MPBProgramaçãoRio de JaneiroShow

Grandes artistas em concerto

Wagner Tiso e Cesar Camargo Mariano fazem shows no Blue Note Rio.

 

No feriado da Independência, dois nomes consagrados da música instrumental brasileira fazem shows no Blue Note Rio, no Rio de Janeiro. Arranjadores, compositores e pianistas, Wagner Tiso e Cesar Camargo Mariano tocam nos dias 7 e 8 de setembro, respectivamente às 20h e 22h30, na filial carioca da célebre casa de jazz – que celebra um ano de funcionamento.

 

Wagner Tiso

Wagner Tiso

Não se pode mencionar algo referente ao violoncelo sem citar dois nomes importantes na sua divulgação universal: J. S. Bach e H. Villa-Lobos. O primeiro compôs seis suítes para o instrumento (sem acompanhamento) cada uma delas composta por um prelúdio e cinco danças, extremamente ousadas para o século 18. O segundo, admirador fanático do primeiro, não sem razão, compôs nove obras primas (Bachianas Brasileiras), duas das quais joias incontestáveis mundialmente escritas para uma orquestra composta por 12 violoncelos.

O mineiro Wagner Tiso, maestro, compositor, arranjador e admirador de Bach e Villa-Lobos, logo apostou no violoncelo como instrumento de acompanhamento em alguns de seus trabalhos, chegando a compor para um grupo de 32 violoncelos no Encontro internacional de Violoncelos, na França. Ao voltar desse evento, estabeleceu com o violoncelista Marcio Mallard uma forte aliança – Mallard com seu grupo de violoncelos e Tiso com sua regência, piano e arranjos – e uma grande amizade.

Juntos, desenvolveram projetos para formação de oito ou quatro violoncelos e piano – o PianoCellos – que resultaram em discos muito bem recebidos por público e crítica, como Debussy e Fauré e Tom-Villa, e trilhas sonoras para filmes como A Lenda do Boto e Inocência, dentre outros.

Neste concerto, o maestro Tiso apresenta-se ao lado de um quarteto de violoncelos formado por Márcio Eymard, Marcus Ribeiro de Oliveira, Marcelo Isdedski Salles e Fabio de Oliveira Coelho.

 

Cesar Camargo Mariano

Cesar Camargo Mariano

No começo dos anos 1960, no início da Bossa Nova – um dos mais importantes movimentos culturais do Brasil – o jovem paulista Cesar Camargo Mariano, com apenas 17 anos, foi chamado para tocar no A Baiuca, o mais famoso jazz club de São Paulo.

Nesse mesmo ano, o músico paulista formou o Sambalanço Trio, com Airto Moreira e Humberto Clayber, para inaugurar uma nova casa de jazz em São Paulo: o João Sebastião Bar, que se tornou o templo da Bossa Nova. Alguns anos mais tarde, montou o Som Três, com Sabá Oliveira (baixo) e Toninho Pinheiro (bateria). O novo trio foi imediatamente contratado pela TV Record para se apresentar com Wilson Simonal, o cantor mais popular da época. Simonal ficou impressionado com o trio, contratou Cesar como seu produtor e arranjador e o trio excursionou com o cantor por quase seis anos.

Sambalanço Trio e Som Três são, hoje, importantes referências em todo mundo da era dos grandes trios no Brasil e muito populares entre a geração jovem na Europa e no Japão.

Agora, 60 anos mais tarde, Cesar retorna aos palcos com a formação tradicional que impulsionou sua carreira, acompanhado de músicos desta nova geração: Sidiel Vieira (baixo) e Thiago Rabello (bateria). “Há muito tempo tenho a vontade de tocar novamente na formação de trio, o que me impulsionou a criar um repertório com composições novas e revisitar alguns temas clássicos da Bossa Nova, como também do jazz e do pop norte-americanos”, conta o artista.

 

Blue Note Rio

A casa adota o modelo “first come, first served”. Assim, sugere que os clientes cheguem cedo para garantir o lugar. Mesas são marcadas apenas para membros do Blue Note Rio Club, pelo canal de relacionamentos.

A abertura da casa ocorre às 19h. Após o término do show, o público deverá deixar o salão em até 30 minutos.

 

SERVIÇO:

 

Wagner Tiso e quarteto de violoncelos

7 e 8 de setembro, sexta-feira e sábado, às 20h

 

Cesar Camargo Mariano

7 e 8 de setembro, sexta-feira e sábado, às 22h30

 

Blue Note Rio (Av. Borges de Medeiros, 1.424, Lagoa – Rio de Janeiro. Tel.: 21 3799-2500)

 

Ingressos (para cada show): R$ 150, com meia-entrada para estudantes e pessoas com mais de 60 anos

 

Recomendado para maiores de 18 anos (menores somente acompanhados de responsáveis)

 

Faça seu comentário
movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.