Música antigaMúsica de câmaraProgramaçãoRio de Janeiro

A Dança da Morte

Conjunto de Música Antiga da UFF faz concerto em Niterói com música medieval dos séculos 13 e 14.

 

A Dança da Morte: a certeza do fim é o nome do concerto com música medieval dos séculos 13 e 14 que o conjunto Música Antiga da UFF apresenta no dia 31 de outubro, terça-feira, às 19h30, no Teatro da UFF, em Niterói.

O grupo é formado por Leandro Mendes, Lenora Pinto Mendes, Mario Orlando, Buy Márcio Paes Selles e Virgínia Van der Linden.

 

prozac online A Dança da Morte: a certeza do fim, por Lenora Pinto Mendes

“A consciência de si, de sua finitude, além da capacidade de se expressar através da Arte, caracteriza a existência humana e singulariza o ser humano perante os outros seres do planeta. Por ocasião da virada do primeiro milênio, a Europa vivia atemorizada pela iminência do fim do mundo. Dentro deste contexto, em torno do século 10, surgiu o Order Canto da Sibila, sacerdotisas do templo de Apolo e tinham o poder da profecia.

“Durante a Idade Média, surgiram versões do Pills Canto da Sibila em línguas vernáculas. Elas aparecem como personagens em diferentes versões teatrais do Ordo Prophetarum, que sobreviveram em diversos manuscritos por toda a Europa. As palavras da Sibila anunciavam o fim do mundo e a segunda vinda do Cristo que julgará os vivos e os mortos. http://jazantoday.org/977309.html prozac online

A Dança da Morte surgiu em meio às epidemias e perturbações sociais ocorridas ao longo do século 14. As danças macabras (do árabe: kabr=túmlo; makbara=cemitério) realizavam-se nos cemitérios. Sua origem era o Chorean Machabacorum instituído pela Igreja para ensinar a todos que a morte era inevitável.

“O objetivo era lembrar a incerteza da hora da morte e a igualdade dos homens diante dela. Todas as idades e todos os estados desfilam numa ordem de acordo com a hierarquia social da época: Adão, Eva, o anjo que os expulsou do paraíso, um esqueleto humano representando a morte e empunhando enorme foice, o rei ou imperador, o papa, o cardeal, cavalheiros, cortesãos, burgueses, mendigos, pagãos e judeus. A dança fazia a sua aparição avisando a todos os homens, de todas as idades e categorias sociais que, apesar das expectativas criadas nesta vida, a única certeza era a morte: Vamos todos para a morte, desistamos de pecar.” Viagra Soft cheapest purchase lanoxin dose are pharmacuiticals from india safe

 

PROGRAMA:

La seconde estampie royal (anônimo séc. 14)
Ad mortem festinamus Pills (anônimo séc. 14)
Veritas arpie (anônimo séc. 14)
Polorum Regina (anônimo séc. 14)
De fortune me doy pleindre (G. de Machaut, séc. 14)
cialis purchase Fortuna desperate (Josquin, séc. 15)
O Virgo splendes (anônimo séc. 14)
Imprerayritz de la ciutat (anônimo séc. 14)
Ma fin est mon commencement (G. de Machaut, séc. 14)
Se muito non amamos (Afonso X, séc. 13)
Loas devemos a Virgem (Afonso X, séc. 13)
Nembresse te madre (Afonso X, séc. 13)
Madre de Deus (Afonso X, séc. 13)
Agnus Dei (anônimo séc. 14)
Passacalia de la vita Viagra Soft cheap (Stefano Landi, séc. 16)

 

SERVIÇO: Buy

 

Concerto “A Dança da Morte: a certeza do fim”

Conjunto Música Antiga da UFF

 

31 de outubro, terça-feira, às 19h30 cialis purchase

Teatro da UFF (R. Miguel de Frias, 9, Icaraí – Niterói. Tel.: 21 3674-7515)

 

Ingressos: R$ 14, com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

 

Faça seu comentário
movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.