Marcus Góes

Marcus Góes

Musicólogo, crítico de música e dança e pesquisador. Tem livros publicados também no exterior. Considerado a maior autoridade mundial sobre Carlos Gomes.
Crítica

“Carmina burana” no TMRJ – beleza e popularidade

Quem desejar saber mais sobre a obra, consulte a Internet. Sendo “CARMINA BURANA” de  Carl Orff  uma das obras mais executadas e copiadas desde sua estreia em 1937, ali na internet você encontrará tudo sobre essa “cantata profana” , e não vamos portanto perder tempo copiando os que outros escreveram....
Artigo

Um elenco brasileiro para “Aida”

O assunto do dia é a “AIDA”,de Verdi, encenada no TMSP sob as mais diversas opiniões. As mais atraentes delas são as que dizem respeito aos elencos. Como sou um dos que defendem a  contratação de cantores estrangeiros somente em caso de serem os mesmos muito, mas muito mesmo, superiores...
Crítica

“Aida”, no Municipal SP

Essa “AIDA” foi esquisita por vários motivos. A noite de récita começou esquisita, com o próprio diretor artístico do TMSP, que iria reger dentro de poucos minutos, saindo da concentração que se espera nesses momentos para vir ele mesmo ao microfone  mandar desligar celulares, etc...etc... John  Neschling não quis dar...
Artigo

Vergonhoso aviltamento da arte e dos artistas nacionais

Não se sabe porque não se contratou um regente de orquestra estrangeiro através da empresa encarregada. O TEATRO MUNICIPAL DE SÃO PAULO, em vergonhosa  atitude de menosprezo à capacidade e possibilidades dos artistas nacionais, foi buscar na Itália e em outros países, através de uma  empresa  indicada e escolhida pelo...
Crítica

“Domitila” – amores e cartas, de Ripper, no Municipal de Niterói

É um dever e quase uma obrigação, estimular, incentivar e promover os cheap viagra online uk compositores brasileiros. Neste caso, principalmente aqueles em esforçada e produtiva atividade, não enxergando a música como arte exclusivamente de autores estrangeiros.JOÃO GUILHERME RIPPER é um desses compositores, e é sua obra DOMITILA, no programa...
Artigo

O excesso de tempo de duração das obras de Wagner

Wagner achava-se um cost of viagra in india deus em matéria de espetáculos cantados para o palco  com acompanhamento ou junção de orquestra. Verdi, depois de muito trocar ideias com seus libretistas e colaboradores, inclusive com os Ricordi, Piave, Boito, Oprandino Arrivabene, chegou  à conclusão de que o tempo ideal...
Artigo

QI baixo e citações – opiniões, em suma!

Li alhures (eta, nomezinho esquisito...) que aralen 150 mg para que sirve o regente de orquestra John Neschling, ex-diretor da OSESP, se queixa da opinião do dono de blog Ali Hassan Ayache. Entre outras coisas, Ali teria dito que há “gringo demais na OSESP”. Assino e confirmo o que disse...
Crítica

Sucesso e ouro teatral no Palácio das Artes – BH

Onde o compositor CHRISTOFER PARK fez estrear sua ópera "PHAEDRA E HYPOLITHUS".  Já muito se falou sobre o auspicioso e raro fato de uma ópera norte-americana, de autor norte-americano, ser estreada no Brasil, ainda mais em Belo Horizonte, que não é o nosso principal centro musical, apesar de contar com...
Entrevista

Ópera de autor americano criada no Brasil

Estamos falando de "Phaedra and Hippolytus", em Belo Horizonte. A ópera "PHAEDRA AND HIPPOLYTUS", do compositor norte-americano CHRISTOPHER PARK (1965), será estreada no Palácio das Artes de Belo Horizonte(MG) no próximo dia 15, e depois levada para Nova Iorque (USA), com os sopranos LEILA GUIMARÃES e RITA MEDEIROS alternando-se no...
1 4 5 6 7 8 14
Página 6 de 14