1914)
Cheap Quarteto

Heitor Villa-Lobos (1887-1959)
http://phoenix.mhs.narotama.ac.id/2018/02/02/zetia-generic-name/ Order Quarteto n. 17

 

Foto: João Salamonde

 

SERVIÇO: purchase prozac Viagra Soft cheap

 

Concerto de abertura do Festival Villa-Lobos

Quarteto Carlos Gomes

 

2 de novembro, quinta-feira, às 18h medicine without prescriptions uk

Sala Cecília Meireles order depakote online Order Buy (Largo da Lapa, 47, Centro – Rio de Janeiro. Tel.: 21 2332-9223)

 

Ingressos: R$ 40, com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

 

Faça seu comentário
movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.