LateralÓperaPernambucoProgramação

Ópera “Pagliacci”, de Leoncavalo, em Recife

No palco, cantores e atores apresentam trágica história de amor e comédia

Um dos espetáculos de ópera mais renomados do mundo, Pagliacci, composto pelo italiano Ruggero Leoncavallo, será apresentado, de 16 a 19 deste mês, no Teatro de Santa Isabel, na área central do Recife.

Sob a regência do maestro Wendell Kettle (professor do Departamento de Música da UFPE), o Coro da Academia de Ópera e Repertório e a Sinfonieta UFPE levam ao palco a história em dois atos, tida por muitos como uma das mais populares óperas desde sua primeira encenação, em 1892.

As sessões ocorrem às 20h, nos dias 17 e 18 deste mês, e às 19h, no dia 19 deste mês. Os ingressos custam R$ 30 (quinta e sexta) e R$ 40 (sábado e domingo), com meia entrada. No palco, cantores e atores apresentam a trágica história de amor e comédia com direito a figurinos e efeitos cênicos que possibilitam ao público a experiência completa de Pagliacci. A ópera já teve trechos interpretados por nomes importantes do canto e música clássica, como o tenor Luciano Pavarotti.

Elenco

– Lucas Melo e Diel Rodrigues (Canio)
– Anita Ramalho e Gleyce Melo (Nedda)
– Anderson Rodrigues (Tonio)
– Elias Marques e Estêvão Batista (Beppe)
– Adriano Soares e Tiago Costa (Silvio)
– Coro da Academia de Ópera e Repertório
– Sinfonieta UFPE.

A regência, direção cênica e musical são do professor Wendell Kettle. O figurino e cenário são de Marcondes Lima. A produção executiva é de Jéssica Soares. A realização é da Gárgula Produções, Academia de Ópera e Repertório e Sinfonieta UFPE.

 

.

 

Os grupos

A Academia de Ópera e Repertório da UFPE e a Sinfonieta UFPE são grupos formados a partir de dois projetos de extensão universitária desenvolvidos no Departamento de Música da Universidade. A Sinfonieta privilegia a interpretação do repertório brasileiro para orquestra e a Academia de Ópera e Repertório visa desenvolver um programa de óperas diversas, mas também enfatizando a produção nacional.

Juntos, os grupos já realizaram os concertos corais-sinfônicos: Villa-Lobos 130 anos (março de 2017); Celebração da Páscoa (abril de 2017); Pe. José Maurício 250 anos (junho de 2017); Camargo Guarnieri 110 anos (setembro de 2017); A Música Germânica (junho de 2018); Mozart em concerto (novembro de 2018); e Carmina Burana (dezembro de 2018); e as óperas O contrato de casamento, de Rossini (outubro de 2017 e março de 2018); Júlia, a tecelã, de Wendell Kettle (novembro de 2017); Bastien e Bastienne, de Mozart (dezembro de 2017); Rita, de Donizetti (maio de 2018); Carmen, de Bizet (junho e agosto de 2018); e Leonor, de Euclides Fonseca (março de 2019).

 

 

SERVIÇO

 

Ópera “Pagliacci”, de Leoncavalo

Dias 17 e 18 de maio, às 20h e dia 19 de maio, às 19h

Teatro Santa Isabel (Praça da República – Recife – PE – 81 3355 3323 / 3324)

Ingressos: R$ 30 (sexta) e R$ 40 (sábado e domingo), com meia entrada.

Faça seu comentário
movimento.com
Responsável pela inclusão de programação e assuntos genéricos no blog.