O triunfo de Nabucco

Escrito por em 23 jul 2011 nas áreas Crítica, Ópera

Produção de muito bom nível valoriza parceria entre importantes teatros.

Gustavo Dudamel conquista o Rio

Escrito por em 24 jun 2011 nas áreas Crítica, Música sinfônica

Em turnê buy generic viagra from india pela América do Sul, depois de passar por Salvador, São Paulo e Paulínia, Gustavo Dudamel, sem dúvida o mais celebrado regente da nova geração, conquistou o Rio de Janeiro.

As “releituras” dos encenadores e o gosto pela ópera

Escrito por em 25 maio 2011 nas áreas Artigo

As montagens moderninhas são mesmo capazes de atrair um leigo para a apreciação do teatro lírico? Quem tem acompanhado o Movimento.com e agora passa a acompanhar o blog, sabe que, via de regra, Marcus Góes e eu discordamos constantemente. Em algumas ocasiões, no entanto, nossas opiniões convergem a um denominador comum. A última dessas convergências deu-se nas nossas análises da encenação da ópera Lucia di Lammermoor, de Donizetti, levada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro.

Em Manaus, Isolda e seu Tristão

Escrito por em 24 maio 2011 nas áreas Crítica, Ópera

ordine nazionale dottori commercialisti Produção simples, mas criativa, tem bom resultado nos 15 anos do Festival Amazonas de Ópera. Tristan und Isolde (Tristão e Isolda), ópera (ou drama musical, como preferirem) em três atos de Wilhelm Richard Wagner sobre libreto do próprio compositor, com base num romance em versos de Gottfried von Strassburg, por sua vez baseado numa versão francesa da famosa lenda medieval, teve duas récitas no Teatro Amazonas pelo XV Festival Amazonas de Ópera.

No Rio, Lucia di Lammermoor vira Lucia alla Renault

Escrito por em 16 maio 2011 nas áreas Crítica, Ópera

Encenação deixa a desejar novamente e soprano Paula Almerares destaca-se como a protagonista.