Escrito por em 9 jun 2019 nas áreas Lateral, Música de câmara, Programação, Rio de Janeiro

A mais nova formação camerística a estrear na programação da Sala

A Sala Cecília Meireles, um espaço da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, e PETROBRAS apresentam sexta-feira dia 14 de junho, às 18:30h, dentro da Série Recitais de Guiomar, o Trio Dauelsberg.

 

Formado por músicos com larga experiência artística, Ji Yon Shim, Paulo Santoro e Ricardo Santoro se encontraram pela primeira vez em 1989, no Festival de Verão de São Paulo. Desde então, mantiveram contato em várias oportunidades nos palcos do Brasil e fora dele, mas nunca em forma de trio de violoncelos.
No ano de 2019, trinta anos após o primeiro encontro, formaram o Trio Dauelsberg, em homenagem ao violoncelista Peter Dauelsberg, professor de relevante importância na carreira dos três músicos. Com um repertório que vai do clássico ao popular, o Trio Dauelsberg procura explorar toda versatilidade do violoncelo em composições originais e arranjos para a formação.
A Sala Cecília Meireles será palco da estreia da mais nova formação camerística da qual o Duo Santoro participa, procurando assim, ampliar as possibilidades artísticas do já consagrado grupo, com a participação especial da violoncelista coreana, radicada nos Estados Unidos, Ji Yon Shim.
PROGRAMA

Johann Sebastian Bach
Sonata no. 1
– Adagio
– Allegro
– Andante (quasi lento)
– Allegro moderato

Ludwig van Beethoven
Trio Op. 87
– Allegro
– Adagio cantabile
– Minuetto
– Presto

Edino Krieger
Seresta

Ernani Aguiar
Música a três
– Molto Allegro
– Lento
– Vivo

Scott Joplin
The Easy Winners

Heitor Villa-Lobos
O Trenzinho do Caipira

Tom Jobim
Samba de Uma Nota Só

 


SERVIÇO

 

 

Série Recitais de Guiomar – Trio Dauelsberg

Dia 14 de junho, sexta-feira, às 20h

Espaço Guiomar Novaes (Rua Teotônio Regadas, 2 – Centro – Rio – 2332 9223)

Ingressos a R$ 10,00 (5,00 estudantes e idosos)

www.ingressorapido.com.br

 

 

Faça seu comentário