LateralMovimentoMúsica sinfônicaProgramaçãoRio de Janeiro

Série “Sala Orquestras” traz a Orquestra Sinfônica da UFRJ

Orquestra celebra a música barroca com obras de Bach, Vivaldi, Rameau, Händel


O evento

Fundada em 1924, como Orquestra do Instituto Nacional de Música, a Orquestra Sinfônica da UFRJ é a mais antiga do Rio de Janeiro, com uma trajetória de mais de 90 anos de atividades ininterruptas. É formada por músicos profissionais do quadro de técnicos da UFRJ e alunos dos cursos de graduação e pós-graduação da Escola de Música. Além de suas funções acadêmicas para a formação de novos instrumentistas, cantores, regentes e compositores, a orquestra se dedica à preservação da memória da música brasileira e ao repertório contemporâneo, já tendo realizado mais de uma centena de estreias de novas obras.


Felipe Prazeres
 

Iniciou seus estudos de violino aos onze anos. Graduou-se na UNIRIO, sob a orientação de Paulo Bosísio. Fez aperfeiçoamento na renomada Academia de Santa Cecília, em Roma, na classe de Domenico Nordio. Obteve o primeiro lugar no Concurso Nacional de Cordas de Juiz de Fora, em 1997, e no Concurso Nacional de Música IBEU, em 1999. Atuou como solista com algumas das principais orquestras do Brasil, como a Petrobras Sinfônica, Sinfônica Brasileira, sinfônicas de Porto Alegre, Bahia e Espírito Santo e Sinfônica da UFRJ. Como regente, atua frequentemente com a Sinfônica da UFRJ, Petrobras Sinfônica, Sinfônica da Bahia e dirigiu concerto com a World Youth Symphony na Itália. É um dos fundadores e diretor artístico da orquestra Johann Sebastian Rio e um dos spallas da Sinfônica da UFRJ.


PROGRAMA

Jean-Philippe Rameau
Suíte “Les Indes Galantes”
-Abertura
-Entrée des quatre Nations dans la cour d’Hébé (Gratieusement)
-Air pour les esclaves affricains (Lourdement)
-Tambourins I e II
-Air des Incas pour la dévotion du Soleil (Gravement)
-Gavottes I e II
-Ritournelle
-Marche
-Air vif (apêndice no1)

Georg Friedrich Händel
“Música Aquática” – Suíte no1 em Fá maior HWV 348
-Abertura: Largo – Allegro
-Adagio e staccato
-Allegro –Andante – Allegro da capo
-Minuet
-Air
-Minuet
-Bourrée
-Hornpipe
-Allegro
-Alla Hornpipe (variante II)

Antonio Vivaldi
Concerto Grosso em Ré menor Op.3 No. 11 do “L’Estro Armonico” RV565
-Allegro – Adagio spiccato e tutti –Allegro
-Largo e spiccato
-Allegro

Felipe Prazeres e Andréia Carizzi, violinos e Mateus Ceccato, violoncelo

Johann Sebastian Bach
Concerto de Brandemburgo No 1, em Fá maior, BWV1046
-Allegro moderato
-Adagio
-Allegro
-Menuetto –Trio – Polacca –Trio

Marco Catto, violino piccolo

 

SERVIÇO

 

Orquestra Sinfônica da UFRJ

Dia 15 de fevereiro, sexta-feira, às 20h

Sala Cecília Meireles (Largo da Lapa, 47 – Centro – Rio – 21 2332 9223)

Ingresso: R$ 40,00 (meia de acordo com a lei)

Faça seu comentário
movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.